ATENÇÃO!!! Mudamos para: www.forumcriminal.com.br. Perguntas só serão respondidas no novo endereço, pois não há mais atualização deste blog.

OAB/CESPE 2010.1 (1.2010) – EXAME DE ORDEM – GABARITO OFICIAL

Publicado por Leonardo Castro em 14/06/2010

Pergunta:

Se o CESPE já tem o gabarito, por qual motivo a publicação só ocorre na terça-feira?!

a) Para dar mais emoção;

b) Porque amigo é amigo, e CESPE é… bem, vocês sabem!;

c) Para que os cursinhos tenham tempo de elaborar o gabarito extraoficial;

d) Non zei.

Se alguém souber a verdadeira resposta, publicarei em um post.

Amanhã, ao longo do dia (provavelmente às 19h), ocorrerá a divulgação do gabarito oficial.

Enquanto o país estará relaxando em frente à televisão, vocês, guerreiros do exame, estarão como loucos apertando “F5″ no site do CESPE.

Nunca um jogo contra a Coréia do Norte foi tão tenso.

O gabarito preliminar (sem os recursos) estará disponível no link http://www.cespe.unb.br/concursos/oab2010_1/.

Desejo, de coração, que muitos tenham passado.

About these ads

449 Respostas para “OAB/CESPE 2010.1 (1.2010) – EXAME DE ORDEM – GABARITO OFICIAL”

  1. OAB ADMITE QUE OBJETIVO DO EXAME DE ORDEM É RESERVA DE MERCADO – http://inaciovacchiano.blogspot.com/

  2. OAB ADMITE QUE OBJETIVO DO EXAME DE ORDEM É RESERVA DE MERCADO – http://bit.ly/aFeHNL

  3. elencar disse

    tem algun saite ja com o gabarito aew?

    • Jorge Luis disse

      Não sei, mas se você escreve “saite” nem adianta ficar muito confiante com o gabarito.
      Me desculpe.

      Estude mais.

  4. pedro disse

    Pessoal quem precisa de 2.7 pontos em penal na segunda fase oab 2010.1, será que tem alguma chance? Estou triste e será que tenho que estudar logo para a próxima? Que venha a FGV.

  5. Me ajudem por favor disse

    Meus irmãos…

    Eu fiz trabalho, passei o dia de ontem fazendo o recurso, falta para mim 1,6. Por favor me mande o seu recurso de trabalho para o meu e-mail para trocarmos informações, moro em rio verde goiás,e aqui é carente de recurso.
    Meu e-mail é
    brunoricelli@hotmail.com ou ricardohanzyon@hotmail.com, pode mandar para os dois.

    Aguardo a compreensão e a nobre ajuda dos irmãos.
    Abraço

    • Desesperada... disse

      Não basta recorre companheiro, mande e-mail para a OAB do seu estado ou cidade e também para a OAB Federal, pois, se não fizermos barulho não anularão o quesito 2.5 da prova de Trabalho.

      Vamos à luta..

      • Sandro Lages disse

        Pelo amor de Deus, vcs estão mandando e-mails para a OAB com essas barbaridades escritas? Vcs deram um iro no pé. Tomara que não tenham cometido esses erros de portugues, tão crassos. Já vi muito aviso por aqui para terem cuidado na prova da 2a., pois os corretores não corrigem nem a questão. Parece que não adiantou.

        • Quesito 2.5 de TRABALHO disse

          O babaca, quando se escreve informalmente num blog e outros meios virtuais de comunicação, não nos preocupamos muito pois é tudo muito rápido, abreviado e etc…, óbvio que quando reclamamos com a OAB é diferente.

          • Gilson disse

            E ai companheiro, fiz 5.2, na prova partico profissional, acho que a melhor maneira de anular a questão 2.5 trabalho´seria atraves de MS, no entanto, é sabido que algumas pessoas tiveram nota total a este quesito sem ao menos escrever 1 só linha do art 8º CLT, se este for o seu caso, gostaria que me enviasse seu recurso para que serva de paradgma. e assim esntrarmos com MS coletivo. um abraço. Gilson/BH

      • edu disse

        Olha pessoal, até hoje não me conformei com minha reprovação no exame 2009.2. Fiz Penal e fiquei por 0,60.
        Entrei com ação ordinária.
        Depois de muita enrolação do judicário, mandaram a OAb apresentarem a contestação.
        Assim que tive noticias da contestação, tomei ciencia e entrei com a Réplica.
        Isto ocorreu dia 30.08 e até agora nem juntar minha petição, juntaram. Não falta mais nada pro juiz prolatar a sentença.

        Vejam minha réplica:

        EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ FEDERAL DA 4ª. VARA FEDERAL DE RIBEIRÃO PRETO – SP.

        Processo nº 2010.61.02.001775-9

        JOSÉ EDUARDO BARREIROS, por sua advogada e procuradora, que esta subscreve, nos autos da AÇÃO ORDINÁRIA que move em face de OAB – ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL DA SECCIONAL DO SÃO PAULO, em trâmite por este r. Cartório e Juízo vêm, respeitosamente, à presença de Vossa Excelência, apresentar sua RÉPLICA à contestação apresentada, pelos fatos e fundamentos a expor:

        Em primeiro lugar a alegação da OAB quanto à impossibilidade do Poder Judiciário adentrar no mérito administrativo relativo à presente controvérsia, bem como nos critérios utilizados pela requerida para a aprovação de candidatos não merece prosperar.

        O que se está a analisar nos autos são possíveis irregularidades nos critérios de fixação e publicação das regras editalícias, o que é possível ao Poder Judiciário.

        Nem se diga que ao Judiciário não é lícito imiscuir-se na correção de provas de concursos públicos ou certames de qualquer natureza.

        Ora, esta regra que impede o Judiciário de examinar o mérito do ato administrativo, não é absoluta, comportando-se exceções, caso a caso, isto por força das seguintes razões:

        Primeira: porque o ato administrativo caracteriza uma manifestação de vontade da Administração, cuja conseqüência imediata é a aquisição, resguardo, transferência, modificação, extinção ou declaração de algum direito perante o Administrado, interessado direto naquela manifestação que, depois de exteriorizada, passa a constituir uma decisão;

        Segunda: Como decisão que é, pode muito bem causar uma lesão a um direito individual, o que, in casu, não há dúvida de que existe;

        Terceira: Conseqüentemente, o Judiciário pode e deve, se provocado a tanto, examinar se os requisitos daquela ato administrativo, causador de uma lesão, estão presentes ou não, tarefa de que não pode furtar-se, até mesmo porque tal obrigação encontra-se afirmada no art. 5º, inciso XXXV da CF/88;

        Quarta: Ainda que o ato administrativo seja do tipo vinculado (aquele em que a decisão sujeita-se à total obediência aos aspectos legais ou regulamentares que o regem) ou discricionário (aquele em que a decisão pode conter certa liberdade de escolha de conteúdo, de conveniência, de oportunidade ou modo de sua realização), os requisitos legais (competencia, finalidade, forma, motivo e objeto) devem se fazer presentes, sob pena de nulidade absoluta;

        Quinta: Quando existe conflito entre essa regra que tolhe o Poder Judiciário no exercício de sua excelsa missão e o princípio constitucional que garante ao cidadão o exame, por parte desse Poder, de ameaça ou lesão a direito seu, deve prevalecer o comando de natureza constitucional, sob pena de séria violação à cidadania;

        Sexta: Soa um tanto quanto inconstitucional essa proibição na medida em que as decisões judiciais, proferidas em decorrência do exercício da jurisdição (poder estatal), admitem revisão de meritum através das instâncias superiores, isto em sede recursal, o que leva à indagação de que, se assim se dá, porque uma decisão e/ou avaliação de um examinador em prova da OAB/SP não pode ter seu mérito examinado? Que ato administrativo é esse que não pode ser revisto pelo Poder Judiciário?

        Sétima: Veja-se que até o absurdo contido no Artigo 181 da Emenda Constitucional nº 1, de 17.10.1969 (CF/69) não foi repetido na CF/88, verbis:

        Artigo 181. Ficam aprovados e excluídos de apreciação judicial os atos praticados pelo Comando Supremo da Revolução de 31 de março de 1964, assim como:

        I- Os atos do Governo Federal, com base nos Atos Institucionais e nos Atos Complementares e seus efeitos, bem como todos os atos dos Ministros Militares e seus efeitos, quando no exercício temporário da Presidência da República, com base no Ato Institucional nº 12, de 31 de agosto de 1986;

        II- As resoluções, fundadas em Atos Institucionais, das Assembléias Legislativas e Câmaras Municipais que hajam cassado mandatos efetivos ou declarado o impedimento de governadores, deputados, prefeitos e vereadores quando no exercício dosreferidos cargos e;

        III- Os atos de natureza legislativa expedidos com base nos Atos Institucionais e Complementares indicados no item I.

        Esse absurdo constitucional vigorou até 04/10/88, porque em 05/10/88 foi promulgada a nova Constituição Federal, que não recepcionou e nem repetiu tal proibição de exclusão do Poder Judiciário ao exame dos atos revolucionários.

        Atualmente, pede-se vênia para discordar de “n” julgados que dizem não ser permitido ao Poder Judiciário examinar o mérito de questões de concursos.

        Pensa-se justamente o contrário, ou seja, na medida em que desde de 05/10/88 a novel Constituição Federal de 1988 deixou assentado, de forma bem explícita, que “a lei não excluirá do Poder Judiciário lesão ou ameaça de direito” (Artigo 5º, inciso XXXV), o Poder Judiciário não só pode como deve, quando provocado, oferecer a prestação jurisdicional então pleiteada dizendo se a “questão” de um determinado concurso está correta ou não.

        Caso contrário, seria um rematado absurdo negar a jurisdição a quem veio buscá-la.

        Se se constata o equívoco do examinador, não se pode corrigi-lo?

        Como Juiz Federal pode-se considerar uma lei inconstitucional, pode-se anular um decreto do Presidente da República, pode-se afastar da desapropriação de um imóvel rural antes dado como improdutivo e depois verificada a produtividade, pode-se determinar a prisão de alguém e também a soltura de quem lá se encontra recolhido, mas não pode corrigir uma prova da OAB?

        Pode-se julgar todos os processos cujos objetos estão inseridos na competência constante no artigo 109, da CF/88, mão não pode corrigir uma prova da OAB?

        Será que a prova da OAB adquiriu “status” jurídico de intocável, a exemplo do horroroso Artigo 181, da CF/69?

        Não, a prova da OAB não é intocável.

        Havendo acusação de lesão ou ameaça a direito, deve-se examinar a prova e, dentro da livre convicção, dizer se a questão está correta ou não.

        Colhe-se, por oportuno da jurisprudência: “PROCESSUAL CIVIL. MANDADO DE SEGURANÇA. OAB. CRITÉRIOS DE ELABORAÇÃO CORREÇÃO DAS PROVAS DO EXAME DE ORDEM. PRINCÍPIOS DA RAZOABILIDADE, FUNDAMENTAÇÃO E MOTIVAÇÃO. ART. 5º, XXXV, DA CF/1988. POSSIBILIDADE DE APRECIAÇÃO PELO PODER JUDICIÁRIO./1. A vedação quanto à impossibilidade de análise dos critérios de correção de provas pelo Poder Judiciário deve ser relativizada, a fim de proporcionar ao jurisdicionado maior amplitude de proteção do seu direito./2. Para os casos em que os critérios adotados na elaboração e correção de provas de concursos estejam em clara inobservância ao princípio da razoabilidade, da fundamentação, da motivação, com base no preceito constitucional (art. 5º, XXXV, da CF), pode e deve o Poder Judiciário, com os temperamentos necessários, avaliar tais aspectos./ 3. O mérito do ato administrativo está, sim, sujeito a controle judicial, sob o critério da razoabilidade. O juiz não irá avaliar se o administrador, como é de seu dever, fez o melhor uso da competência administrativa, mas cabe-lhe ponderar se o ato conteve-se dentro de padrões médios, de limites aceitáveis, fora dos quais considera-se erro e, como tal, sujeito a anulação. (AMS 2002.34.00.035228-5/DF, relator Desembargador Federal João Batista Moreira, DJ de 25/11/2004)./4. Comprovado, no caso, que houve falha no procedimento adotado para correção da peça processual aplicada na prova prático-profissional realizada pelo impetrante, ante a inobservância aos princípios da razoabilidade, da motivação e da fundamentação, impõe-se a anulação da correção, para que nova apreciação seja realizada./5. Apelação a que se dá parcial provimento”. (TRF.1- Processo: AMS 2005.34.00.020803-0/DF; APELAÇÃO EM MANDADO DE SEGURANÇA Relator: DESEMBARGADORA FEDERAL MARIA DO CARMO CARDOSO Órgão Julgador: OITAVA TURMA Publicação: 23/11/2007 DJ p.239 Data da Decisão: 13/11/2007)

        Em verdade, a irresignação do requerente, no particular, reside no ponto em que fora reprovado por 0,6 (seis décimos) no critério de arredondamento, já que majorou de 4,7 (quatro vírgula nove) pontos para 4,9 (quatro vírgula nove) pontos após a revisão, quando, para se reconhecer a aprovação, seria necessário conceder ao requerente, em verdade, mais 0,6 (seis décimos), já que assim alcançaria a nota 5,5 (cinco vírgula cinco), que, após submissão ao critério de arredondamento, finalizaria em 6,0 (seis), nota mínima de aprovação no exame impugnado.
        .
        Vejamos:

        Item 2.2 – Eis o que dispõe o gabarito no seu item 2.2.

        “Item 2.2 – Preliminar de nulidade: o MP deveria ter proposto a suspensão do processo (0,20), de acordo com o art. 89 da Lei 9.099/1995, por se tratar de direito subjetivo público do réu.(0,20)”

        Como se pode observar, quando da divulgação do PADRÃO DE RESPOSTA pela própria OAB, que serviria de base para a correção da prova, este quesito não era previsto.

        CESPE / UnB ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL (OAB)
        PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL ÁREA: DIREITO PENAL
        Aplicação: 25/10/2009 PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL
        1. Memoriais (art. 403, §3.º, do CPP) endereçados ao juiz de direito da 9.ª Vara Criminal de Planaltina – DF.
        2. Preliminar de nulidade por ausência de nomeação de defensor ao réu que não constituiu advogado para apresentar resposta à acusação (art. 396-A, § 2.º, do CPP).
        3. Preliminar de nulidade por falta de nomeação de defensor ao réu presente que não o tiver, segundo art. 564, III, “c” do CPP: “a nulidade ocorrerá nos seguintes casos: III – por falta das fórmulas ou dos termos seguintes: c – a nomeação de defensor ao réu presente, que o não tiver, ou ao ausente, e de curador ao menor de 21 anos”. Súmula n.o 523 do STF: “no processo penal, a falta de defesa constitui nulidade absoluta, mas a sua deficiência só o anulará se houver prova de prejuízo para o réu.”
        O art. 261 do CPP prevê que “nenhum acusado, ainda que ausente ou foragido, será processado ou julgado sem defensor”.
        Nucci afirma que a não nomeação de defensor ad hoc é causa de nulidade absoluta: se o defensor constituído, ou dativo, do acusado não comparecer à audiência de instrução, é fundamental que o magistrado nomeie defensor ad hoc (para o ato). Se o ato processual se realizar, ausente a defesa, constitui prejuízo presumido, logo, nulidade absoluta. Cf STJ: HC 40.673-AL, 5.ª T., rel. Gilson Dipp, 26-04-2005, v.u., Boletim AASP n. 2437, set. 2005. Guilherme de Souza Nucci. Código de processo penal comentado. 6.ª edição, São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2007, pp. 866-7.
        4. Preliminar de nulidade por falta de interrogatório do réu presente. Art. 564, III, “e” do CPP: “a nulidade ocorrerá nos seguintes casos: III – por falta das fórmulas ou dos termos seguintes: e – a citação do réu para ver-se processar, o seu interrogatório, quando presente, e os prazos concedidos à acusação e à defesa”. Estando o réu presente
        e desejando defender-se por intermédio de seu interrogatório, não pode o juiz recusar-se a interrogá-lo, sob pena de cerceamento de defesa e nulidade.
        5. Absolvição por atipicidade da conduta de José, visto que o fato não constitui infração penal em face da presença de justa causa (elemento normativo do tipo) para o atraso nos pagamentos (ou não pagamento), conforme art. 386, III, do CPP. José ganha apenas 1 salário mínimo, gasta boa parte de seu salário para comprar remédios indispensáveis à sua sobrevivência, visto que sofre de problemas cardíacos, e constituiu nova família, composta por uma mulher desempregada e 6 outros filhos menores. Não há dolo na conduta de José, sendo que a falta de pagamento da pensão alimentícia se deve à sua absoluta impossibilidade pessoal de fazê-lo. Ao comentar o art. 244, caput, do CP, Damásio afirma que o elemento normativo do tipo está contido na expressão “sem justa causa”, sendo que não há tipicidade se o sujeito não presta às pessoas os recursos necessários por carência, ou por não ganhar o suficiente. (Damásio E. de Jesus. Código Penal anotado. 17.ª ed., São Paulo: Saraiva, 2005, pp. 817-18). Em caso de condenação e pelo princípio da eventualidade:
        6. Pugnar pela fixação da pena no mínimo legal de 1 ano de detenção, arbitrando a multa no mínimo legal. Sustentar que José é primário e portador de bons antecedentes.
        7. Sustentar o afastamento da agravante prevista no art. 61, inciso II, “e”, do CP, para evitar o bis in idem, visto que o fato de a vítima ser descendente do réu (filho) é elemento constitutivo do tipo previsto no art. 244, caput, do CP. Nesse sentido, o art. 61, caput, do CP dispõe que “são circunstâncias que sempre agravam a pena, quando não constituem ou qualificam o crime”.
        8. Pleitear o reconhecimento da circunstância atenuante prevista no art. 65, inciso I, do CP, visto que José será maior de 70 anos na data da sentença (nasceu em 7/9/1938, tendo a defesa sido intimada para a apresentação dos memoriais em 15/6/2009).
        9. Requerer a fixação do regime aberto para cumprimento da pena, conforme previsão do art. 33, §2.º, “c”, do CP, e a substituição da pena privativa de liberdade por pena de multa ou por uma pena restritiva de direitos, na forma prevista no art. 44, §2.º, do CP, com a possibilidade de José aguardar em liberdade o trânsito em julgado da sentença (apelar em liberdade) em face de sua primariedade, bons antecedentes, residência fixa no distrito da culpa e ausência dos requisitos que autorizariam sua prisão preventiva.
        10. Último dia de protocolo da peça: 22/6/2009 (segunda-feira).
        O art. 403, §3.º, do CPP prevê que “o juiz poderá, considerada a complexidade do caso ou o número de acusados, conceder às partes o prazo de 5 (cinco) dias sucessivamente para a apresentação de memorais”. Assim, haja vista que a defesa foi intimada em 15/6/2009 (segunda-feira), o último dia do prazo para oferecer os memoriais será o dia 22 (segunda-feira). Nesse sentido, importante registrar que, apesar de os 5 dias terminarem em um sábado, o art. 798 do CPP dispõe que “todos os prazos correrão em cartório e serão contínuos e peremptórios, não se interrompendo por férias, domingo ou dia feriado”, e o §3.º do citado artigo dispõe que “o prazo que terminar em domingo ou dia feriado considerar-se-á prorrogado até o dia útil imediato”.

        Ademais, a própria OAB, afirmou, em dois comunicados publicados em seu site que a correção seria realizada de acordo com o PADRÃO DE RESPOSTA divulgado. Vejamos: “COMUNICADO Exame de Ordem 2009.2 Comunicamos que o Colégio de Presidentes das Comissões do Exame de Ordem dos Conselhos Seccionais da Ordem dos Advogados do Brasil, reunidos na cidade de Belo Horizonte (MG), em quatro de dezembro de dois mil e nove, no desempenho de suas atribuições legais, examinaram e debateram os recursos oferecidos às Provas Prático-Profissionais do Exame de Ordem 2/2009, decidindo pela manutenção dos Padrões de Respostas já publicados. As respectivas deliberações orientaram a análise dos recursos, que terão seus resultados publicados em nove de dezembro de dois mil e nove”.

        E mais: “COMUNICADO Exame de Ordem 2009.2 O CESPE/UnB, atendendo à determinação do Coordenador do Exame de Ordem Unificado, comunica que realizará uma revisão da correção da prova prático profissional de todos os examinandos nela reprovados, de modo a verificar se a referida correção foi realizada com a observância do padrão de respostas, no qual foram fixados os pontos específicos que deveriam necessariamente ser abordados pelos examinandos em suas respostas. Tal revisão faz-se necessária para que sejam corrigidas eventuais falhas na correção, evitando-se, desta forma, a prática de possíveis injustiças. Comunica, ainda, que, em virtude dessa revisão, fica adiada a divulgação das respostas aos recursos relativos a essa fase. Comunica, por fim, que o resultado da revisão e a nova data de divulgação das respostas aos recursos serão publicados na data provável de 15 de janeiro de 2010”.

        Ao exigir a menção da preliminar de nulidade indicada acima na confecção da pela profissional, a requerida estaria rompendo uma regra de sua própria criação – PADRÃO DE RESPOSTA -, ferindo, assim, o princípio da vinculação dos atos administrativos a que se submetem a autoridade requerida e requerente.

        A regra constante do edital é clara (item 4.5.1), segundo a qual “As questões e a redação de peça profissional serão avaliadas quanto a adequação das respostas ao problema apresentado, ao domínio do raciocínio jurídico, a fundamentação e sua consistência, a capacidade de interpretação e exposição, a correção gramatical e a técnica profissional demonstrada.”.

        Se, de um lado, a requerida fez publicar comunicado indicativo da revisão das provas práticas dos examinandos reprovados “de modo a verificar se a referida correção foi realizada com a observância do padrão de respostas, no qual foram fixados os pontos específicos que deveriam necessariamente ser abordados pelas examinandos em suas respostas” exigiu, de outra banda, conteúdo que extrapola o quanto indicado neste padrão por ela mesma adotado como correto, tendo ainda lhe atribuído pontuação isolada (0,40 – quatro décimos), pois agiu em dissonância com os limites a que ela mesma se obrigou, fato que somente não ocorreria acaso não fosse atribuída pontuação ao quesito.

        A dupla sindicabilidade – possibilidade de revisão pela própria administração dos atos ditos irregulares e o controle judicial – é característica do ato administrativo. Não tendo a própria requerida reconhecido o equívoco em que incorreu, entende-se cabível a adequação judicial no particular, devendo ser anulado o quesito 2.2 do espelho de avaliação da peça profissional da prova prático- profissional do requerente.
        .
        DA VIOLAÇÃO DO EDITAL – OFENSA AO PRINCÍPIO DA ISONOMIA

        Não obstante parecer bem coerente os parâmetros traçados pela Banca Examinadora, ressaltando, ademais, que aqui não se examina o mérito da questão, a irregularidade observada consiste na falta de igualdade no critério de correção das provas de todos os candidatos, porquanto a prova de outro examinando, carreada aos autos pelo requerente e não impugnada pela requerida, demonstra que, candidatos que incorreram no mesmo erro do requerente, qual seja, não alegar falta de justa causa para a ação penal, obtive, ainda assim, notas na avaliação da questão 05, a exemplo do candidato HUMBERTO CESAR PAULISTA.

        Nesse contexto, verificou-se a adoção de critérios diversos para a correção das provas, restando patente a violação ao princípio da isonomia e da impessoalidade, porquanto candidatos em idêntica situação foram avaliados de forma diferente, ou seja, enquanto alguns, como a requerente, sequer tiveram os itens da questão analisados, outros obtiveram pontuações máxima na da questão 05, em que pese haver cometido os mesmos “equívocos”.

        Conforme se observa, faltou coerência no critério de correção, o paradigma teve a correção e pontuação da questão nº 5 com a mesma fundamentação jurídica, enquanto que o requerente teve nota zero.

        É inconteste o fato de que o requerente encontra respaldo para obtenção dos pontos adicionais, conforme foi demonstrado.

        Além deste fato, o Poder Judiciário vem anulando quesitos da referida prova, o que importa dizer que, quando um quesito é anulado, a pontuação do mesmo deve ser para todos os candidatos, conforme estabelece o edital, porem isto não está ocorrendo no presente caso.

        Para tanto, requer a juntada de decisões dos Tribunais Federais onde foram anuladas questões da prova de penal 2009.2, a mesma que ora se discute.

        O princípio da isonomia aqui foi claramente ferido. É de fácil constatação que foram usados modos diferentes na correção do mesmo quesito.

        Nesse sentido, vale destacar o caput do art. 5º da Constituição Federal, “in verbis”: “Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à igualdade, a segurança e a propriedade, (…)”.

        O princípio da igualdade tem sede explícita no texto constitucional, sendo também mencionado inclusive no Preâmbulo da Constituição. Destarte, é norma supraconstitucional; estamos diante de um princípio, direito e garantia para o qual todas as demais normas devem obediência. O regime democrático faz desabrochar a legalidade e a igualdade como princípios fundamentais para o Direito.

        Nesse sentido, traz-se as enfáticas palavras do ilustre doutrinador Geraldo Ataliba, “in verbis”: “Não teria sentido que os cidadãos se reunissem em República, erigissem um Estado, outorgassem a si mesmos uma Constituição, em termos republicanos, para consagrar instituições que tolerassem, ou permitissem, seja de modo direto, seja indireto, a violação da igualdade fundamental, que foi o próprio postulado básico, condicional da ereção do regime. Que dessem ao estado – que criaram em rigorosa isonomia cidadã – poderes para serem usados criando privilégios, engendrando desigualações, favorecendo grupos ou atuando em detrimento de quem quer que seja …” (República e Constituição, RT, SP, 1985, p. 133).

        Insta-se trazer à baila também, a lição de Celso Antônio Bandeira de Mello: “Princípio é, por definição, mandamento nuclear de um sistema, verdadeiro alicerce dele, disposição fundamental que se irradia sobre diferentes normas (…). Violar um princípio é muito mais grave que transgredir uma norma. A desatenção ao princípio implica ofensa não apenas a um específico mandamento obrigatório, mas a todo sistema de comandos. É a mais grave forma de ilegalidade ou inconstitucionalidade, conforme o escalão do princípio atingido, porque representa insurgência contra todo o sistema, subversão de seus valores fundamentais, contumédia irremissível a seu arcabouço lógico e corrosão de sua estrutura mestra”.

        Nesse sentido é o precedente do E. TRF 2ª Região, a seguir colacionado: “ADMINISTRATIVO – EXAME DE ORDEM DA OAB/ES – ANULAÇÃO DE CORREÇÃO DE PROVA – VÍCIO DE MOTIVAÇÃO – APRECIAÇÃO DA PEÇA PROFISSIONAL – OBSERVÂNCIA DO PRINCÍPIO DA ISONOMIA. 1. A Banca Examinadora é livre para valorar a resposta dada pelo examinando, mas tem o dever de motivar a avaliação. A nulidade da correção da prova por vício de motivação não implica automática atribuição da integralidade dos pontos ao bacharel. 2. Cabe ao Poder Judiciário decretar a nulidade da correção da prova prático-profissional, quando detectada a violação dos parâmetros legais e regulamentares aplicáveis, porém, não pode substituir-se ao examinador, para o efeito de dimensionar o reflexo dessa nulidade, atribuindo de per si a pontuação ao examinado 3. Na hipótese, a resposta lacônica prestada pela banca examinadora ao recurso realmente revelou-se contraditória, impondo-se a anulação da questão para que a banca, reavaliando o recurso, dê-lhe resposta clara. 4. Ao avaliar a mesma questão da prova profissional de dois candidatos, a Banca Examinadora atribuiu notas diferentes para respostas que apresentam equivalência objetiva. Em respeito à igualdade de tratamento, a Banca deve agir com o mesmo critério em relação a todos os candidatos. In casu, tem o Impetrante direito líquido e certo á majoração da nota que lhe foi atribuída na peça profissional. 5. Remessa necessária improvida. Sentença mantida.” (TRF 2ª Região – REO-MS 2005.50.01.001612-5 – 6ª Turma Especializada – Relator Desembargador Frederico Gueiros – DJU 14/04/2008, pág. 166)

        Pelas razões expostas requer seja anulada o quesito 2.2 da peça prática pois não era previsto no PADRÃO DE RESPOSTA divulgado pela própria OAB, assim como seja pontuado com nota integral na questão 05 reconhecendo a falta de isonomia em relação à correção da prova do autor e dos paradigmas, e assim sendo, que seja deferida a antecipação de tutela.

    • edu disse

      ATENÇÃO.

      SAIU O EDITAL PARA O EXAME 2010.2.

      INSCRIÇÕES A PARTI DO DIA 23 DE AGOSTO ATÉ 06 DE SETEMBRO.

      FIQUEM ATENDO.

      O PREÇO, r$ 200,00 – SACANAGEM….

    • edu disse

      ATENÇÃO.

      SAIU O EDITAL PARA O EXAME 2010.2.

      INSCRIÇÕES A PARTIR DO DIA 23 DE AGOSTO ATÉ 06 DE SETEMBRO.

      FIQUEM ATENDO.

      O PREÇO, r$ 200,00 – SACANAGEM….

    • Rafael Machado disse

      JA MANDEI O MEU E-MAIL PARA A OAB FEDERAL, A CERCA DO ITEM 2.5 (DIREITO DO TRABALHO) ABUSURDO!!!!!!!!!!!!!!!! PRECISO DE 0,7… TENHO CERTEZA QUE VAI DAR SAMBA!!!!! VAMOS PASSAR PESSOAL!!!!

      TAMO JUNTO!!

      • Sandro Lages disse

        Não entendi, mandou um e-mail pra OAB Federal para que mesmo? A cerca? Não meu caro, no caso é acerca. Tomara que dê o tal samba para vc dançar bastante, porque se no e-mail voce cometeu erros de grafia estará perdido, eles costumam reprovar candidatos por erro de gramática. O e-mail era para que mesmo? voce já não entrou com recurso? Isso está muito esquisito. Tomara que vc não tenha dado um tito no pé.

        • Quesito 2.5 de TRABALHO disse

          Se anularem o quesito 2.5 que vale 0,80 e é pontuado separadamente do quesito que avalia erros de português que não passa de 0,20, já teríamos sucesso meu amigo.., portanto, não estamos preocupados com isso, até porque já fomos avaliados nesse quesito, por ora, o que se reclama é o quesito 2.5, Ok.

  6. DOUGLAS DE CARVALHO disse

    CAROS COLEGAS FIQUEI COM 5,5 EM DIREITO DO TRABALHO.

    QUEM PUDER ME MANDAR MODELOS DE RECURSO FICAREI GRATO.

    douglasfepar@hotmail.com

    • Juliana disse

      Oi Douglas, conseguiste ajuda para o teu recurso? Se sim podes me passar alguma dica? Tb fiz trabalho.

    • Maria disse

      Douglas como gostaria de mandar o meu recurso pra vc mas tenho medo de que vc copie aí somos dois reprovados por recursos identicos
      vou te dar uma dica
      pega a clt comentado e vai ao § unico do art. 8º – tenho certeza que você conseguirá desenvolver um excelente recurso não é atoa que vc fez 5,5 pontos

      • Desesperada... disse

        Não basta recorrer companheira, mande e-mail para a OAB do seu estado ou cidade e também para a OAB Federal, pois, se não fizermos barulho não anularão o quesito 2.5 da prova de Trabalho.

        Vamos à luta..

  7. jocimar vicente disse

    Gente. Como é bom passar no exame da ordem pela primeira vez. Olha, é uma experiencia muito grande, tanto na primeira fase, quanto na 2ª. A tensão que vc fica durante todo o tempo das provas é muito desgastante. Nao desejo a prova da ordem pro meu pior inimigo. Agradeço a DEUS por tudo, pois, sem ELE, jamais teria conseguido o intento. O médoto que adotei para fazer o exame deu certo e, estou à disposição de todos àqueles que fizeram civil e não passaram para recorrer na segunda feira. Abraços!

  8. Renata disse

    alguém tem a lista? a página está com erro

  9. carlos marion disse

    A TODOS…ESPERO QUE ESTEJAM SENTINDO A MESMA ALEGRIA QUE ESTOU E MINHA FAMILIA…TENHO 38 ANOS…PRIMEIRO EXAME Q FAÇO E PASSEI…FIQEUI MUITO FELIZ…E AGRADEÇO A TODOS DO BLOG POIS ME AJUDARAM EM DUVIDAS E NA ANSIEDADE DA PRIMEIRA E SEGUNDA FASE…AOS MAIS NOVOS…VCS TEM A VIDA TODA…EU NAO TENHO MAIS TEMPO A PERDER…VLW GALERA…UHUHUHUHUHUHUH

  10. Elvis disse

    Será que vai sair hoje?

  11. Renata disse

    Será que não vai sair hoje?? O legal é que eles nem pra colocar uma nota explicativa prestam …

  12. Poliana disse

    Nada de resultado ainda ;\

  13. JUDSON-AL disse

    POXA VIDA JÁ SÃO 20:30 E NADA!

  14. JUDSON-AL disse

    Essa lista sai ou não PQP

  15. frederico disse

    Desculpa Jhoni não quis ofender, mas que o nome é estranho é!!!!!! E o resultado sai ou não sai?

  16. frederico disse

    Jonhi, tu és H ou M? Esse nome é estranho.

  17. Jhoni disse

    Resultadooooooo cade vc menino sapeca

  18. frederico disse

    E aí galera vcês estão nervosos eu já estou tomando uma cerveja para aliviar a tensão. Kd o resultadoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo?

  19. kd o gabarito disse

    KD O GABARITOOOOOOO MEU DEUSSSSSSSSSSSSSS ????????????????????????

  20. Galera, nao adianta ficar chorando e querendo derrubar a prova nao, vaõ estudar cambada, e para de choramingar.

  21. Futuro Advogado disse

    Quando irá sair o resultado mesmo? Dizem que és as 17hs, outros dizem que és as 19hs.

  22. Karen disse

    Cara, adorei a contagem regressiva…
    So que eu to quase infartando aqui sabe… nao sei mais o que fazer.
    Sacanagem, podiam liberar o resultado logo, o povo ja tem a listagem ne gente…
    Ainda bem que nas proximas sera a FGV, vamos ver se isso muda.

    Boa sorte a todos

  23. Rogério disse

    Pra mim para outros milhares que se encontram ansiosos com o resultado:

    http://glaydson.com/oab/

    • luis disse

      boa!!!!!!parece a contagem regressiva de uma bomba relogio!!!!!!!!!!!!!

    • Dani disse

      ahahahahahah bom, só assim as coisas pioram.. daki a pouco tem algum tarado de chamando de doido…ou masoquista né?…rsrsrs… mas é legal…

    • 13/08/10 - 6ª feira disse

      Contagem regressiva…

    • luis disse

      enquete:
      responda aos quesitos a seguir:

      a) quem acha que o cespe éh um FDP.
      b)quem tem certeza que o cespe e um FDP.
      c) quem acha que o Cespe é um tremendo de um bando de safados.
      d) todas as alternativas anteriores.

  24. luiz MG disse

    AMIGOS UMA DICA PARA QUEM VAI FAZER TRIBUTÁRIO, COMPREI O LIVRO: CODIGO TRIBUTARIO NACIONAL, CF E LEGISLAÇÃO TRIBUTARIA. DA RT. PODE SER LEVADO PARA A PROVA, É UMA ÓTIMA SUGESTÃO.

    • Rogério disse

      Luiz, também sou examinando da área de Tributário e adquiri esse Código, realmente é muito bom.
      Caso vc tenha algumas dicas sobre a matéria me repasse.
      Abraço
      Rogério – Goiás

    • edu disse

      PESSOAL, FIQUEI CHOCADO COM A ATITUDE DA OAB.

      EU ENTREI COM UMA AÇÃO ORDINÁRIA NA JUSTIÇA FEDERAL DE RIBERIÃO PRETO, COM RELAÇÃO AO EXAME 2009.2, ONDE DISCUTIA O QUESITO 2.2 DA PROVA DE PENAL.

      PARA MINHA SURPRESA, AO INVEZ DE CONTESTAR A AÇÃO, ELA SIMPLESMENTE ALEGOU EXCEÇÃO DE INCOMPETENCIA.

      PÔ, SE ENTRO NA JUSTIÇA ESTADUAL ELA ENTRA COM EXCEÇÃO DE INCOMPETENCIA E SE ENTRO NA J.FEDERAL TAMBÉM.

      MUITO ESTRANHO.

      RESIDO EM SERRANA, ESTADO DE SÃO PAULO E RESIDO A APROXIMADAMENTE 20 KM DE RIBEIRÃO PRETO, LOCAL ONDE IMPETREI A AÇÃO.

      O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM A OAB.

      SERÁ QUE NÃO TEM ARGUMENTOS SUFICIENTES PARA CONTESTAR MINHA AÇÃO.

      ASSIM QUE TIVER NOVIDADES, COLOCAREI AQUI PARA VCS.

      UM ABRAÇO

      EDUARDO

  25. Helsing ! disse

    boa noite galera !! estou com problemas de correção na prova tb !! alguém sabe como conseguir o gabarito original da prova ?????
    Abraços

  26. Henrique MG disse

    A lista dos aprovados, após recurso, já tá no site do CESPE

    • thiago disse

      BOA NOITE CAROS AMIGOS, ESTOU EM UMA SITUAÇÃO EXTREMAMENTE DELICADA E CONSTRANGEDORA !!!
      PELA MINHA PROVA EU HAVIA ACERTADO 48 QUESTÕES, APÓS O RESULTADO DA ANULAÇÃO, CONFERI QUE HAVIA ERRADO 3 QUESTÕES DAS DENTRO ANULADAS, ENTRENTANTO O MEU NOME NÃO ESTA NA NOVA LISTA DE APROVADOS !!! QUAL ATITUDE DEVO TOMAR ? OQ PODE TER ACONTECIDO ?? ESPERO AJUDA !! MUITO OBRIGADO

      • Ralffer Barbosa disse

        Você conferiu pela imagem do seu gabarito escaneada do site do CESPE?
        Peça para alguém conferir para você e ver se atingiu os 50.

        Se sim, ligue na sua Seccional e, caso ache necessário, ligue no Conselho Federal da OAB – Comissão Nacional de Exame de Ordem. Acho que o tel é (61) 2193-9657.

        Se, mesmo assim não der, só lhe resta o MS! Mas o MS tem que ser pra ontem, pois segunda já é 12 de julho.

      • Ralffer Barbosa disse

        Talvez o comunicado disponibilizado no site do CESPE ajude.

        ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL
        CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL
        COMUNICADO
        O CESPE/UnB comunica que, para atendimento de quaisquer demandas referentes ao
        Exame de Ordem, deverá ser utilizado o e-mail: oab@cespe.unb.br, criado exclusivamente para
        atendimento aos examinandos pela Central de Atendimento deste Centro.
        Brasília, 9 de julho de 2010.

    • Lineu disse

      Sinceramente? O que vc deve fazer é estudar para o exame 2010-2, não ficar assim tão ansioso, corrigir direito a sua prova e contar atenciosamente as questões certas, para não cair no mesmo erro, por euforia. Boa sorte.

  27. Rafael disse

    Sabe porque a prova da OAB DEVE continuar? Pra que não ocorra asneiras como a que vi hoje… A inicial em nome de uma Associação e a contestação com o réu se defendendo em nome próprio…. OAB antiga 85XXX… não tinha prova… resultado: REVEL… por isso deve continuar a prova, mais justa, é fato, mas deve continuar.

    • Até parece disse

      E voce acha que a prova de ordem resolve isso???

      Ingenuidade.

      Os maiores operadores do Direito não fizeram esta prova, os doutrinadores não fizeram esta prova.

      E ninguem sai de uma faculdade pronto para trabalhar, por isso existe estágio, mas estágio não dá lucro

      para a OAB.

    • Até parece disse

      Leia a Constituição e verá que o exame de ordem é inconstitucional.

      Acorda mané

  28. BE disse

    Prezado Professor Leonardo,
    Em razão das minhas condições financeiras, acabei estudando sozinho para a 1 fase, na qual obtive sucesso e agora continuo sozinho apenas com livros de prática para a segunda fase, doutrina e súmulas, gostaria de saber se o Sr. tem alguma dica para a peça de trablaho para a 2 fase, não encontrei nenhum blog de discussão sobre a 2 fase de trabalho.
    Se o Sr. puder me ajudar agradeço desde já, ou alguem que esteja fazendo cursinho.
    Atenciosamente
    BE

  29. Kelli disse

    Galera, alguem ai sabe que dia sai o resultado dos recursos do Exame da Ordem?? Eu nao sei como funciona, mas sai uma nova listagem dos aprovados??
    Grata..
    bjss…

    • Ralffer Barbosa disse

      13 de julho.
      Sim.

    • NIN@ disse

      TERRA CHAMANDO…. TERRA CHAMANDO….
      DECIDIDAMENTE VOCE AINDA NÃO LEU O MANUAL, AQUELE QUE ESTÁ NO CADERnO DE QUESTÕES.
      VOCE RECORREU? DE QUANTAS QUESTÕES? QUANTOS PONTOS VC FEZ? ESPERO QUE PELO MENOS ISSO VC SAIBA. OU VOCE NÃO RECORREU NA ESPERANÇA DE QUE ALGUEM O FIZESSE E VC POR TABELA SERIA BENEFICIADA? MELHOR SE PREPARAR PARA O 2010_2,

  30. Reflexão sobre o exame da ordem. disse

    Exame da OAB: Existe finalidade para isso? Qual é essa finalidade?

    Você tem que fazer a prova da OAB para ser advogado para que mesmo?

    Se assim como os que estão hoje no poder vai ignorar a miséria humana (presidentes das OABs que sequer prestaram o exame da ordem).

    Se vai ficar inerte diante dos absurdos; Se vai ficar inerte diante das fraudes (em provas, em concursos públicos e privados); Se continuará inerte diante da corrupção e da podridão nos Poderes Executivo, Legislativo, Judiciário, onde aqueles que escolhemos para nos representar são os primeiros a nos abandonar…

    Para que passar em um exame da OAB se o espírito da indignação não vai nos compelir a agir? Assim como a maioria dos advogados existentes hoje no mercado de trabalho, que sequer importam-se com a vida humana. Somando suas vidas aos patrimônios de seus clientes.

    Pensem bem Bacharéis em Direito… Procurem escolher melhor as causas que vocês abraçarão no futuro… Para não acabarem amanhã como a maioria dos advogados que hoje comandam a OAB FEDERAL no Brasil, e não se importam com os futuros advogados (como se jamais tivessem sido Bacharéis em Direito).

    Devemos como conhecedores do Direito e da justiça (Bacharéis/Advogados) iniciar uma luta hoje, antes que amanhã não existam mais causas para defender.

    E você, eu, nós, todos, esqueçamos da nossa razão de ser, e não tenhamos mais a quem recorrer.

    Você já refletiu sobre o que pretende fazer quando tiver a carteira da OAB em mãos, e se tornar um Grande Advogado? (independente da extinção do exame da ordem ou não)?

    Lembre-se que a advocacia é um meio e não um fim em si mesmo, e a carteira da Ordem dos Advogados do Brasil pode fazer do BACHAREL EM DIREITO um agente de transformações, um curador da ordem pública e do interesse coletivo, e não apenas um profissional ansioso por honorários.

    Lembre-se que há um mundo lá fora, um mundo conturbado e dividido, e os BACHARÉIS EM DIREITO podem e devem fazer a diferença em prol do que é bom, justo e correto.

    Se você Bacharel nunca refletiu sobre o assunto, não tem problema, mas de agora em diante tenha também como meta, objetivos que vão muito além de suas próprias pretensões pessoais. Certamente você será um profissional muito melhor do que aqueles que estão no poder.

    Assuma uma causa, qualquer simples causa que vá além de simples aspirações de âmbito pessoal. E você verá que o mundo certamente vai agradecer. E retribuir também!

    Grande Abraço… E nunca desistam de seus objetivos.

    JOSÉ AMAZIAS CORREIA DOS SANTOS – Graduado em Direito pela FDVV – Faculdade de Direito de Vila Velha – ES; PÓS GRADUANDO em DIREITO CONSTITUCIONAL com FORMAÇÃO em MAGISTÉRIO SUPERIOR – UNIDERP – UNIVERSIDADE ANHANGUERA DE SÃO PAULO – COORDENAÇÃO CIENTIFICA da PHD EM DIREITO: DRA ADA PELLEGRINI GRINOVER e do Jurista DR LUIS FLAVIO GOMES.

  31. CDF disse

    Estudo muito mais só acertei 46 questões nessa prova meus amigos.

  32. Ricardo disse

    Por que a questão 100 da prova 2010.1 está errada galera?

  33. EU disse

    Galera, o Senado Federal está fazendo uma enquete se “Você é a favor ou contra a proposta que acaba com o Exame de Ordem, como requisito para o exercício da advocacia (PLS 186/2006)?”

    OBS: este link leva você ao site do senado federal, veja que a enquete esta situada no lado direito da página.

    http://www.senado.gov.br/sf/senado/centralderelacionamento/sepop/?page=data_pesquisa&area=datasenado

    Vamos externar nossa indignação contra esse exame e apoio ao projeto de lei q pede a extinção do exame da oab (PLS 186/2006).

    Votem!

  34. Michael disse

    Pessoal saiu o resultadoooooooooooo.
    Uma boa sorte a todos, e prestem atencao ao prazo do recurso, os dados para recurso estao, alem no edital, no final da relacao de aprovados.
    Parabens a todos que tentaram : )
    Abs
    Mike

  35. DANIEL disse

    QUESTÃO: Já que o Exame está demonstrando intenções duvidosas, por que não o MEC realizá-lo?? Simples. Sem cobrança de inscrição e utilizando metodologia adequada para o recém formado. O Governo, através do seu Ministério, estaria no comando. O que vocês pensam sobre essa sugestão??

  36. ANGELA disse

    OLHA PESSOAL, TODA ESTA DISCUSSÃO NÃO LEVA A NADA A CERCA DO EXAME DA OAB, ACHO NÓS BRASILEIROS MUITO PSSIVOS. EM OUTROS PAÍSES ISSO NÃO ACONTECE, POIS AS PESSOAS VÃO PRÁ RUA E LUTAM PELOS SEUS DIREITOS E NÓS FICAMOS SÓ LAMENTANDO. HOJE SÃO MILHARES DE PESSOAS ACOM UM DIPLOMA DE BACHAREL NA MÃO SEM EMPREGO E SEM CONDIÇLÕES DE TRABALHAR. COMO PODE ? HÁ NECESSIDADE DE UMA MUDANÇA. CONHEÇO PESOAS QUE JÁ SE FORMARAM E DEVEM A FACULDADE, FIZERAM EMPRÉSTIMOS, PAIS QUE SE SACRIFICARAM PAR DAR ESTUDOS AOS FILHOS. É LAMENTÁVEL TAL SITUAÇÃO. ISTO NÃO QUER DIZER QUE QUEREMOS PROVAS FÁCEIS, MAS QUE A TAXA DE INSCRIÇÃO SEJA MAIS BAIXA, PROVAS MAIS OBJETIVAS. A OAB PARECE QUE SENTE PRAZER EM VER OS LUNO SE “FERRAREM” É MUITA TRISTEZA DEPOIS DA PROVA, POIS TEM GENTE QUE FEZ CURSINHO ESTAVAM APTOS A FAZER UMA PROVA, PAGARAM A TAXA DE RR4 200,00 ( E ÀS VEZES FIZERAM EMPRÉSTIMO ) NA ESPERANÇA DE TER A CHANCE DE UMA COLOCAÇÃO FUTURA. NÃO ENTENDO, QUER DIZER QUE O QUE DIZ A CONSTITUIÇÃO SÓ VALE PARA OS OUTROPS CURSOS? O DIREITO NÃO ERA PARA SE FAZER VALER PARTINHO DA OAB QUE PREZA PELOS DIREITOS DOS CIDADÃOS? FICA AI MEU PROTESTO SOLITÁRTIO.

  37. BRUNETE disse

    UM ESTUDANTE DE DIREITO REALIZA EM MÉDIA 210 PROVAS DURANTE OS 05 ANOS DE GRADUAÇÃO. SE COLOU GRAU É SINAL QUE NA MAIORIA DAS AVALIAÇÕES OBTEVE ÊXITO. AGORA EU PERGUNTO AOS LEITORES DESSE BLOG: É JUSTO QUE A OAB AVALIE EM PROVA ÚNICA ALGUÉM QUE FOI AVALIADO 210 VEZES? É PARA SE PENSAR, ESSA MÉDIA DE AVALIAÇÃO É UMA ESTATÍSTICA DO MEC. HÁ INSTITUIÇÕES QUE REALIZAM 270 AVALIAÇÕES, ALÉM DA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS E MONOGRAFIAS. ÀS VEZES EU ME PERGUNTO: SERÁ QUE SOMENTE UMA PROVA DA OAB PODE AVALIAR ALGUÉM DE FORMA A IMPEDIR QUE ENTRE NO MERCADO DE TRABALHO? É UMA TREMENDA BABAQUIÇE ESSE EXAME DE ORDEM, OU MELHOR, EXAME DE DESORDEM DA OAB/CESPE!!!

    • MELO disse

      Depende das vezes que ele colou, por isso que na estatística muitos não conseguem fazer 50 pontos, e ficam chorando no blog para extinção do exame.

      • Samanta disse

        Essa foi demais, Melo!! É bem isso!! Vão estudar de verdade, não enrolar como muitos fazem na faculdade, pois daí poderão pensar em conseguir passar na OAB!! Com certeza os que realmente estudaram na Facul, não terão muita dificuldade em passar no exame. Que feiúra ficar “esperneando” pra acabar com o exame!!! :-)

        • luzinete disse

          A propósito vocês passaram na prova ?
          Devem ter gabaritado né?
          Gente aos invés de ficarem se confrontando, deveriam se unir p/ ajudar a quem precisa!
          Eu tenho visto nesse blog muitos afrontos entre bachareis, amigos agora é a hora de nos unirmos para q a justiça seja feita.
          Se vão cancelar as questões, se vão acabar c/ o exame ou se vão estender p/ todas as categorias temos é que fazer c/ que a justiça seja feita. Pois o que ocorre com a nossa classe é DISCRIMINAÇÃO!
          Então lembremos daquele PROFETA que propagava que GENTILEZA GERA GENTILEZA! “PROFETA GENTILEZA”
          Deixemos de ser infantis nos agrendindo, reparando a maneira que o outro escreve. Sinceramente acho isso te péssimo tom.
          Não fiquem zangados comigo, mais vocês ñ acham que ja temos tanto a fazer, a resolver?
          Se chegamos até aqui é porque somos (acredito) adultos e maduros, tal atides me envergonha!

          Beijos na alma de vocês e em seus corações!

        • Paulo disse

          ( REMOVIDO)

        • Paulo disse

          ( removido)

      • DANIEL disse

        vc sabe q não é assim q as coisas funcionam, espertinho.

  38. mjf disse

    Quando encontrar reporteres de qualquer emissora,,,mande um recado aos que desfrutam da luxuria promovida pelo dinheiro dos estudantes de direito do Brasil,,bem como a classe de Advogados devem lutar contra estes sanquinários…E só dar uma olhada na estrutura oferecida a vcs…Pelo Amor de Deus…vcs não fazem nada contra isso…

  39. Ilma Aparecida dos Santos disse

    Olá pessoal como fico sabendo quantos pontos fiz, um vez que não trouxe o cadreno.
    Obrigada. Ilma.

    • Angelus Volpis disse

      Espera sair a lista dos aprovados na 1ª fase, mas não perca seu tempo,inicie sua preparação para a 2ª fase desde já, pode ser que você tenha sido aprovada! Dá próxima vez, faça a prova tranquila e aguarde para levar o caderno de questões.

  40. Alan disse

    QUESTÃO 11

    Pessoas, existem algumas questões controversas nesta prova e acredito em anulações. São completamente possíveis, DESDE QUE RECORRAMOS CORRETAMENTE!

    É isso aí. Fazer os recursos de forma correta, respeitado o edital, e tempestivamente. NÃO É PERMITIDO o chamado “recorta e cola”, portanto, mudem as palavras, façam como quiserem, desde que mantenham a fundamentação (é claro).

    A apresentação de justificativas, ao meu ver, foi um tiro que o CESPE deu no seu próprio pé. Poderemos usar os argumentos deles contra eles! Pensem no caso da questão 11: Eles indicaram o fundamento da resposta e de uma simples leitura já se constata que está totalmente errada a assertiva formulada!

    In verbis:

    Com relação a ONU assinale a opção correta

    (…)

    d) O secretário geral da ONU, eleito pelo conselhode segurança mediante recomendação dos seus membros permanentes, têm o dever de atuar em todas as reuniões da assembléia geral, do conselho de segurança, do conselho econômico e social e do conselho de tutela, além de desmpenhar outras funções que lhe forem atribuídas por esses orgãos.

    JUSTIFICATIVA DO CESPE:

    “artigo 97 da Carta de São Francisco:

    O Secretariado será composto de um Secretário- Geral e do pessoal exigido pela Organização.

    O Secretário-Geral será indicado pela Assembléia Geral mediante a recomendação do Conselho de Segurança. Será o principal funcionário administrativo da Organização.”

    Só se eu for analfabeto, mas ali tá dizendo que o Secretário Geral é INDICADO PELA ASSEMBLÉIA GERAL, por recomendação do Conselho de Segurança. Ou seja, quem indica, quem ELEGE É A Assembléia, não o Conselho!

    Questão sem resposta é questão anulada!!!

    Tá errada a resposta, DEVE SER ANULADA. Eu não marquei esta por que sabia que quem elegia não era o Conselho de Segurança! Induziu os examinandos aos erro!

  41. BRUNETE disse

    A VERDADE É UMA SÓ!!! O OBJETIVO DA OAB É ARRECADAR DINHEIRO E QUANTO MAIS MELHOR. NÃO BASTASSE AS ANUIDADES AGORA ENCONTRARAM O JEITO MAIS FÁCIL DE CONSEGUIR QUE É ATRAVÉS DO EXAME DE ORDEM, PORQUE AO INSCRITO NA OAB, ELE DEVE ALGUMA CONTRAPRESTAÇÃO E AOS BACHARÉIS QUE SÃO REPROVADOS O QUE A OAB DEVE? NADA EXATAMENTE NADA, NEM MESMO SATISFAÇÃO. AGORA MEUS AMIGOS EU PERGUNTO A VOCÊS: É DO INTERESSE DA OAB QUE A MAIORIA SEJA APROVADA?
    CLARO QUE NÃO, POIS SE APROVAREM A MINA DE DINHEIRO VAI SECANDO. E VIVA O BRASIL, O PAÍS DOS ESPERTALHÕES, O PAÍS DA CORRUPÇÃO E ALTA INCIDÊNCIA DE IMPOSTOS, AQUI VALE TUDO!!! SÓ NÃO VALE SER É HONESTO!!! FORA CESPE, FORA OAB!!! VOTEM NA ENQUETE DO SENADO FEDERAL, SE É QUE DARÁ RESULTADO TAMBÉM, PORQUE DAQUELA CASA LEGISLATIVA , PODE-SE ESPERAR QUALQUER COISA…

    • Regina disse

      Voce já pensou na hipótese de que o grande indice de reprovação no exame de Ordem denigre a imagem de instituições de ensino no pais? Percebe que para a OAB não é interessante manchar nomes de Universidades, muito menos de mostrar defasagem no ensino superior do país? Tanto que esse foi um dos motivos da reunião de sexta feira da OAB no DF, já que o CESPE NÃO É O RESPONSÁVEL PELA ANULAÇÃO DE QUESTÕES E SIM A OAB. sabia?

  42. AIKIFA disse

    EMAIL: JFARIASUCB@YAHOO.COM.BR

  43. AIKIFA disse

    Caro amigo Nivaldo Forastieri,perdoe-me se errei seu nome, mas como você, também não aceitei a situação referente ao EXAME DE ORDEM 2009.2, lembram desse exame ???? Pois é, ainda que tenha passado no exame 2009.3, não desisti, ingressei com um Pedido de Reconsideração junto a Seccional DF, e Graças ao ETERNO DEUS, o meu Pedido foi DEFERIDO POR UNANIMIDADE, ou seja, provando que o CESPE não tem tanta competência assim para corrigir as questões de 2ª Fase, a propósito fiz penal. Um abraço a todos, fiquem firmes, não desistam, a Vitória no final sempre é nossa.
    2TM 2:13 “AINDA QUE SEJAMOS INFIÉIS, ELE É FIEL, POIS NÃO PODE NEGAR-SE A SI MESMO.”

    • Janio... disse

      Olha a Fúria…

      A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do Distrito Federal, demonstra sua perplexidade com as declarações do senador Cristovam Buarque sobre o Exame de Ordem, feitas por meio de twitter nessa quarta-feira, 16 de junho.

      Ao declarar que “ou fazemos exame para toda profissão, ou para nenhuma”, o excelentíssimo senador presta um desserviço à nação. Principalmente por ser especialista em Educação, o senador deveria ter conhecimento de que o Exame de Ordem é um filtro necessário para garantir a qualidade dos profissionais que irão lidar com os bens mais preciosos da vida dos cidadãos: a liberdade, o patrimônio e a honra.

      O ensino deficiente do Direito, ocasionado pela proliferação dos cursos jurídicos pelo país, exige esse cuidado. Ao contrário do que propalam os críticos do Exame, a seleção está longe de ser uma reserva de mercado. Trata-se, a bem da verdade, de um instrumento que protege a própria sociedade, para que ela não seja vítima de profissionais despreparados, que chegarão aos milhares ao mercado, caso o Exame seja extinto.

      Francisco Caputo
      Presidente da OAB/DF

      • Angelus Volpis disse

        Concordamos com você, porém não é justo a OAB cobrar uma taxa de R$ 200,00 para se fazer o Exame. Só quem é trouxa que não percebe que o único objetivo da OAB é arrecadar milhões dos babacas que ficam tentando, tentando, tentando e não conseguem passar por que os idiotas da CESPE que, nada mais são do que um bando de ” pau mandado ” da OAB. Portanto, avalie sim os profissionais do direito ( bacharéis ), de forma gratuíta, que será pelo menos um exame mais justo. Você vem aqui e diz isso com a maior naturalidade, porque é um dos interessados em arrecadar essa fortuna 3 vezes no ano.

        • BRUNETE disse

          PORQUE VOCÊ NÃO SUGERE O EXAME DE ORDEM A R$1,99. VAI TER MENOS RECLAMAÇÕES. COLOQUE UMA PROVA JUSTA NÃO PENSANDO SÓ NAS REPROVAÇÕES E NAS FORTUNAS QUE ESTÃO SENDO ARRECADADAS POR VOCÊS. É DO SEU INTERESSE QUE O EXAME SEJA FEITO DE FORMA GRATUÍTA? TODOS NÓS SABEMOS QUE NÃO, VOCÊS SÓ QUEREM ARRECADAR, ENCONTRARAM UMA FORMA FÁCIL DE ARRECADAR DINHEIRO DO POVO. ISSO É BRASILLLLLLLLLLLLL…………

      • Ricardo disse

        Dr. Francisco Caputo, veja que o exame de ordem é para aferir os conhecimentos adquiridos pelos estudantes no decorrer de 5 anos de estudo e não para saber se ele esá apto a ingressar na carreira de Juiz. Acho que meio termo é a palavra mais adequada para um exame de ordem, não precisa ser fácil, poderia ser médio, mas não extremamente dificil como o foi. Sinceramente, o que a OAB está propondo é que se decore todos os códigos – isso é impossível – fazer questões em que uma palavra pode ser o limiar entre o certo e o errado? Convenhamos… O que a OAB realmente quer? profissionais sabedores e questionados do direito ou meros CDF’s que decoram cada vírgula do trambolho que é nosso ordenamento jurídico. Duvido, e muito, que sua prova de ordem foi neste nível. Quando vocês estiverem elaborando prova para a magistratura, daí sim, podem exigir o quanto for necessário, pois eles têm o dever de saber tudo. Será? Pelo visto o exame de ordem está servindo mesmo é para a OAB auferir um troquinho a mais.

      • Paulo disse

        ( REMOVIDO)

  44. Lili disse

    Doutores, o Senado Federal está fazendo uma enquete se “Você é a favor ou contra a proposta que acaba com o Exame de Ordem, como requisito para o exercício da advocacia (PLS 186/2006)?”

    OBS: este link leva você ao site do senado federal, veja que a enquete esta situada no lado direito da página.

    http://www.senado.gov.br/sf/senado/centralderelacionamento/sepop/?page=data_pesquisa&area=datasenado

    Vamos externar nossa indignação contra esse exame e apoio ao projeto de lei q pede a extinção do exame da oab (PLS 186/2006).

    Votem!

  45. aioanes ca fre disse

    pagarei do meu bolço uma materia no correio brasiliense com os erros que eles cometeram, vejam o que postei acima. adiocafr@hotmail.com

    • janio disse

      Colegas,

      Ao protestarmos devemos ter cuidado com a gramática para não parecer que estamos lutando contra o óbvio.
      Não é de bom alvitre se comenter equívocos primários ao cometer erros elementares como grafar palavras simles de forma errada.

      A palavra BOLSO não se grafa com “Ç”, assim sendo, estaremos dando armas ao inimigo.

      • KARINA disse

        quem é essa pessoa que escreve COMENTER!!!
        ANALFA…
        NÃO AJUDA, MAS NÃO ATRAPALHA…

        • janio disse

          Karina,

          Devemos nos tratar com urbanidade, trata-se apenas de erro de digitação, como percebes em seguida a palavra está grafada corretamente o que corrobora minha afirmação.

          Não faz aprte da minna educação usar palavras grosserias com as pessoas, principalmete com colegas…

          • KARINA disse

            VOCÊ GOSTA DE CORRIGIR AS PESSOAS, NÃO É?
            ESTE FÓRUM TEM COMO FUNÇÃO DEFENDER DIREITOS DE BACHARÉIS QUE FORAM INJUSTIÇADOS NO ÚLTIMO EXAME DE ORDEM.
            COM TODA ESSA INTELIGÊNCIA VOCÊ DEVE TER PASSADO, OU É ESTUDANTE DE LETRAS E ESTÁ SE DIVERTINDO COM A DERROTA ALHEIA.
            MAS NÃO SE PREOCUPE QUE A SUA PROFISSÃO VAI SER RECONHECIDA BREVEMENTE, POIS OS PROFESSORES LOGO TERÃO DE DAR AULA ACOMPANHADOS POR SEGURANÇAS.
            POR FAVOR NÃO SOU SEU COLEGA, E NEM NUNCA SEREI, HAJA VISTA O SEU PROCEDIMENTO COM OS BACHARÉIS, POR ISSO LIMITE-SE A SUA INSIGNIFICÂNCIA.

            • Janio... disse

              Calma colega, não sei os motivos da sua indignação e também não me dizem respeito só gostaria de dizer-lhes que estou no mesmo barco mas não é motivos para perder a postura.
              Passei pela faculdade e não por um HARAS…

              • CALMA NESTA HORA disse

                PARABÉNS PARA OS DOIS…

                ENQUANTO SE DISCUTE ALTERNATIVAS PARA UMA POSSÍVEL SOLUÇÃO OS NOBRES COLEGAS FICAM TROCANDO FARPAS ENTRE SI, COLEGAS VAMOS PENSAR POSITIVO E NÃO FICAR AGREDINDO UNS AOS OUTROS… ESTA POSTURA É O QUE A OAB ESPERA DE VOCÊS,QUE SE MATEM E ESQUEÇAM O MAL LOGRADO EXAME…

                UM ABRAÇO…

            • Paulo disse

              ( REMOVIDO)

        • Angelus Volpis disse

          Parabéns heim.. Pessoas como você que engrandecem esse ” Bloooooooog “rsrsrrsrsrsrsrsrs..” Comenter,simles….

  46. aioanes ca fre disse

    Gente vejam o que eu postei acima. adiocafr@hotmail.com. e vamos começar a divulgar em outros sites.

  47. aioanes ca fre disse

    Vamos é juntar todas as falhas, erros, leis revogadas que eles usaram, que eu me proponho a pagar do meu proprio bolço uma folha inteira no jornal correio brasiliense, que é o meio dos deputadas verem como a proppria oab rever os erros que eles cometem. adiocafr@hotmail.com. Estou aguardando a união de todos.

  48. BRUNETE disse

    PESSOAL… VAMOS FICAR ATENTOS COM RELAÇÃO AOS SENADORES QUE SÃO FAVORÁVEIS E ÀQUELES QUE SÃO CONTRA O EXAME. VAMOS DAR A RESPOSTA PARA ELES NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES. NÃO VOTEM NO BISPO MARCELO CRIVELA, ELE É CONTRA O FIM DO EXAME, NÃO MERECE NOSSA CONFIANÇA E CREDIBILIDADE.
    ENTREM E ACESSE O SITE DO SENADO E VOTEM NA ENQUETE.ESSEÉ O SITE:

    http://www.senado.gov.br/noticias/opiniaopublica/enquetes.asp?ano=2010

    VAMOS LUTAR PELOS NOSSOS DIREITOS…

  49. Marcos disse

    QUESTÃO 38
    Considere que Laura, menor absolutamente incapaz, representada por sua mãe, ajuíze ação de investigação de paternidade no foro de seu domicílio. Nessa situação hipotética, caso more em outro estado da Federação, o réu poderá:
    * apenas contestar a ação, visto que a competência para o conhecimento da ação, nessa hipótese, é do foro do domicílio de Laura, haja vista ser absolutamente incapaz. (certa). Dúvida: A CESPE “não sabe” que Lei Especial (ECA) prevalece sobre Lei geral (CPC)?????!!!!

    A competência territorial das ações ajuizadas com esteio em direitos e garantias positivados no Estatuto da Criança e do Adolescente se orienta pelo princípio do juízo imediato, segundo o qual o foro competente é fixado pelo lugar onde a criança ou o adolescente exerce, com regularidade, seu direito à convivência familiar e comunitária. Esta é a interpretação que se extrai do art. 147, incisos I e II, da Lei n° 8.069/90. O legislador pátrio optou por proteger a guarda de fato, priorizando o interesse do infante aos interesses dos pais biológicos ou outros responsáveis formalmente investidos neste mister. Tendo o propósito de garantir o exercício de um direito fundamental, a fixação de foro assume caráter de ordem pública, uma norma imperativa cujo descumprimento resulta em vício de nulidade. Assim, o princípio do juízo imediato se sobrepõe às regras gerais de competência do CPC.

    Base Legal:
    A criança tem o direito ao respeito (art. 15, ECA) que consiste dentre outros “da identidade” (art. 17).
    A ação de investigação de paternidade deve ser ajuizada, de regra, no domicilio dos pais ou pelo lugar onde se encontre a criança ou adolescente, priorizando o interesse do infante aos interesses do pai biológico.

    ECA, “in verbis”:
    Art. 15. A criança e o adolescente têm direito à liberdade, ao respeito e à dignidade como pessoas humanas em processo de desenvolvimento e como sujeitos de direitos civis, humanos e sociais garantidos na Constituição e nas leis.
    Art. 17. O direito ao respeito consiste na inviolabilidade da integridade física, psíquica e moral da criança e do adolescente, abrangendo a preservação da imagem, da identidade, da autonomia, dos valores, idéias e crenças, dos espaços e objetos pessoais.

    Abraços,
    Boa sorte a todos com os recursos!

  50. José Paulo(SC) disse

    Amigos, se a CESPE não anular as questões 11 e 24 (que já chequei até agora) não sei mas o que pode ser considerado questão nula. Se não anular voltamos ao anos de chumbo!!!

  51. bruno disse

    VOTA GALERA!!! EU JA VOTEI. DIVULGUEM AO MAXIMO!!!!!!

    URGENTE!!! VOTEM CONTRA O EXAME DE ORDEM “OAB” NO SENADO.

    Os senadores disponibilizaram uma enquete no site do senado sobre o exame de ordem, para norteá-los na decisão sobre a (PLS 186/06) e a (PEC 1/10) do Senador Gilvan Borges “ PEDE A EXTINÇÃO” e a (PLS 43/09) do Senador Marcelo Crivela “ A FAVOR DO EXAME” estão tramitando no senado, só que a maioria dos bacharéis não estão sabendo porque não veicularam em nenhum meio de comunicação, para justamente legitimar o exame, peço a todos que votem em massa pois este resultado será norteador para a decisão dos senadores em abolir de vez essa imoralidade, desde já agradeço a todos e vamos a luta.

    OBS: este é o link, veja que a enquete esta do seu lado direito.

    http://www.senado.gov.br/sf/senado/centralderelacionamento/sepop/?page=data_pesquisa&area=datasenado

    Votem!

    O exame se tornou uma indústria de cursinhos preparatórios, e o valor da inscrição do exame custa atualmente R$ 200,00. Bem parece claro o motivo real do atual exame que na verdade não passa de um concurso mas com a diferença que mesmo passando vc não tem um colocação a sua espera, ainda temos que batalhar muito para entrar no mercado de trabalho.

    Se a intenção é realmente testar conhecimento, porque tantos cursinhos e porque uma taxa com valor tão alto para realizar o exame?

    Além do mais é inconstitucional, pois a Constituição em seu artigo 5°, XIII diz que:
    “… – é livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer;”
    Conto com vcs.

    Mesmo que vc não seja um aluno ou bacharel em direito, vote pq se essa moda pegar, daqui a pouco todas as profissões exigirão esse tipo de exame, e cobrando bem caro.

    Obrigada.

    • Alfredo disse

      Já entrei e já votei. 87,92% a favor da extinção, valeu!!!!

      • BRUNETE disse

        Já aumentou a diferença, agora está em 88,23% a favor e 11,77% contra. É muita diferença, vamos votando gente, pode ser que os cabeças de bagre do Senado entendam que a maioria quer o fim da injustiça, da corrupção da OAB. Se esses senadores não votarem a favor também, AS ELEIÇÕES ESTÃO CHEGANDO E NÓS DAREMOS O TROCO A ELES. Procurem se informar quem é a favor e que é contra e vamos dar o troco nessas eleições. O primeiro que deve ser deletado nas próximas eleições é o Senador Marcelo Crivela que é a favor de continuar o Exame, ele é bispo nem sabe o que tá falando.

    • Sandra Benati disse

      votem votem votem

      j u s t i ç a !

      votem gente

    • BRUNETE disse

      Está aumentando a diferença e a OAB está desesperada, só ela não percebe a irregularidade, fecha os olhos para não ver a verdade, pois só pensa em ganhar dinheiro fácil do povo. VOTEM SEM PARAR….Senão der certo, sugiro BOICOTE TOTAL ao próximo exame.

  52. Hermes disse

    Nós, que somos Bacharéis, temos que nos mobilizar. Para terem uma idéia, esse exame, contou com cerca de quase 97 mil inscritos, e como novidade, alunos do 9º semestre puderam fazer a prova. Agora pasmem…sabem quanto os “SANGUE SUGAS” da OAB, arrecadaram? Mais de 19 milhões de reais. Pode? Nossa mobilização e força podem fazer a diferença, ontem o STE, decidiu que os “fichas sujas”, não poderão disputar as eleições de out., tudo isso devido a mobilização popular, que conseguiram juntar mais de 1,600 milhões de assinaturas. Entrem na página do senado e vote contra o exame, divulguem esses dados…vamos a luta.

  53. Hermes disse

    Não foi a toa que eles permitiram alunos do 9º e 10º fazerem a prova, foram quase 97 mil inscritos, é só multiplicar por R$ 200,00.

  54. Josépe disse

    O porque do silêncio? nem precisa pensar muito, quando as fraudalhães vierem a tona, saberemos ainda melhor, e tem muito rolo por aí.

  55. Bruno disse

    Pessoal eu fiz 48 pontos, entrei no LFG pra segunda fase, e hoje o Professor disse que há possibilidade da CESP, já na primeira lista do resultado anular algumas questões de ofício, tamanha controvérsia da questão. E citou principalmente a questão 11 de internacional.

    Então, quem fez por aí é bom ficar atento pra se preparar pra segunda fase…

    • ALINE disse

      Eles fizeram algumas estimativas de quantas serão anuladas?

      • Alfredo disse

        As 100 questões serão anuladas…

      • Bruno disse

        Estimativas não, até mesmo ressaltou que pode ocorrer nenhuma anulção, pois ninguém sabe o que vem na cabeça desses examinadores…
        Mas disse que o LFG tem 13 questõe já fundamentadas passíveis de recurso.

    • Thais disse

      pessoal…
      aqui em Cuiaba/MT houve aluno que foi pego colando na prova pelo celular….
      Será que nao tinha as respostas da prova nesse celular???
      Nao podemos aceitar esse comportamento da CESPE…. Vamos nos jutar para que seja anulada essa prova…

      • rosangela disse

        OLA
        MAS COMO AFRAUDE SEGUNDO O CONSELHO DESDE SUA IMPLANTAÇÃO SÓ OCORREU UMA VEZ???Será que eles não tem uma piada melhor???
        E como o aluno estava colando tinha alguém passando so respostas para ele ????

      • rosangela disse

        Gostaria de saber mais detalhes sobre o assunto…por favor…

      • Hermes disse

        Caros amigos, vocês sabem quantos bachareis e alunos do 9º e 10º semestre se inscreveram? Quase 97 mil, isso dá uma arrecadação de 19 milhões de reaos para esses vampiros daOAB. Vamos denunciar e votar na página do Senado, contrário a essa prova ridícula.

    • MELO disse

      NÃO VÃO ANULAR NADA.

      SEGUE LINK COM JUSTIFICATIVA DA PROVA, ACHO QUE NÃO VÃO ANULAR NADA OUTRA VEZ. A CASA CAIU!!!!!

      http://www.cespe.unb.br/concursos/OAB2010_1/Arquivos/JUSTIFICADA_OAB10_002_1.pdf

      • Tania disse

        caros colegas , vejam bem, se a cespe estivesse certa do seu gabarito, não teria motivos para se justificar ( antes mesmo do tempo hábil, ditado por ela mesma), logo, acredito sinceramente que ela vá SIM, anular no mìnimo 5 questões, isso é o que acreditoe espero, pq ao divulgar “justificativas” é o mesmo que dizer “não tenho certeza”, foi um tiro no pé.

        • Fernanda disse

          Muito Bem observado. Concordo plenamente.

          • Alan disse

            Foi um tiro no pé! A questão 11 DEVE SER anulada!!! Leiam a resposta dada como certa e a justificativa da mesma!!! Não conferem! O Secretário Geral não é ELEITO pelo Conselho de segurança! Não existe resposta para essa questão! Mesmo que você não tenha errado esta questão, RECORRA! Vamos esfregar na cara deles os erros que ELES MESMOS COMETEM!!!

    • MELO disse

      NÃO VÃO ANULAR NADA, JÁ BLINDARAM A PROVA COM AS JUSTIFICATIVAS, VEJA NO SITE DA CESPE.

      • Vanessa disse

        Ridículo se não anularem nada. Existe latentes erros. INCLUSIVA NA QUESTÃO 100 que contém texto de lei revogado pela lei de 2009.

  56. Fatima disse

    Gostaria de comentar da minha indignação com a OAB e esse exame.
    Caros colegas ate quando vamos fechar os olhos e deixar cometerem essa injustiça conosco.
    Nos que pagamos 5 anos de faculdade, acredito que como eu muitos tiveram que trabalhar para pagar, quando achamos que estamos conseguindo vem a OAB com esse exame (concordo em partes), aplicar um exame no qual se a pessoa tiver a “sorte” de passar, otimo, vai para segunda fase no qual tambem precise de muita “sorte” se passar perfeito, caso contrário volta para a primeira na qual ele tinha sido aprovado e paga a pequena taxa de R$200,00, onde e que vamos chegar, nos que somos assalariados e ganhamos cerca de R$ 500,00(obs: tem inumeros escritórios que nem isso pagam), temos que dar a OAB esse valor retirando muitas vezes do nosso orçamento R$200,00, para fazer essa prova injusta!!!! Nos que sempre ouvimos que devemos lutar pela justiça, estamos sendo injustos e coniventes com essa robalheira, como se essa prova fosse garantia de emprego como nos outros concursos.
    “Vamos lutar nos unir estamos sendo feito de trouxa, vamos deixar que nos que somos “operadores do direito”, que vamos representar a justiça sejamos injustiçados”!!!!!

    • Ola colega estamos com vc, se precisar revolucionar um desafio á oab estaremos dispostos a fazer, pensamos como vc, sou estagiaria e pago para não fazer nada apenas como vc mesmo disse “operadora do direito” É UMA INJUSTIÇA POIS BATALHAMOS PARA CHEGAR ATÉ AQUI E SOMOS BARRADOS POR ESTE MALDITO EXAME DE ORDEM,SOMOS EM SETE NUM ESCRITÓRIO E MAIS ALGUNS COM A MESMA REVOLTA,VAMOS NOS UNIR PARA QUE PAREM COM ESTA POUCA VERGONHA DE ARRECADAR DOS TROUXAS UM RIO DE DINHEIRO QUE NÃO SABEMOS NEM PARA QUE SERVE,”FAZ DE CONTA”OK?
      ENVIE PARA MAIS GENTE QUE NÓS AQUI FAREMOS O MESMO, SE NUNCA NINGUEM TIVER CORAGEM PARA TANTO VAMOS CONTINUAR A SER PALHAÇO DESTES POVOS E NÃO É JUSTO.

  57. Samará disse

    VOTEM SÃO 100.000 VOTOS, TEMOS 47.566 ATÉ HOJE, VOTEM!!!!

    (FONTE: http://www.mnbd-brasil.com.br/?pg=descricao-noticia&id=189)

    ENQUETE NO SITE DO SENADO FEDERAL!! VOTE!! OAB DESESPERADA!!!!

    Curiosamente o site do Senado, retirou do ar por algumas horas a enquete que esta sendo veiculada, perguntando se a população é a favor ou contra o projeto que propõe a extinção do exame de ordem da OAB.

    No mesmo instante em que constatamos a articulação da OAB, o Presidente do Movimento Nacional dos Bacharéis em Direito – MNBD – Emerson Rodrigues pressionou a chefia do Senado Federal, com o auxilio do Senador Gilvam Borges para que a mesma voltasse ao ar e com a votação já computada sem alteração, poucas horas mais tarde a enquete estava no ar novamente.

    Para evitar artimanhas no resultado, o MNBD juntamente com o Senador Gilvam Borges assinaram e protocolaram pedido de extrato da enquete ao final da pesquisa. Com isso saberemos o percentual por estado.

    O MNBD parabeniza o presidente Emerson Rodrigues pelo brilhante trabalho que vem desempenhando junto ao Senado e STF em prol dos bacharéis do Brasil.

    Lembramos que estamos mais atentos que “eles” imaginam, salvamos o resultado da enquete a cada 30 minutos, o MNBD está com uma equipe de colegas bacharéis acompanhando a votação.

    São poucos votos, precisamos chegar aos 100.000 votos, portanto colegas, peça para amigos, parentes, família e colegas votarem A FAVOR!! Temos que aumentar a diferença. Cuidem para não votar errado, pois estamos aumentando a votação mas a diferença esta caindo muito pouco, se levarmos em consideração o numero de votos já computados.

    Este é o linck para a votação

    http://www.senado.gov.br/agencia/default.aspx?mob=0

    Att:

    Itacir Flores

    Asessoria de imprensa do MNBD

  58. indignada disse

    Creio que uma manifestação dos alunos seria o ideal!

    • rosangela disse

      Ola td bem

      Concordo com sua afirmação, afinal como vamos defender os direitos alheios se não conseguimos defender nem os nossos??
      Tá passando da hora de caabar com essa palahçada, que é muito conviniente a um grupo restrito que não arrecadou pouco, não é afinal foram 96 mil inscritos no brasil todo..
      Então cade todo esse dinheiro????

      Abraços

    • DJxx disse

      Devemos nos unir e fazer a Lei PLS 186 ser aprovada de vez. Pois oq adianta estudar, quando se trata de provas da Cespe, onde se encontram várias questões erradas como respostas…

      A enquete se encontra ao lado direito da página, logo abaixo…
      http://www.senado.gov.br/noticias/opiniaopublica/enquetes.asp?ano=2010

    • DJxx disse

      Mandei email para o Senado tbm, eu enviei,

      • Clara disse

        eu idem. mandei vários emails, para senadores, deputados federais, também para o fantastico, e cqc, e votei também..vamos pessoal se várias pessoas mandarem emails,, vamos conseguir alguma coisa sim.. porque juntos somos fortes..
        bjs

    • Vai VEr disse

      “Todas as mudanças se fazem com sangue”
      Claro que é uma metáfora mas enquando não se invadir o prédio do conselho federal,
      ocupar a presidencia e fazer notícia, não haverá mudança alguma.
      É comodo para a OAB nossa passividade, eles não tem medo e o medo é o instrumento político.

      É radical, eu sei mas não tem jeito.

      • MELO disse

        É simples a cada exame quem passa não se preoupa mais, e quem perdeu está abalado psicologicamente para se envolver em algum movimento, logo fica quase impossível haver mobilização contra a prova, pois quem está estudando também só começa a se preocupar quando se escreve, muitos nem sabem como é a estrutura da prova, logo a OAB e a CESPE continuarão estabelecendo as regras.

    • Hermes disse

      Divulguem, no senado existe a possibilidade de vc votar, se é contra ou a favor dessa prova. Mstre sua indignação

  59. Letícia disse

    Pessoal, boa noite… Envie meu protesto para o CQC tbm.. Não sei se vai adiantar alguma coisa, mas acho que vale tentar.
    É um absurdo esse tipo de exame que aplicaram.. Aff tem hora que não sei o motivo que decidi terminar o curso de Direito se desde o início percebi a patifaria de alguns “operadores do Direito”.

    • BINHA disse

      CREIO QUE O PROFISSÃO REPÓRTER SERIA MAIS ADEQUADO

    • rosangela disse

      Ola

      Quando fiquei sabendo da fraude na 2° fase do 2009.3,e tambem que corria um Recurso Extraòrdinario em Brasilia, em relação a Inconstitucionalidade do exame da OAB, encaminhei solicitação a rede Globo programa Fantastico, para que fizessem uma abordagem sobre o assunto de forma ampla, sobre tudo questionado a rigidez a qual somos submetidos… a única resposta que recebi muito tempo depois foi a de que havia ocorrido no período de minha solicitação falha no sistema… nenhum comentário mais..

      Então pergunto< pq o SILENCIO??????
      Parece que não há interesse na divulgação do tema…
      Aliás vc ja leu o artigo 84 do regimento da OAB???
      Le é bem interessante…

      Abraços

      • Hermes disse

        O RE 603583, o Min Celso de Melo, já deu parecer da sua inconstitucionalidade, no fim de maio foi encaminhado ao Ministério Público Federal.
        Além disso, no Senado, existe uma pesquisa que vc pode votar se concordaou não com esse absurdo de prova.

        • Raimunda da Silva disse

          Será que o o Exame da Ordem mede conhecimento?
          O curso de Direito é mais importante do que qualquer um outro curso?
          Todos os outros cursos saem profissionais e o Direito não?

          Se continuar assim, com essa barreira do exame de ordem, acredito que a procura pelo o curso de Direito poderá ser afetada.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.475 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: