Início » Internas » OAB/FGV 2010.2 – EXAME DE ORDEM – CADERNO DE PROVA

OAB/FGV 2010.2 – EXAME DE ORDEM – CADERNO DE PROVA

Sobre o Autor e o Blog

Em 2008, quando fiz o Exame de Ordem, me senti completamente perdido, sem ter a quem recorrer quando surgia uma dúvida. Por isso, após a aprovação, decidi criar um espaço onde fosse possível divulgar a minha experiência com a prova - foi quando nasceu este blog, que, até hoje, não tem título. De 20 acessos diários, passamos a mais de 10 mil, e, atualmente, o contador aponta mais de 5 milhões de visitantes (segundo o contador da WordPress, que não pode ser manipulado pelo mantenedor do blog). Apesar de diversos convites de cursinhos, nunca aceitei a ideia de transformar o site em um negócio (nem banners são admitidos). Não recebo e nem aceito qualquer recompensa pelo conteúdo - tudo é gratuito e de livre distribuição. E o que eu ganho com isso? A alegria de ajudar milhares de pessoas em busca de um sonho em comum: a aprovação no Exame de Ordem

Leonardo Castro é advogado da Defensoria Pública de Rondônia, atuante na área criminal (atualmente, no júri).

Digite o seu endereço de e-mail para receber as atualizações do blog.

Junte-se a 1.507 outros seguidores

Arquivos

Publicações

setembro 2010
D S T Q Q S S
« ago   out »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

O blog Prestando Prova disponibilizou o caderno de prova “escaneado”.

Clique aqui para acessar a página.

About these ads

854 Comentários

  1. DANILO SILVA disse:

    Em vez de ficar falando que o exame é inconstitucional, faça como eu, estude sem parar, faça exercícios das provas anteriores, resolva diversos tipos de questões e tente obter a aprovação no exame de ordem com dignidade. Ainda não terminei a faculdade, estou no 9º semestre do curso, e já estou na 2ª fase, acredito que a aprovação está ao alcance de todos, basta ter vontade de estudar. A ordem dos advogados do Brasil está correta, o exame não pode ser abolido de forma alguma, pois é a única maneira de se verificar se o candidato tem ou não condições para defender os interesses de terceiros. Fazendo exame já tem gente fazendo muita besteira, quem dirá sem ele! Vamos gente, vamos estudar de verdade porque é possível ser aprovado, os que reclamam do exame de ordem são aqueles que efetivamente não querem saber do compromisso de se preparar para a prova, eu a fiz, e pude ver que não é nenhum bicho de sete cabeças, ok? fica o conselho para todos os colegas Drs.

    Abraços
    DAnilo

    • Sonia Piovesan disse:

      ESTOU DE PLENO ACORDO COM O NOBRE COLEGA DANILO. SOU ADVOGADA E PASSEI NO EXAME DE ORDEM SEM ESTUDAR, SEM FAZER CURSINHO, PORÉM, NA FACULDADE EU ESTUDEI MUITO, NÃO SAÍA NAS BALADAS E FINAL DE SEMANA FICAVA EM CASA FAZENDO UMAS 6 PROVAS PRÁTICAS PARA OUTROS ALUNOS QUE ME PAGAVAM PRA ISSO, POIS PARA PASSAREM TERIAM QUE TIRAR NOTAS BOAS NESSA MATERIA QUE ERA OBRIGATÓRIA DO MEU CURSO. ENTÃO, É LOGICO QUE ESSES ALUNOS QUE ME PAGAVAM PARA FAZER AS PROVAS PRATICAS E OS TRABALHOS DA FACULDADE HOJE NÃO ESTÃO PREPARADOS E FICAM ARGUMENTANDO TOLICES PARA DISFARÇAREM A INCOMPETENCIA DELES E O TEMPO PERDIDO NA FACULDADE!

  2. MOACYR DE SOUSA disse:

    ENGANEI NA HORA DE ESCREVER,FOI NA PRIMEIRA FASE DO EXAME 2010.3

  3. APENAS NÃO CONCORDO DAS PESSOAS OBTER ACESSO AS LETRAS CERTAS POR PODER PAGAR E OUTROS NÃO, SE ISSO OCORREU EM TAUBATÉ DEVE TER OCORRIDO EM OUTROS LOCAIS.HOUVE A PRIMEIRA FASE DO EXAME SIM NO DIA 13/02/2011. NÃO SOU MENTIROSO E JAMAIS QUERO PREJUDICAR ALGUÉM NESSE MUNDO, APENAS ESTOU SENDO SINCERO E PODE CONSTATAR PERGUNTANDO PARA OUTROS EXAMINANDOS DE TAUBATÉ E NÃO VOU ESCREVER MAIS NADA SOBRE ISSO NO SITE E PEÇO DESCULPA PARA AS PESSOAS QUE NÃO ACREDITAM EM MIM. TENHO FÉ EM DEUS E NÃO SOU MENTIROSO NÃO.

  4. JAMAIS IRIA ZOAR COM AS PESSOAS QUE MAIS AMO NA VIDA.

  5. FOI REALIZADA DOMINGO DIA 13/02/2011. TINHA O GABARITO COM AS LETRAS CERTAS. É VERDADE SIM. PRIMEIRA FASE.

  6. MOACYR DE SOUSA disse:

    NÃO É MENTIRA E NEM MALDADE DA PESSOA QUE ESCREVEU, POIS TAMBÉM FIZ A PROVA EM TAUBATÉ E PODE PERGUNTAR PARA TODOS OS EXAMINANDOS QUE FIZERAM A PROVA LÁ, POIS HAVIA PESSOAS VENDENDO O GABARITO DA PROVA OBJETIVA 2011.1. DEUS SABE QUE É VERDADE E O RESTO NÃO IMPORTAR. HOUVE DESONESTIDADE NÃO POR PARTE DE QUEM FALOU A VERDADE, PODE CRITICAR E VOCÊS VÃO SABER A VERDADE LOGO.

    • Sandra Maria disse:

      Pegaram o pessoal de Taubaté para zoar.
      Não é possivel, vender e pior, comprar um gabarito de uma uma prova que nem se sabe quando será ralizada.
      O pessoal de Taubaté não merece passar por otários, por conta de brincadeiras irresponsáveis, parem com isso por favor.

    • Maritza disse:

      Só pode haver engano. isso aconteceu em portugal e não em taubatér.

  7. DEBORA.CTBA disse:

    GENTE!!!EU ESTAVA COM 48 QTOES..AGORA COM ESSA RETIFICAÇÃO DA FVG ESTOU COM 49…SERÁ QUE VAO ANULAR ALGUMA QUESTAO ..TENHO CHANCE??

    • Para Débora disse:

      Por onde voce andou desde o dia do exame de ordem?
      Com certeza não foi neste planeta.
      Melhor se informar dos ultimos acontecimentos.
      Tem mesmo certeza de que vc fez o exame? Que fez 49 pontos e agora foi favorecida com a retificação? Ouviu falar em questões de Direitos Humanos?

  8. ANTÔNIO CÂNDIDO disse:

    OAB 2011.1EM TAUBATÉ ALGUNS EXAMINANDOS POSSUÍAM O GABARITO DA PROVA DA OAB, ANTES DO EXAME,SÓ NÃO TIVE ACESSO PORQUE NÃO TINHA DINHEIRO NA HORA PARA PAGAR

    • 57 pontos disse:

      isso é grave

    • JOANA DA SILVA disse:

      FOI VENDIDO GABARITO MESMO.

      • Odarah disse:

        E ainda o do 2011-1???????????????????
        Francamente, como dizia meu pai: onde tem o mentiroso, tem sempre o confirmador.

    • Marcos disse:

      2011.1???
      Mas estamos ainda no 2010.3.

    • CARLOS ROBERTO disse:

      É tão grande a carencia de certas pessoas que postam qualquer informação desde as mais bizarras até as mais inusitadas.
      Vejam, estamos no meio de um furação que está sendo o exame 2010-3 e lançam inverdades, lorotas, brincadeiras sobre a venda de gabarito do 2011.1 que seguer começou.
      Tudo isso, creio que é para disvirtuar a atenção dos candidatos, da OAB e da FGV.
      Que maldade, que essas pessoas tenham na vida o que merecem – N A D A.

      • Marcos disse:

        Até porque, de que adiantaria ter o gabarito do 2011.1, para realizar a prova 2010.3???
        Se alguém pagou, coitado, é carente de inteligência e, como sabemos, e estelionatário ganha, principalmente, na ignorância das pessoas.
        Só rindo mesmo hahahahahah.

  9. EGITO X TIRANIA DA OAB
    —————–
    VASCO VASCONCELOS

    Ufa! A voz do povo é a voz de Deus nenhuma tirania é eterna. A do Hosni durou 30 anos até que o povo do Egito estomagado com tantos desregramentos e abusos, resolveu expurgar o tirano do poder. Que sirva de exemplo para OAB parar de usurpar atribuições do Estado (MEC), ao impor goela abaixo o seu pernicioso, abusivo, nefasto, cruel, caça-níqueis e inconstitucional Exame de Ordem. Uma afronta à CF art. 5º-XIII, 205 CF e art. 43 da LDB. Abocanha cerca de R$ 66 milhões tosquiando com altas taxas, milhares de Bacharéis em Direito, (Advogados) de acordo dicionário Aurélio, gerando fome desemprego e doenças psicossociais, sem prestar contas ao TCU. Os abusos que destroem as boas instituições, têm o privilégio fatal de fazer subsistir as más.” (Pierre-Édouard Lémontey. Que os Ministros do Egrégio STF mirem-se na celeridade, no exemplo humanitário e moralizador do Tribunal Constitucional de Portugal, que acaba de declarar inconstitucional o Exame de Ordem. O STF tem que dar um basta nesse leviatã, extirpando urgentemente esse câncer (Exame da OAB) do nosso ordenamento jurídico, em respeito à Constituição ao Estado de Direito e aos Direito Humanos.

    VASCO VASCONCELOS
    Analista e Escritor
    Brasília-DF
    ..

  10. Ch@ disse:

    Exame de ordem é a defesa do cidadão…??? Gostaria de saber qual é a instituição que protege o bacharel em Direito? SIm, pois após anos de faculdades, provas e investimentos temos que “pagar” novamente… com dinheiro, sacrifícios, testes… para podermos trabalhar dignamente. Quanto respeito tem por nós aqueles que deveríam proteger o Direito, porque não em vez de aplicação da prova da ordem essa mesma ordem não organiza as instituições (faculdades) Brasil a fora que ensina de péssima maneira seus estudantes, porque temos que pagar por essa falha! PAssamos no vestibular, frequentamos uma universidade para um fim, ou seja, obter um título, uma profissão e qual? Sou formanda em Direito, profissõa BACHAREL! o que é isso? Nem o título de assistente jurídica, ou mesmo advogada posso dizer que sou. Esse exame foi feito por aqueles que se formavam e logo eram inscritos como advogados, que tal fazerem uma reciclagem com esses mesmos ditadores que hj perturbam nossa vida e nos fazem um exame totalmente inconstitucional! POrque mesmo, se forem fazer um teste, que façam uma prova única, simples, tranquila, como a maioria dos concursos? eles deveriam se preocupar com a Midia que só dissemina que ADVOGADO é tudo sem vergonha, vcs vem televisãoS? Só s referem aos advogados como pessoas picaretas, verdadeiros ladrões e o que faz a OAB com a imagem que a Mídia faz dos advogados? NAda, receber a contribuição sem dar nada em troca é falcatrua. Será que a Midia tem razão?

  11. Adauto Amaral disse:

    Se o sujeito não consegue passar no Exame de Ordem, realmente não merece ser advogado. Fiz o Exame apenas uma vez, quase não estudei e passei, e não sou nenhum gênio, apenas uma pessoa normal. Então, se você não consegue ser aprovado no Exame é porque você está despreparado. Vá estudar!

    • joao disse:

      exame da ordem num prova nada… quem vai selecionar os bom advogaos dos despreparos é o mercado. Essa oab é só uma maquina capitalista. tá na kra que esse exame é inconstitucional só não ver que não quer. Para com esse falso moralismo de que bacharel não tá preparado, quem vai mostrar se vc tá apto é o mercado de trabalho… ou será que os doutos advogados que passaram na prova da oab estão com medo da concorrencia, afinal todos fizeram cindo anos de curso e é na carreira que vão provar seu valor e não em uma prova mediocre repleta de pegadinhas…

      • Leitor disse:

        Quem disse que é o mercado que irá selecionar os melhores???…Ser advogado hoje é ser lobista!

        É só entrar na maracuta!

        • Daiane disse:

          Fiz a faculdade com empenho e me dediquei ao longo do curso. É o terceiro exame que presto e nem por isso me julgo despreparada para advogar. De fato, exame da OAB nao prova que alguem é melhor/pior profissional. Não acho errado a aplicação da prova, mas acho sacanagem o que eles fizeram na 2ª fase do exame 2010.2 e também o valor absurdo da inscrição. Meio de vida

        • leda clari comazzetto, 59 anos, de experiencia na vida disse:

          CONCORDO PLENAMENTE COM VOCE AMIGO, E TENHO CERTEZA DO QUE VOU DIZER, SE TODOS OS QUE OCUPAM OS CARGOS DA OAB, SEJAM DE QUALQUER ALÇADA SE FIZEREM O EXAME DA ORDEM NAO VAI PASSAR HENHUM.
          AO INVES DE COMPLICAR A VIDA DOS COITADOS QUE COMO EU COMERAM O PAO QUE O DIABO AMASSOU PARA FAZER UM CURSO SUPERIOR E ESCOLHI O ERRADO AINDA POR CIMA, PORQUE É QUE NÃO ENCHERGAM QUE MUITO EMBORA NOSSOS SILOS ESTEJAM CHEIOS DE FEIJÃO, DEIXARAM O GOVERNO IMPORTAR FEIJÃO DA CHINA, DEIXANDO ASSIM QUE UM MONTAÕ DE AGRICULTORES DO BRASIL QUEBREM, MANDEM EMBORA SEUS EMPREGADOS, ALÉM DE DEIXAR ENTRAR UM FEIJÃO QUE NÃO SE SABE SE É TRANGENICO, HIBRIDO, OUSEI LÁ O QUE. ISTO É O RESULTADO DE UM GOVERNO CHEIO DE ADVOGADOS POLITIQUEIROS.

      • leda clari comazzetto, 59 anos, de experiencia na vida disse:

        é exatamente o mercado que aprova ou desaprova, infelizmente a classe dos bachareis é mais desunida possivel, pois tem profissional que além de lograr o cliente com falsas esperanças logra descaradamente seu proprio colega, fazendo preços de banana para botar dinheiro para dentro do escritorio sem se importando com a quantidade de processos absurdos inchando e retaradando o nosso judiciário com ações bestinhas, descabidas e mentirosas, pois descobri que ganha a causa quem mentir melhor.

    • leda clari comazzetto, 59 anos, de experiencia na vida disse:

      lamento muito o que voce acabou de dizer, entretanto gostaria de saber se voce tivesse que trabalhar o dia inteiro, cuidar de uma mãe doente e ainda se sustentar se voce teria cabeça para passar numa unica vez, acredito sinceramente que voce não sabe quanto custa um litro de gasolina, tampouco quanto custa um kilo de arroz ou o preço de um diclofenaco sódico.
      lamentávelmente, passam na prova quem apenas decora o que os outros escerevem, entretanto, nem todo aluno nota dez é dez na vida, o que importa passar noexame de ordem na primeira vez se na vida é nota zero.
      muito mais importante do que passar na prova da ordem é ser 10 na vida, saber identificar os maria vai com as outras e os que não se vendem por preço nenhum e conduzem seu proprio trem.

      • Calvin disse:

        Leda,

        Parabéns pelo comentário, pois acredito, sinceramente, que a grande maioria dos bacharéis que estão reclamando não fazem mais nada da vida a não ser estudar. Gostaria de saber quantos por aqui trabalham de domingo até as 19:00hs, passam a semana (e finais tbm) correndo atrás de clientes para vender e pagar as contas. Vejo pessoas reclamando por não conseguirem “seguir com a vida” por conta deste exame. O engraçado é que quando conseguem acham difícil a inclusão no mercado de trabalho e baixos salários.

        Lembrem-se que o exame é somente uma fase da vida e, se não conseguirem, talvez mudar um pouco o foco e a direção seja um pouco mais produtivo e proporcione o grau de maturidade que falte a sua pessoa.

        Sou inscrito na OAB e não trabalho na área porque os próprios profissionais a prostituiram e porque, como vendedor, ganho muito mais do que se como advogado. Pessoas que não possuem papai ou mamãe “bancando” suas vidas precisam se virar.

        Boa sorte a todos que passaram para a segunda e aos que não passaram por favor não lamentem! A vida tem muito mais oportunidades que isto…

    • Antonio disse:

      Meu de boa, cuida da sua vida!

    • Izi disse:

      Adauto amaral,
      Você ter passado na primeira vez no exame de Ordem não significa dizer que vc é melhor ou pior que os demais….Apenas é um cara de sorte. PAcho que deve ser um pouco mais humilde, não ficar mandando ninguém estudar, pois vc mesmo não estudou.

  12. ANDREIA disse:

    PESSOAL.
    GOSTARIA DE SABER SE POR ACASO FOR DECLARADO A INCONSTITUCIONALIDADE DO EXAME DE ORDEM, AQUELES QUE DEFENDEM O EXAME, ACASO NÃO VÃO TIRAR SUAS CARTEIRAS POR QUE NÃO QUEREM ENTRAR PELA PORTA DOS FUNDOS “”OU VÃO ENTRAR ASSIM MESMO?”” PENSEM!!!! OU APOIEM

    • leda clari comazzetto, 59 anos, de experiencia na vida disse:

      não é uma prova extensiva, cansativa, decoreba que vai qualificar e dar ética a um profissional, a camara de deputados federais está cheia de advogados que se forem fazer o exame da ordem saem de lá com o rabinho no meio das pernas, mas são nota dez em falcatruas, desmandos, conchavos e dolares em cuecas, sem ética, politiqueiros e dizendo o que os outros devem fazer.
      SAer 10 na vida é construir seu patrimonio sem lograr ninguém, trabalhando 16 horas por dia para poder pagar sua faculdade, ter ética, não se vender por qualquer cobrança de chequinho sem fundo de 100,00, ou mentir desavergonhadamente dizendo ao seu cliente que vai vencer a causa quando, de cara é sabido que o coitado não tem chance alguma, ou então ser honesto e fazer com que duas pessoas que se odeiam e querem se separar, descobrirem que foram feitos um para o outro e não ganhar nada por isto, ao inves de intentar a ação de divorcio só para ganhar dinheiro.
      Infelizmente a categoria dos advogados está cheia deste tipo de profissional que para botar 100,00 para dentro de seu escritorio faz qualquer negócio, pensen nisso.
      o exame de ordem não te dá esta visão de mundo nem te qualifica para nada, APENAS RECEBE O QUE VOCE DECOROU A VIDA INTEIRA.

  13. PARECE BRINCADEIRA!!!!! disse:

    Pessoal!!!

    A vez é do exame 143 que será realizado na próxima semana, quem reprovou no exame anterior não adianta ficar chorando e agora querer ser um revolucionario. Cercar o STF so pode ser para rir rsrsrsrsrs.
    Pois com tanta corrupção em Brasilia porque não cercam o Senado e a Camara dos Deputados para exigir honestidade e que os projetos de reformas para este pais sejam votados?

    Voces revoltados com a CESP e agora com a FGV e OAB, devem se unir para estudarem se quiserem ser Advogado (a).

    ESTUDEM!!!!! ou estão querendo entrar pela porta dos fundos?

    • ANDREIA disse:

      COMPANHEIRA, NÃO EXISTE ESSA HISTÓRIA DE PORTAS DOS FUNDOS, O QUE ACONTECE É QUE ISSO É UM JARGÃO IMPOSTO PELA OAB PARA NOS FAZER ACREDITAR QUE ESTAMOS ERRADOS, A PROVA FOI INJUSTA, E MUITO INJUSTA, DEIXOU DE FORA PESSOAS CAPAZES, VAMOS ABRAÇAR O STF PORQUE O RECURSO QUE SERÁ JULGADO POR ELES VAI DECLARAR A CONSTIOTUCIONALIDADE OU INCONSTITUCIONALIDADE DO EXAME DE ORDEM, DEVEMOS SIM NOS UNIR NUM ATO DE REPUDIO, SEJA POR PROVA MELHOR OU PELO SEU FIM, E QUANTO A CAMARA DOS DEPUTADOS SE FOR DO INTERESSE DE TODOS PORQUE NÃO FAZER O MESMO, O QUE FALTA É UNIÃO, POIS SOMOS PREJUDICADOS E AINDA TEM GENTE DEFENDENDO ESSE EXAME IMORAL.

      • leda clari comazzetto, 59 anos, de experiencia na vida disse:

        amei tua colocação, quando a medicina pensou em fazer exame de ordemm de medicina, os residentes se uniram e voce ouvir falar mais alguma coisa sobre? deram um basta bem ligeirinho, fazem 2 anos de residencia para se qualificar, porque ao invez de aplicar uma prova besta, longa extenuante muito lucrativa para alguns, não impõem que se faça estágio de 2 anos fora da faculdade porque´lá também passa no estágio os bonitinhos da mamãe, estágio en escritorio de advogacia registrados na oab, com comprovante de um número mínimo de processos que voce tenha atuado como bacharel,aí sim eu passo a acreditar que voce sairá deste escritorio sendo um advogado de verdade e com experiência.

    • Alana disse:

      Nossa que xato que o blog vai sair do ar, por que será ein?
      Vai ver que é por causa de certas pessoas que só queriam corrigir os outros….
      Quero ver como que vai ficar agora a situação dos bacharél.

    • De 1827 até 1994 os bacharéis em direito entraram pela porta da frente sem fazer o tal exame fraudulento, covarde e inconstitucional. O que os dirigentes defendem é a arrecadação milionária que não tem nenhuma fiscalização. As anuidades podem ser fiscalizadas pelos associados a taxa do exame não. Os dirigentes da CFOAB mantém ainda o regime autoritário que adquiriu em 1964 quando os dirigentes do CFOAB na época se aliaram a ditadura. No regime militar(ditadura) o presidente era escolhido por um colegiado de generáis da mesma forma que é escolhido agora o presidente da OAB. DIRETAS JÀ PARA PRESIDENTE DA OAB.

  14. ANDREIA disse:

    PESSOAL NÓS SOMOS OS UNICOS QUE PODEMOS MUDAR NOSSA SITUAÇÃO, SOMENTE NÓS BACHARÉIS EM DIREITO TEMOSA FORÇA SE ESTIVERMOS UNIDOS, NÃO VAMOS NOS ENGANAR QUE AS COISAS VÃO MELHORAR, A OAB NÃO NOS RESPEITA E AINDA TEM A CAPACIDADE DE DIZER QUE AGE EM DEFESA DA SOCIEDADE,NÃO VAMOS MAIS DAR DINHEIRO A QUEM NOS CHAMA DE DESCARTEIRADOS, POR FAVOR VAMOS NOS UNIR EM TORNO DO PROTESTO EM BRASÍLIA, DIA 10 DE FEVEREIRO AS 14:30 NA PRAÇA PORTUGAL, VAMOS MANIFESTAR, DEPENDE SOMENTE DE NOSSA UNIÃO A MUDANÇA DAS COISAS!!!!!!!!!!JUNTOS!!!!!!!!!!

    • SARDINHA disse:

      Tudo isso não levará a nada.

      Pois já foi reconhecida a constitucionalidade do Exame, o que voces deveriam fazer é lutar para que todas as profissões passem por provas similar a da OAB, principalmente a da area da SAÚDE.
      Quanto ao exame da OAB, basta estudarem tanto para a primeira fase quanto para a 2ª fase.
      Ficar arrumaundo desculpas e procurando culpados porque foi reprovado no exame, veja que a culpa é de cada um que nãosde dedicou o suficiente.
      Vejam que a prova da 1ª fase tem 100 questões e voce deve acertar 50% até mais facil do que a faculdade exige, já que em algumas a média chega a ser de 70% ou seja a prova vale 10 e sua média deve ser 7.
      Estudem que irão conseguir ser um ADVOGADO.

  15. ANDREIA disse:

    BOM DIA PESSOAL.
    VAMOS ABRAÇAR O STF COMO FORMA SIMBÓLICA DE PROTESTO CONTRA O EXAME DE ORDEM SERÁ UMA PASSEATA SEM VIOLÊNCIA, UM PROTESTO CONTRA O ATUAL EXAME DE ORDEM, FAÇAMOS COMO OS ESTUDANTES DO EGITO QUE ATRAVÉS DO FACEBOOK COMECARAM SUA REVOLUÇÃO, NÃO VAMOS NOS CALAR PARA ESSES ABSURDOS IMPOSTOS PELA ORDEM A NÓS ESTUDANTES, FOMOS PREJUDICADOS NÃO PODEMOS NOS CALAR, AJUDEM NESSA LUTA CONTRA O EXAME DE ORDEM, SABEMOS OS DESMANDOS QUE A ORDEM TEM FEITO COM OS ESTUDANTES.
    NÃO SE CALEM!!!!!!AJUDEM!!!!!

  16. VIVIANE disse:

    SOMOS MUITOS.
    VAMOS ABRAÇAR O STF DIA 10 DE FEVEREIRO DE 2011 AS 14:30 NA PRAÇA PORTUGAL.VAMOS FAZER COMO NO EGITO. N~]AO VAMOS NOS CALAR PRA ESSE ABSURDO COMETIDO PELA OAB.VAMOS A LUTA BACHARÉIS SOMOS MUITOS

  17. ANDREIA disse:

    PESSOAL FAÇAMOS COMO NO EGITO, VAMOS AAS RUAS NÃO PODEMOS MAIS NOS CALAR PARA ESSA INUUSTIÇA COMETIDA PELA OAB COM OS BACHARÉIS, DEIXEM PRA LÁ OS COVARDES QUE TEMEM A OAB, VAMOS MUDAR AS COISAS.
    MIREM-SE NO EXEMPLO DO POVO EGIPCIO QUE CANSADO DE SOFRER INJUSTIÇAS FORAM AS RUAS.PODE TER CERTEZA QUE AS COISAS MUDAM

  18. ANA CLÁUDIA disse:

    VEJAM NO EGITO REUNIRAM-SE PACIFICAMENTE EM TORNO DE UMA CAUSA, TAMBÉM LÁ FORAM INJUSTIÇADOS, MAS NÃO SE CALARAM, BACHARÉIS SOMOS MUITOS CONCLAMO A TODOS A ABRAÇAREM O STF DIA 10 DE FEVEREIRTO DE 2011 AS 14:30 CONCENTRAÇÃO NA PRAÇA PORTUGAL.COMPAREÇAM AJUDEM-NOS A EXPRESSAR NOSSA INDIGNAÇÃO. NÃO SE CALEM.PODEMOS JUNTOS MUDAR AS COISAS. COORDENAÇÃO DR HIGINO PRESIDENTE MNDB BRASÍLIA. FONE (61)9607-5765 E 8641-4180 E DR. CINTIA (61) 9966-8016.
    NÃO SE CALEM!!!!!!!!!!!!!!AJUDEM!!!!!!!!!!!!!!!!

  19. Será?? disse:

    Gente, estou com uma dúvida, se alguém souber do assunto com propriedade, favor informar.

    Li essa notícia no orkut:

    “2009.2 Prova Penal Item 2.2 NULO!
    Bem gente, quem tiver precisando de ate 0,4(quadros decimos) pode começar a comemorar!
    Vejam a sentença referente ao item 2.2

    Quanto ao item 2.2, alega a autora que o padrão resposta (base para os recursos), não teria contemplado o item 2.2, mas estaria presente no espelho gabarito final.
    Embora a autora tenha deixado de juntar o padrão de respostas (base para os recursos) para verificação por este juízo acerca da alegação de que, de fato, não teria contemplado o item 2.2, anexou aos autos (anexo DEC5 do evento 21) resposta ao pedido de reconsideração interposto pelo candidato Fellipe Gustavo Cabral Kümmel perante a Ordem dos Advogados do Brasil do Distrito Federal, em que a OAB reconhece a nulidade do item 2.2 por não ter constado no padrão de respostas a necessidade de que o candidato suscitasse a preliminar de nulidade por não ter o Ministério Público proposto a suspensão do processo, atribuindo ao candidato a pontuação relativa ao item (0,4).
    Nesse caso restou demonstrada a ofensa à isonomia. A partir do momento em que a OAB anula o item 2.2 por questão formal, para um candidato, sob o fundamento de que o item 2.2 não teria constado no padrão de respostas, tal reconhecimento deve beneficiar TODOS OS CANDIDATOS, caso contrário não se estará dando tratamento isonômico a todos os examinandos que realizaram aquela prova.
    Foi o que ocorreu no caso em comento, devendo portanto, pela aplicação do princípio da isonomia, atribuir à autora a nota correspondente ao referido item (0,4), posto que é nulo, eis que reconhecida sua nulidade formal pela própria OAB no julgamento do recurso do candidato paradigma Fellipe Gustavo Cabral Kümmel (anexo DEC5 do evento 21).
    Ante o exposto, revogo a tutela antecipada concedida e julgo parcialmente procedente o pedido da autora para determinar a anulação do quesito 2.2 da prova prático profissional de Direito Penal da autora, do Exame de Ordem da OAB/PR – 2009/2, com a conseqüente atribuição da pontuação respectiva (0,4).

    lisandroarnauD@gmail.com
    abs”

    Gostaria de saber se é procedente ou não?

    Fiquei nesse exame por 0,10 e acabei não conseguindo anulação, porém já passei em outro exame de ordem e estou livre desse tormento. Ocorre que tenho amigos que ainda estão fazendo a prova e com esses 0,40 estariam dentro.

    Agradeço.

    • Para SERÁ disse:

      Não acredito em nenhuma palavra sobre isso.
      Na época foi cogitado de tudo, inclusive a anulação da questão 2.2 de Penal e, NADA ACONTECEU.
      Eu mesma reprovei, na época por 0,3 – foi muito amargo….
      Rosely Maria

    • Luciane-SP disse:

      Pura balela, coisa de gente que não tem o que fazer e fica tumultuando a vida dos que vão fazer o 2010-3. Pura maldade vir com boatos sobre assunto ultrapassado. Eu reprovei por 0,2 e ainda não consegui desencanar disso. Nos deixe em paz, por favor.

    • 2009-2? Ainda? disse:

      Sai encosto. Vade retrum Satanás. Para com esse assunto fora de hora, palhaço. Para de colocar esperanças onde não tem sentido ter. Isso é mentira. Jamais isso foi cogitado. Voces estão querendo enfraquecer os animos de quem reprovou por até 0,4 n0 2009-2 e agora vai prestar o 2010-3, Não caiaam nessa roubada candidatos, estudem, sejam aprovados, não dem ouvidos a mentiras descabidas.

      • 2009-2? Ainda? disse:

        EStudem, se inscrevam, continuem enchendo os bolsos da OAB kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

        É disso que o povo gosta….

    • Regina Helena disse:

      Mas que assunto fora de hora!
      Como pode se voltar assim, do nada para um assunto tão esquecido, aliás esse assunto já nasceu morto. Por que haveriam de ressucitá-lo agora?
      Coisa de quem nada tem a fazer.

    • aos reprovados disse:

      É VERDADE. EU CONHEÇO O LIZANDRO. JÁ TROQUEI INFORMAÇÕES COM ELE. PODE ACREDITAR.

  20. MACKNAMARA disse:

    CONTUDO, ACP MPFSP É UMA BOA!

    BOM SERIA MESMO:

    FORA ????? P CFOAB

  21. MACKNAMARA disse:

    CONTUDO, ACP MPFSP É UMA BOA!

    BOM SERIA MESMO:

    FORA OPHIR!!!

  22. CÍCERO disse:

    BOM DIA PESSOAL,

    EU ERA UM DOS QUE ADMIRAVA E AGRADECIA PELO TRABALHO PRESTADO PELO “BLOG EXAME DE ORDEM”.

    CONTUDO, JÁ PERCEBI QUE ELE PRECISA GARANTIR O FEIJÃO E ARROZ TAMBÉM.

    NO COMEÇO FEZ UM GRANDE BARULHO À CERCA DAS ACP´s, CONTUDO, PRECISAM VENDER OS CURSOS PARA A PRÓXIMA PROVA.

    SE FICASSEM DANDO ESPERANÇAS QUANTO A SUSPENSÃO DA PRÓXIMA PROVA, NINGUEM FARIA O CURSINHO. RESULTADO:

    QUASE NÃO FALOU MAIS NO ASSUNTO, TENTANDO DESACREDITAR TODO MUNDO.

    PRA MIM, JÁ ERA.

    • CÍCERO disse:

      E essa demora no julgamento dos pedidos de liminar também não está cheirando nada bem. Parece até que a Justiça Federal está discutindo, e todas os julgados serão no mesmo sentido. Não duvido nada. Não se assustem se sair tudo no mesmo dia e tudo no mesmo sentido.

    • FABIO disse:

      CONCORDO COM VC, INCLUSIVE NÃO TENHO MAIS OS COMENTÁRIOS PUBLICADOS LÁ, E ELE SER DIZ “DEMOCRATICO”

    • Fabiana disse:

      Somente vamos saber a quantidade de inscritos no exame 2010.3, em 13/02?

      Estou achando que haverá o recorde de não inscritos.

      • Para Fabiana disse:

        Como se calcula esse recorde, Fabiana?
        Francamente, parece que vc tem só cabeça para separar as orelhas.
        Quanta falta de inteligência.

        • Fabiana disse:

          Prezado (a), o cálculo é efetuado mediante estatística.

          Como vc faz para esconder as orelhas?

          Quanta falta de conhecimento.

          • Marcella disse:

            Não convenceu!
            Que desordem mental, tem essa garota – recorde de não inscritos??????????
            Incrivel o nível intelectual!
            Gostaria que esclarecesse melhor, pois ultimamente ando meio triste, por conta de luto em familia e, apreensiva por conta do exame de ordem e gostaria de me divertir um pouco.
            Obrigada, pois não tenho tempo de ir ao circo e falo com voce que dá no mesmo.

            • Marcella disse:

              Porque aqui em casa morreram 2 elefantes, 1 leão e 3 cachorros que faziam toda a graça no espetáculo do meu circo, e agora venho aqui no blog para rir do circo dos outros, porque estou azeda desde que eles se foram. Será que se eu chamar o Tiririca para ele se apresentar no meu circo ele vem?

  23. Julinho disse:

    minha solenidade foi hoje, eu ja estou com meu numero,tb estou com minha certidao . minha carteira definitiva fica pronta em 20 dias.mas enquanto ,sso ja posso advoigar com essa certidao- carteira provisoria.-

  24. Brasília, 26 de janeiro de 2011

    OAB X PAGAMENTO DE PENSÕES ESPECIAIS AOS ex- governadores

    ———————————–

    VASCO VASCONCELOS

    Está de parabéns a OAB em questionar junto ao STF, as polpudas pensões especiais que vem sendo pagas aos ex-governadores no país. Isso na realidade é um verdadeiro jogo de cena, ocupar todos os espaços da mídia e desviar atenção das dezenas de omissões, desregramentos, cerceamento de defesa, do último Exame a OAB 2010.2, tão graves ao ponto dos inertes MPF do DF, GO e SC, acordarem e ajuizarem Ação Civil Pública com o fito de obrigar OAB/FGV, a corrigir dignamente em todos os estados e no DF, todas as provas do Exame de Ordem 2010.2. É um abuso e uma extorsão, OAB usurpar atribuições do MEC, tosquiando com altas taxas milhares de Bel. em Direito, aptos para o exercício da advocacia, afrontando vergonhosamente a CF e o Estado de Direito e os Direitos Humanos, (art. 5º-XIII, art. 205 CF art. 43-II da LDB), para impor goela abaixo o caça-níqueis inconstitucional famigerado Exame da OAB., verdadeiro mecanismo de exclusão social. Que os Ministros do Egrégio STF mirem-se no exemplo humanitário e moralizador do Tribunal Constitucional de Portugal, que acaba de declarar inconstitucional o Exame de Ordem de Portugal. O Egrégio STF órgão guardião da CF, tem que dar um basta nesse leviatã, extirpando urgentemente esse câncer (Exame da OAB), do nosso ordenamento jurídico. Caso contrário entregue as chaves do STF à OAB.

    VASCO VASCONCELOS

    Analista e Escritor

    BRASÍLIA-DF.
    E-mail:vasco.vasconcelos@brturbo.com.br

    • SARDINHA disse:

      Em partes o senhor pode até ter razão, portanto vale lembrar que estamos no Brasil e não em Portugal.
      Vale ainda dizer que foi declarado a inconstitucionalidade naquele país porque não havia lei que a regulasse.
      Acho que o STF deveria definir de quem é a autonomia para realização desta prova, onde com certeza se o fizer irá dizer que é de cada entidade ou órgão a que pertence a profissão, pois não seria coerente o CREA realizar um exame para médicos bem como o CRM ao CREA.
      Defendo a permanencia dos Exames portanto que seja realizado para todas as profissões principalmente para a area da saúde e educação.
      Existem mais de 1 milhão de Bachareis em Direito formados que sem qualquer capacidade por ter cursado uma faculdade sem qualquer estrutura ou até mesmo que durante os 5 anos não estudou realizando as provas colando ou com ajuda de colegas e não conseguem serem aprovados nos exames da OAB.

      Porque não se questiona a não realização de exames para outras profissões?

  25. Advogado disse:

    [ USUÁRIO EXPULSO ]

  26. Carlos Eduardo disse:

    Pessoal, estava refletindo aqui sobre as consequências da Declaração de Inconstitucionalidade do Exame de Ordem. Primeiro, quero analisar o seguinte.

    De acordo com a CF, é livre o exercício de qualquer profissão, atendidos os requisitos ou exigências legais, quando existirem.

    Pois bem. Em Portugal, fora declarado inconstitucional o exame que condicionava bacharéis em direito à sua aprovação para poderem estagiar. Lá, tal como aqui, o exame de ordem está condicionado à existência de uma lei. É o princípio da reserva legal.

    Em Portugal, pela falta da lei, a declaração de inconstitucionalidade do referido exame fora algo deveras fácil de se alcançar, contudo, no Brasil, há lei dispondo que, para se inscrever nos quadros da OAB, é necessária prévia aprovação em exame de ordem. Trata-se do Estatudo da OAB.

    Assim, a previsão constitucional que exige preenchimento de certos requisitos legais para o exercício de ofício ou profissão encontra abrigo no Estatuto, mas há aqui uma lacuna. Não fora definido QUEM ou QUAL é o órgão competente à realização do exame.

    Bem, a OAB, por seu turno, a partir da publicação e vigor do EOAB iniciou os exames bem como a exigência de sua aprovação para inserção nos quadros da OAB, MAS, creio estar o exame sendo realizado, desde o princípio, de forma ilegal, pois a lei não define, não concede à OAB o poder de realizar o exame. Assim, se é um ato ilegal, o mesmo deve ser considerado ilícito.

    Vou mais longe. Se a CF em comunhão com o EOAB ordena que, para inscrição nos quadros da OAB, é necessário aprovação em exame de ordem, e, se o exame de ordem é de fato ilegal, inconstitucional, logo, o exame não é válido, e assim, consequentemente, TODOS os bacharéis em direito que se inscreveram nos quadros da OAB tendo como documento a aprovação em tal exame que tem caráter ilegal, foram inscritos de forma ilegal, ilícita, e de forma contrária aos dispositivos legais, visto que, reitero, somente podem se inscrever nos quadros da OAB aquele aprovado em exame de oab, e este, não fora disciplinado legalmente, mas tão somente por um provimento infralegal, um ato administrativo sem força legal.

    Bom, nesta esteira, os INSCRITOS A PARTIR DE 1994 que se utilizaram da aprovação no exame ilegal, ilícito, devem ter suas inscrições canceladas, visto que as mesmas foram feitas ao arrepio da lei, e não preencheram os requisitos constitucionais bem como do EOAB, pois os mesmos, coadunados, EXIGEM aprovação em exame de ordem, e este, não é o realizado pela OAB, mas sim o que deve ser descrito e definido por lei, e não por ato administrativo.

    Vou mais além.

    Bem, se os inscritos a partir de 1994 o foram de forma irregular, logo, não têm legitimidade para ser mandatários, e assim, haverá um incontável número de processos já findos bem como em andamentos subscritos por pessoa desprovida de capacidade postulatória.

    E então, quais serão as consequências da declaração de inconstitucionalidade do exame de ordem.

    Ainda: Se o exame fora feito de forma ilegal, logo, todos os valores despendidos na realização do exame devem ser devolvidos, visto que os candidatos dispuseram de valor pecuniário a um exame sem que o mesmo tivesse sido feito da forma abraçada pelo ordenamento jurídico.

    Já pensou na instabilidade jurídica que vai criar a declaração de inconstitucionalidade do exame de ordem.

    Até breve.

    • Fabiana p/ Carlos Eduardo disse:

      Carlos Eduardo, vc que entende muito sobre instabilidade jurídica, por gentileza, me tire três dúvidas.

      Em portugal, o exame de ordem foi declarado inconstitucional. Isto quer dizer que os portugueses apenas fazem o curso de Direito e após diplomados poderão dar entrada na Ordem dos Advogados de Portugal e com a certidão da respectiva ordem dar entrada na Ordem dos Advogados do Brasil, sem efetuar exame de suficiência e atuar na advocacia sem demonstrar conhecimento jurídico no nosso território?

      O bacharel em direito português tem mais competência, suficiência e conhecimento jurídico da legislação brasileira que o bacharel em direito brasileiro para atuar na advocacia, no Brasil?

      Existe contradição ou discriminação no discurso de quem afirma que o bacharel em Direito no Brasil não está apto em exercer a advocacia, porquanto deve se submeter ao exame de ordem porque a universidade não ensina o suficiente?

      Aguardo o retorno.

  27. Frederico disse:

    vcs viram o blogueiro que causou toda essa baderna….srs.r.s. ja colocou o curso uti 2010.3
    srsrsrs
    que resenha ..
    nao sei como essa galera idolatra ele..
    por que ele nao coloca o dele na reta e entra com uma acao coletiva, que seria o mais correto em termos eticos e juridicos, pois examinados do exame de ordem nao sao hipossuficientes pra que o mpf tenha que intervir…srsrsrsr
    fala serio..s
    rsr
    sr

    srsrsrsrsrs 12:10 (7 horas atrás) excluir ….
    completamente hipocrita e tem gente que nao enxerga isso..
    depois ficam reclamando que querem mudar o mundo, mas como se eles nao enxergam isso neh..
    fala serio
    srrsrrkkk
    eles sao ridiculos
    srsr
    s

    Responder
    mas o mais ridiculo foi que alguns malucos se inscreveram na oab sem passar no exame com BASE NUMA DECISAO LIMINAR INTER PARTES…………….
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK[K[KKKKKKKKKKKKK[K
    K
    KKKKKKKKKKKK
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK DEPOIS EU QUE SOU O IDIOTA…
    ESSA GALERA QUER PASSAR MESMO PELA PORTA DOS FUNDOS,
    E ENTAO OQ VCS ME DIZEM DISSO, SRRSRSRSRS REPROVADOS COM “FIBRA MORAL”…..
    RSRS….SRSRS
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK… ESSA FOI BOA ALEM DE BESTAS, PERDERAM DINHEIRO PRA OAB…SRSRSRSR

    • Ditador disse:

      Só uma coisa a dizer Sr. Frederico. O Sr. acha bonito que o exame ilegal, imoral e incostitucional está dentro da normalidade. Isso sim é um ótimo “Adevogado” que nem coragem tem de lutar contra essa arbitrariedade. Vamos deixar o mercado de trabalho selecioná-lo.

      Abraços

      • Ruth disse:

        Pena que ele vai ler e mais uma vez não vai entender nada. A inteligência dele não vai alcançar o recado dado. E vai continuar a fazer piadinhas, falando impropérios como só o bobo da corte se presta a fazer, como se isso estivesse ajudando alguem a manter a esperança de alguma melhora na situação caótica que se transformou esse concurso.

        • Frederico Lobato disse:

          será que sou que não entendo nada.
          Acho que não está mais fácil ser você que não aceita as verdades que falo, e fica querendo se iludir, dizendo impauperios a todo mundo.
          Xau.

          • LUCIENE disse:

            ALGUMA NOTÍCIA BOA?

            • Mirtes disse:

              Não, não, nenhuma, só temos esperança de que voce se afaste definitivamente, pois suas bobagens e sandices já nos cansaram.

              • Mirtes disse:

                Eu mesma fiquei uns meses sem frequentar o blog porque estava insana, mas agora voltei. Quer o endereço para se internar? Lá é ótimo.

                Não precisa se afastar, é que depois de voltar do manicômio fiquei com transtorno Bipolar e tem horas que pareço boazinha e tem horas que pareço uma louca

  28. Eduardo disse:

    1. COMENTARIOS
    O Art. 205. Da Constituição Federal, “A educação, direito de todos e dever do Estado e da família, será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho.”
    As qualificações profissionais foram disciplinadas pelo legislador infra-constitucional mediante a LDB, a conhecida Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, lei federal 9.394/96. Ficou estabelecido o seguinte:
    “Art. 2º. A educação, dever da família e do Estado, inspirada nos princípios de liberdade e nos ideais de solidariedade humana, tem por finalidade o pleno desenvolvimento do educando, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho.”
    “Art. 43. A educação superior tem por finalidade:
    I – estimular a criação cultural e o desenvolvimento do espírito científico e do pensamento reflexivo;
    II – formar diplomados nas diferentes áreas de conhecimento, aptos para a inserção em setores profissionais e para a participação no desenvolvimento da sociedade brasileira, e colaborar na sua formação contínua;
    “Art. 48. Os diplomas de cursos superiores reconhecidos, quando registrados, terão validade nacional como prova da formação recebida por seu titular.”
    O Legislador infra-constitucional disciplinou, dentro dos ideais da Constituição Federal, que os cursos superiores são responsáveis pela declaração da aptidão para inserção no mercado de trabalho. Sendo que os diplomas expedidos por tais cursos são prova da formação recebida pelo titular.
    Deve ser notado, ainda, que o Curso Superior tem por objetivo o estímulo ao pensamento reflexivo, a criação cultural e o espírito científico. Por isso, as instituições de ensino superior são “pluridisciplinares de formação dos quadros profissionais de nível superior, de pesquisa, de extensão e de domínio e cultivo do saber humano
    “(art. 52). Daí o motivo da autonomia universitária, que inclui a fixação dos “currículos dos seus cursos e programas, observadas as diretrizes gerais pertinentes;” bem como o estabelecimento de “planos, programas e projetos de pesquisa científica, produção artística e atividades de extensão
    “(art. 53). Tanto é assim, que a Constituição Federal estabelece que o Poder Público, no caso a União Federal, disciplinará a respeito do cumprimento das normas gerais de educação e autorizará e avaliará a qualidade do ensino:
    O exame de ordem não é qualificação profissional, e que as instituições de ensino, são aptas a declarar a aptidão para a inserção no mercado profissional. Cabe ao Poder Público, autorizar e avaliar o ensino. O Conselho cumpre fiscalizar o exercício profissional, e não a aptidão para tal exercício.
    O “exame de ordem” não pode ser confundido com a qualificação. Um exame visa apenas avaliar se a qualificação existe ou não. Ocorre que a Constituição, e a própria LDB, atribuíram a avaliação às próprias instituições de ensino, fiscalizadas e avaliadas pelo Poder Público, e não aos conselhos de exercício profissional.
    Sendo assim, se o exame de ordem não é qualificação profissional, e se também não é apto para declarar a existência ou não da qualificação profissional, conclui-se que é inconstitucional e idem a realização de suficiência destinada a restringir o exercício profissional.
    A Constituição Federal assegurou a liberdade restrita apenas à existência de qualificação, e não a outros requisitos.
    A qualificação profissional, segundo a Constituição Federal, decorre da educação e segundo a LDB, a avaliação da aptidão para a inserção no setor profissional será feita pelas instituições de ensino, e será provada mediante os diplomas por elas expedidos.
    O Poder Público quem autorizará a instituição de ensino e avaliará sua qualidade e não cabe ao conselho, avaliar a aptidão para a inserção no setor profissional. Logo, o exame de ordem ou suficiência não se presta a tal finalidade.
    Não se prestando o exame de ordem ou suficiência a avaliar a qualificação profissional, ele também não pode restringir o exercício da profissão, já que a Constituição Federal diz que a única restrição possível diz respeito à qualificação profissional.
    Daí se verifica que ou o exame de ordem suficiência foi abolido pela LDB, ou então ele não se presta a impedir nenhum cidadão do exercício profissional.
    Desde que, como é óbvio, o cidadão demonstre que está apto para inserção no setor, o que o fará mediante a exibição do diploma, que deverá ter sido expedido por instituição de ensino reconhecida e fiscalizada pelo Poder Público.
    Deste modo, é inconstitucional o disposto no § 1º do art. 8º da Lei 8.906/94, mediante o qual o legislador, após ter declarado que “exame de ordem” é pré-requisito para inscrição na OAB, declarou que ele será regulamentado pelo Conselho Federal de tal entidade.
    Se somente a lei, em sentido estrito, pode restringir o exercício profissional e apenas por motivos de qualificação, também somente a lei, em sentido estrito, pode definir e regulamentar as condições para o exercício profissional.
    Donde se percebe que a lei 8.906/94 delegou ao Conselho Federal algo que é privativo do legislador federal e indelegável. Impossível que o Congresso Nacional e o Presidente da República transfiram suas prerrogativas constitucionais.
    Ressalte-se que a lei 8.906/94, como já dito, não se deu ao trabalho de dizer o que é o “Exame de Ordem”. Deveria tê-lo feito, sob pena de ser descabido qualquer obstáculo àquele que pretende exercer a profissão.
    Basta apenas parar e refeltir.

    • LUCIENE disse:

      PROF LEONARDO:

      O SENHOR SABE EM QUANTO TEMPO ESSA LIMINAR SERÁ DEFERIDA? 1,2,3… DIAS?

      E SE FOR DEFERIDA, SABE SE O JUIZ QUEM DARÁ UM PRAZO PARA A RECORREÇÃO E DIVULGAÇÃO?

      E O DIA 14/01, VAI FICAR ANULADO?

      POR FAVOR RESPONDA!!!!

  29. Ewerton disse:

    Este é o momento em que veremos se o nosso Excelso Supremo é o verdadeiro guardião da Constituição Federal e se realmente se sensibilizará com as agruras de milhares de famílias que pagam caro, muito caro, para formar bacharéis em direito que, com a famigerada prova da OAB, não são nada: nem estudantes, nem advogados, nem bacharéis, ou seja, não têm profissão. Esta prova alija centenas de milhares de trabalhadores do mercado de trabalho. Se a OAB se estriba na baixa qualidade dos cursos de direito para instituir a tal prova, porque não fiscaliza tais cursos? E se tais cursos apresentam baixa qualificação a culpa é da própria OAB que permite que advogados sejam prefessores destes mesmos cursos, sem que antes sejam qualificados por ela mesma, através de exame específico. Por outro lado, se a prova da OAB selecionasse apenas os bacharéis realmente qualificados para a advocacia, os concursos para juízes e promotores deveriam ser revistos haja vistas que a grande maioria das sentenças “prolatadas” pelos primeiros são redigidas por bacharéis em direito que integram suas assessorias, e todos sabemos disso. Se a prova da OAB qualificasse realmente os bacharéis em direito para serem advogados, porque, então, temos tantos advogados suspensos, caçados, presos ou processados? E o que dizer dos promotores, juízes, desembargadores e ministros dos tribunais superiores que estão na mesma situação? Já está provado que a OAB faz reserva de mercado e tenta, a todo custo, estabelecer uma “casta” privilegiada e oligárquica. Isto sem falar nos advogados que são elevados à condição de desembargadores sem nenhum concurso!!! Sem nenhuma prova!!! Sem nenhuma avaliação, no mínimo, por um colegiado do TJ!!! Os que aí estão não permitem o acesso livre aos bacharéis, mas se promovem livremente a desembargadores sem nenhuma prova, nenhuma avaliação!!! É, no mínimo, anacrônico. Se a OAB é tão importante para os advogados, pergunta-se o seguinte: algum advogado, de qualquer parte deste país já recebeu qualquer ajuda dela quando passou por alguma dificuldade financeira? Ou quando necessitou montar um escritório?? Ou quando esteve doente?? Ou quando, no início da carreira, ganhou um computador (ainda que velho) para iniciar seus “munus”?? Algumas “peças” e argumentações de alguns advogados “qualificados” pela prova da OAB, deste estes alguns com muitos anos de profissão, são uma vergonha!!! Se esta preocupação com a qualidade de ensino da OAB é legítima, porque não submeter todos os a advogados “já qualificados” a uma avaliação, no mínimo quinquenal, para saber se ele continua se atualizando e apto à continuidade do exercício da profissão? A resposta é simples, mas surpreendente: nenhum passaria no exame. Se bacharéis recém saídos das faculdades têm grande dificuldade para serem aprovados, imaginem quem está há anos e anos sem estudar nada? Mas, o que se noticia é que a OAB faturou mais de R$ 66.000.000,00 (sessenta e seis milhões de reais) com os últimos exames. Onde será aplicado este dinheiro? Em benefício da “classe” é que não será, com certeza!! Mas é a “contribuição” dos bacharéis desqualificados pela prova para sustentar os oligarcas da advocacia. Uma lástima! Vamos aguardar o julgamento da Suprema Corte.

    • leda clari comazzetto, 59 anos, de experiencia na vida disse:

      o calculo que voce fez não está correto, falta incerir os 40.000 alunos que a faculdade lfg tem em aulas telepresenciais para o exame daordem em todo o brasil, vezes 200,00 da inscrição, some e pasmem, a OAB não precisa declarar IR, ou pagar qualquer outro tipo de imposto…. chupa essa manga…

  30. Wesley Barros Amin disse:

    Sou bacharelando e por um lado sou contra o exame da ordem, justamente por considerá-lo inconstitucional, porém, para quem quer exercer a advocacia acho o exame um mal necessário pois penera um pouco e evita um inchaço de profissionais. Em meu estado saem em média 450 bachareis por ano das faculdades, para um estado com pouco mais de 500 mil habitantes vai ter advogado cobrando panetone no natal para pegar uma causa. Sei que o mercado mostra quem é bom ou ruim mas até lá, e com a lentidão da justiça, bom ou ruim, já morremos de fome.

    • Para Wesley disse:

      Legal, Wesley … e quanto aos 450 bacharéis que saem por ano das faculdades? Fazem o que na sua cidade de 500 mil habitantes? Ao invés de cobrar eles roubam panetone?

    • Penélopiiii disse:

      O que precisava era uma exame que medisse a capacidade da consciência social, se isso acontacesse,
      o Wesley Barros não passaria.

      Cara, isso se chama reserva de mercado e é inconstitucional, por isso a celeuma pela prova.

      Acorda amigo, todos temos direito de trabalhar.

  31. Eloy disse:

    DE inicio, faço suas palavras as minha Caro Luis, pois esta, mas do que obvio, que a prova da oab tem por finalidade angariar dinheiro, pois fazendo uma simples multiplicação constata-se que sua finalidade não é selecionar os melhores bacharéis para exerce a profissão de advogado, e sim de arrecadar dinheiro para sustentar a luxuria e o mimos dos que estão na direção da instituição oab. ( 106,000 candidatos x R$ 200,00 reais = a incrível arrecadação de R$ 21,200,000 reais) .OBS:Sendo que é realizada 3 provas por ano.
    $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$. E depois que que nos pais se desenvolva KKKKKKKKKKKKKKKKK. Malditos aproveitadores…..

  32. Wilho disse:

    Já teve outras decisões

    Segundo o desembargador, o exame, na regulamentação dada pelo Conselho Federal da OAB, fere o inciso IV, do artigo 84, da Constituição, que reserva ao presidente da República a regulamentação da lei.
    Ele destacou que o diploma, por si só, emitidos por instituições universitárias de cursos reconhecidos, só necessitam do registro do Ministério da Educação para ter validade nacional como prova da formação do profissional. O desembargador citou também o artigo 44 do Estatuto da Advocacia (Lei 8.906/94) para afirmar que não está no escopo das funções da OAB exigir do bacharel de Direito a aprovação em seu exame para poder inscrevê-lo em seu quadro ou exercer a profissão de advogado.

    Cursinhos Para Carvalho, a proliferação de cursinhos preparatórios para o exame da OAB contribuiu para o insucesso do processo educacional. “O simples conhecimento de legislação exigido em provas mal elaboradas, privilegiando a capacidade de memorização de leis e de códigos, não autoriza a aferição do conhecimento.”

    Outras decisões Em fevereiro de 2009, a Justiça Federal do Rio de Janeiro permitiu que seis bacharéis em Direito atuassem como advogados mesmo sem aprovação no Exame de Ordem. A juíza Maria Amélia Almeida Senos de Carvalho, da 23ª Vara Federal, entendeu que exigir que o bacharel seja submetido ao exame para poder trabalhar é inconstitucional. No entanto, o presidente do Tribunal Federal da 2ª Região, desembargador Castro Aguiar, suspendeu, liminarmente, a decisão, a pedido da OAB-RJ.

  33. Luis disse:

    Venho mais uma vez nesse fórum no intuito de justificar alguns erros de ortografias, pois estou com sérios problemas no teclado com letras invertidas e com falhas , assim antes que outras pessoas e o caro e nobre Doutor diga:

    Viu, é por isso que a ordem deve fazer isso mesmo, porque olha a mensagem do caro colega com erros ortográficos, como pode ser um advogado?

    Assim, antecipadamente, peço respéitável desculpas a todos desse fórum pelos erros ortográficos .

  34. Luis disse:

    Caro e nobre Doutor que defende notávelmente o exame da OAB.

    O senhor caro e nobre Doutor parou para pensar que a OAB é uma máquina de fazer dinheiro, parou para pensar que só existe mercenário querendo levar a fatia do bolo, pois bem sou formado bacharel em direito a mais de 03 anos, com todas as minhas dificuldades tenho tentado ingressar na carreira, porém sou obstruido por essa falcatrua do exame , , primeiro não sou estúpido e muito menos ignorante, sempre fui aplicado na universidade e com mérito pois tinha um objetivo a seguir com uma idade de 31 anos quando começei a estudar , então estav ali não para brincadeira , mas sim porque cansei de ser carteiro e não poder dar aos meus filhos o que realmente merecem sempre me dediquei, inclusive para o exame da ordem mas mesmo assim contudo isso, já tomei paulada em 6 provas tudo na peça prático profissional , o meu entendimento não é o mesmo dos cartolas da OAB, assim eles acabam eliminando alguns que a epoca eram R$ 180,00 a cada prova, favorecem outros e assim vai, agora com o aumento para R$ 200, 00 para a prova , fica mais dificil, sendo assim a OAB, é uma instituição que capita dinheiro de pobre como eu , que ralou longos 05 anos, sofrendo pressão total em dias de prova e dificuldades em comprar um livro , mas, meu esforço se superou pois estudei conheço todos os procedimentos da profissão , mas não posso atuar por causa de pessoas insensatas como vossa senhoria caro Doutor.

    Ademais, é correto afirmar que o exame de ordem é inconstitucional sim segundo a CF em seu art. 5°, XIII ao final desse artigo quando o legislador diz ,”atendidas as qualifgicações profissionais em que a lei estabelecer” pare e analise ele se refere as lei de diretrizes do ensino de base, ou seja, apeanas o Ministério da Educação e cultura poderá avaliar cada instituição de ensino , sendo aprovado todos seu diplomas emitidos a cada estudante após término de curso são valido como habilitação para o trabalho de igaula forma , corroborando para o feito e pelo principio da isonomia, ganha força para dirimir e concordar com está linha de raciocínio deve prosperar , mas em minha santa ignorância, data vênia, permita eu elencar minha lógica, vejamos:

    Como que a OAB , caro e nobre Doutor pode avaliar em dois meses no máximo se um bacharel em direito poderá ser um excelente advogado apenas em dois meses se este demorou longos e arduos 05 anos para ser avaliado por uma Universidade, se puder responder agradeço.

    Contudo , não precisa ter medo dos bacharéis em direito se transformar em advogado, pois quem faz um advogado por excelência é apenas o prórpio mesmo, também não se preocupe se o bacharel quando se tornar advogado depois dessa maldita prova de ordem , não fazer seu serviço direito, pelo que sei a ordem deve fiscalizar e não avaliar eles não tem competência para tal e sim apenas cabe ao MEC, e se caso algum advogado recente acabar causando dano a alguém existe a justiça para repara-lo, é para isso que serve um Juiz de direito, para processar e julgar o feito.

    Sim ou não , caro e nobre Doutor?

    desde já desejo meus sinceros votos de apreço e estima

    • leda clari comazzetto, 59 anos, de experiencia na vida disse:

      meu caro amigo, te conforma, que nesta luta eu também estou, trabalhei até 18 horas por dia, cheguei a ter dois empregos, um, inclusive, dando aula dentro de alfabetização de adultos dentro de presidio estadual, que o lugar onde mais fui valorisada na vida, reconhecida de secretaria municipal de educação e elogiadissima pela susepe do Rio Grande do Sul, fiz um trabalho com os detentos durante 4 anos que sinto saudade, chegava em casa a 01,00 da manhã depois de fazer 98 km de onibus e sobrar no final do mes, do ordenado de profe, 180,00, ontem, depois de rodar 210 km para fazer a prova, tomei uma decisão, se não fiz 50 pts, vou mandar a merda o exame da ordem e vou voltar a dar aula dentro dos presidios e de graça, para ensinar a eles que mais ladrão do que os que estão na cadeia são os que nos roubam o sonho de um lugar ao sol, nos matando no cansaço, roubando constitucionalissimamente o nosso tão suado R$. mas DEUS é pai não é padrasto, os que implantaram o exame de aprovar quem não precisou passar fome para pagar faculdade, vaõ acertar as contas com São Pedro um dia, ou talvez aqui mesmo na terra.
      “Nenhum sucesso profissional substitui o fracasso no lar”
      continue lutando, busque algum advogado honesto e bondoso que te dê trabalho para voce ir adquirindo experiencia e não desista, não por voce, mas pelos teus filhos, eles se espelharão em voce para vencerem na vida.
      A diganidade, a luta, o trabalho e a ética não se compra com prova da ordem. abçsssss

  35. Fran: VAMOS FAZER PASSEATA GENTE! disse:

    Dia 23, quem tiver o fone da NARA PEDE PRA ELA ORGANIZAR, mas no meio do dia, até anoitecer!

    • É TÃO MAIS FÁCIL disse:

      Todavia, é inegável que a pessoa jurídica pode sofrer danos morais por lesões à sua honra objetiva, pois goza de uma reputação perante terceiros, e um ataque que venha macular ou denegrir seu bom nome no campo das relações sociais, pode acarretar danos de acentuada proporção em razão do conceito que exerce nessa sociedade.

      MELHOR, MAIS PRODUTIVO, EFICAZ
      É SÓ ESTUDAR QUE PASSA.

      SEM OFENSAS, SÓ EXPRESSANDO MINHA OPINIÃO

  36. Fran disse:

    Nossa, como tem gente aí preocupada com a vida alheia, digo com o sucesso alheio né! Tem a OAB pra fiscalizar o serviço de cada advogado, que aliás ela deveria fazer isto, e não ficar pensando que bacharel é máquina de caça níquel!

  37. advogados aguardando inscrição sem exame lotam o maracanã. disse:

  38. A Ordem não vai descansar enquanto não for reformada essa decisão. disse:

    http://www.correioweb.com.br/euestudante/noticias.php?id=16262

    “Trata-se de uma decisão que, efetivamente, não reflete a melhor interpretação da Constituição Federal. É uma decisão que tem uma visão restritiva a respeito do papel da Ordem dos Advogados do Brasil conferido por lei federal.

    • Fran disse:

      Sério o Ophir te contratou pra defender a OAB lá no STF? Parabéns! A OAB já declarou que não descansará nas profundezas do inferno para que o caixa 2, digo exame não acabe. Será que a OAB seria uma instituição falida sem o exame, quem duvida?

  39. Rodnei disse:

    Boa noite meu povo…….
    Acho que deveriam instaurar uma CPI da OAB para verificar se há de fato reserva de mercado pois isso é crime.. quantos pai de familia estão estudando para exercer sua profissão mas são barrados pelo Exame…
    SE a prova fosse justa ou seja se fosse uma prova que bacharel podesse fazer ai eu concordo mas do jeito que esta é estelionato art. 171 do CP pois arrecadam rios de dinheiro enquanto so trouxas ficam a mercê da mafia da OAB….

    • Fran disse:

      Eu acredito q a PF deveria sim averiguar se existe mesmo caixa 2 da OAB. Nossa acho q sairia tanta coisa da caixa de PANDORA!

  40. Wilho disse:

    Professores e estudantes criticam correção do Exame de Ordem 2010

    Professores de cursos preparatórios para o exame da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e estudantes criticaram a correção da prova prático-profissional que representa a segunda fase do Exame de Ordem 2010. A lista de aprovados foi divulgada nesta segunda-feira (6). Pela primeira vez, o exame foi aplicado e corrigido pela Fundação Getulio Vargas Projetos (FGV).
    saiba mais

    Araújo Junior disse ainda que a peça judicial que deveria valer cinco pontos, de acordo com o edital, valeu seis para quem optou por direito civil e quatro, para direito tributário.

    O professor Gleibe Pretti, do curso Marcato, afirmou que a prova foi boa, mas a forma de correção foi injusta. “Não foi apontado um teto máximo por item e o sistema de correção foi confuso. Esmiuçaram muitos os tópicos e avaliaram de forma subjetiva.” Para Pretti, o silogismo jurídico – capacidade de expressar começo, meio e fim de cada ponto – não foi respeitado.

    O estudante Gustavo Padilha Addor, de 23 anos, não foi aprovado no exame e disse que foi prejudicado pela correção. “O problema foi o critério. Muitas questões minham seguiam o raciocínio que estava no gabarito, mas eles não consideraram. Não sei o motivo de não ter passado. Achou que faltou transparência.”

  41. Wilho disse:

    Resumo da opera ainda sem final definitivo

    O desembargador federal Vladimir Souza Carvalho, do Tribunal Região Federal da 5ª Região, em Recife, concedeu liminar na terça-feira (13), em que considera inconstitucional o Exame de Ordem da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Segundo a decisão, o desembargador entende que a OAB não teria prerrogativa constitucional para conceder autorização profissional.
    saiba mais

    * Professores e estudantes criticam correção do Exame de Ordem 2010

    A OAB tem dez dias para se pronunciar sobre o assunto. Depois disso, segundo o TRF, o agravo será levado para discussão na 1ª Turma do Tribunal, que decidirá sobre o mérito da matéria. Após essa decisão, a OAB poderá entrar com recurso.

    A decisão afirma: “No enfrentamento da matéria, excluí-se o fato de ser a única profissão no país, em que o detentor do diploma de Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais, ou do Bacharel em Direito, para exercê-la, necessita se submeter a um exame, circunstância que, já de cara, bate no princípio da isonomia”.

    Outro trecho, que fala sobre as funções da OAB, diz: “Não está, portanto, entre as finalidades da agravada a de verificar se o bacharel em ciências jurídicas e sociais, que busca se inscrever em seus quadros, para poder exercer a profissão que o diploma superior lhe confere”.

    Segundo o desembargador, o diploma, por si só, desde que emitido por instituições universitárias, de cursos reconhecidos, só necessitam do registro no órgão oficial do Ministério da Educação, para ter validade nacional como prova da formação recebida por seu titular.

    Em nota divulgada nesta quinta-feira (16) no site da OAB, o presidente nacional da Ordem, Ophir Cavalcante, disse que a liminar “é uma decisão que está na contramão da história, na contramão da qualidade do ensino jurídico”.

    Segundo a nota, para Cavalcante, a decisão “é virar as costas para a realidade, é virar as costas para o mau ensino que se pratica no Brasil”.

    De acordo com a nota, a OAB “não vai descansar enquanto não for reformada essa decisão. Vamos usar de todos os recursos necessários para atacar essa liminar e tenho certeza que o Supremo Tribunal Federal vai julgar esse caso e colocar uma pá de cal definitiva nessa questão ainda no próximo ano”.

  42. Marcelo Bressa disse:

    Justiça considera exame da OAB inconstitucional

    Decisão de juiz federal do Ceará concede liminar para bacharéis em Direito advogarem sem a aprovação no exame da ordem

    http://ultimosegundo.ig.com.br/educacao/justica+considera+exame+da+oab+inconstitucional/n1237877941587.html

  43. SBT!!!!!!!!!! disse:

    LIGUEM A TV!!!!!!!!!
    VAI PASSAR O DESEMBARGADOR NO JORNAL.

    • PARA .QUEM QUISER LER disse:

      QUE BLZ HEIMMMMMMM SEREMOS 3 MILHÕES DE ADVOGADOS NO PAÍS, SÓ QUE EU ACHO QUE É MUITO CACIQUE PRA POUCO ÍNDIO.

      • Advogado disse:

        Parabéns aos que lutaram contra o exame, agora teremos um mercado abarrotado de todo o tipo de profissionais: péssimos, muito ruins, ruins, mais ou menos, bons etc.

        Ao invés de estudarem e conseguirem o gosto da aprovação e vitória, assim como eu e muitos colegas, vocês preferiram lutar contra a existência do exame.

        Como a maioria sabe, o exame é essencial e necessário para, ao menos, ter uma peneira em relação aos péssimos profissionais formados em direito.

        Vários amigos meus foram aprovados e reprovados no exame, mas os que não conseguiram, jamais desistiram de estudar, consequencia? foram aprovados com louvor!

        O que será agora sem qualquer controle para exercício da advocacia? Como um médico ruim que sutura seus pacientes, esquecendo-se da gaze dentro deles, teremos mais advogados que nem suturar seus clientes vão.

        • Fran disse:

          Valeu, sou a favor que os MÉDICOS façam exame, ou que todas as profissões o façam!

        • Adriana disse:

          Os médicos não saem por aí, querendo exame de suficiência para impedir que os colegas exerçam a profissão.

          Não podemos generalizar, existem médicos fabulosos pelo país. Nenhum obrigado a exame de suficiência. Ainda bem! Porque sabemos que exame de suficiência não mede a capacidade do profissional, e muitos que atuam com especialização poderiam estar sendo cerceados de trabalhar e a população dos excelentes serviços prestados.

          Quem é que te garante que não vai passar no exame de suficiência o médico ruim que sutura e esquece gaze dentro do paciente?

        • Adriana disse:

          Prefiro que os médicos efetuem reciclagem, assistam palestras, se especializem dentro do ramo e busquem a cura para nossas doenças.

          Cada um que escolha o médico que quer se consultar.

      • Adriana disse:

        Nem todos querem advogar. Muitos funcionários públicos querem apenas a certidão para quando se aposentarem talvez exercer a profissão.

        Os Tribunais já estão se preparando, digitalizando os processos, comprando edifícios, etc.

        Se tem o pólo ativo, haverá o passivo. Qual o problema? O advogado vive de conflito.

    • esperar pra ver o que acontece disse:

      algum parente desse desembargador não passou na prova…

      • Renato disse:

        Já era!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
        esta com medo da concorrência!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
        Doutor!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

        • esperar pra ver o que acontece disse:

          O único medo que eu tenho é de ler as petições de advogados que não sabem expressar o que querem. Se já é difícil entender hj com exame, imagine depois. Quem trabalha no Poder Judiciário é que vai sentir.
          Já trabalhei, e sei como é difícil
          (não estou generalizando).
          MS contra o exame da ordem sempre existiram (e aos bucados), mas nunca abriram um precedente contra o exame, até hj.
          Por isso do comentário, foi a unica explicação que achei! hauhauhau!
          Não quis atacar a ninguém!
          Sou a favor do exame justo, mas
          totalmente contra o atual modelo!
          Quanto a concorrência, o mercado sobrevive para os melhores!
          Sucesso!

          • Fran disse:

            Falou bem! Não se preocupe, muitos advogam na informalidade, nada irá mudar no judiciário, eu já trabalhei em gabinete! Recebia ligação de “devogado” perguntando se entrava com emb.infringentes ou com recurso especial! Puxa deveriam saber, mas muitos não sabem!

            • esperar pra ver o que acontece disse:

              Isso é o mais ligth,
              pelo menos alguns perguntam antes.
              Eu fiz uma minuta, pela improcedência, pq o adv “esqueceu” de pedir inversão do ônus da prova, consequência: o cliente perdeu o apartamento
              financiado, já que da decisão não caberia mais recurso.
              Tb já vi petição que o morto queria a abertura do inventário. Parece mentira, mas foi na capital do Brasil.
              Pode até ser engraçado na hora, mas as consequência p/ quem contratou são sérias.Tirando aquelas que vc gasta um tempão interpretando pq o cara não sabe ser direto e objetivo.
              Se eu for contar tudo, não caberia aqui… rsrs

              • leda clari comazzetto, 59 anos, de experiencia na vida disse:

                colega, e estes bestas, talvez foram os que passaram na prova da ordem..

          • edmilson luz disse:

            qual é pior:

            um médico que não submete a exame para exercer ua profissão e esquecer uma tesoura do paciente?

            um engenheiro(sergio naya) não necessitou de prova para exercer sua profissão e matar muitas vidas

            ou,

            Um advogado, que faz uma petição com erros e não mata??????, que é possivel sanar esses erros, com um despacho do juiz ou mediante recursos????????????

  44. flemoscar@ig.com.br disse:

    POR QUE FOI ANULADA A 2 FASE DA OAB 2010.2 ONTEM?

    • Adriana disse:

      MPF recebe reclamações de candidatos e pode mover ação contra exame da OAB
      Da Redação – 10/12/2010 – 19h32

      O MPF-SP (Ministério Público Federal de São Paulo) vai receber reclamações de candidatos que se sentirem prejudicados pela correção do exame da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). As representações poderão ser convertidas em uma ação formal contra a prova.

      As informações serão centralizadas na Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão de cada Estado, com atuação em todo o Brasil.

      De acordo com declarações da procuradora Janice Ascari, em seu twitter, o prazo para que os candidatos entrem com recurso termina na próxima segunda-feira (13/12), às 23h59, mas “ninguém consegue entrar no site” da FGV (Fundação Getúlio Vargas), responsável pela aplicação do exame.

      Dessa forma, aqueles que se sentirem prejudicados poderão encaminhar uma representação para o MPF de seu Estado reclamando seus direitos. Em São Paulo, os candidatos deverão procurar pelo procurador Jefferson Dias ou acessar o site http://www.prsp.mpf.gov.br.

      Falhas no Exame

      Segundo candidatos e especialistas, os espelhos de correção do Exame de Ordem 2010, divulgados pela FGV, não foram claros e geraram interpretação ambígua sobre as respostas da prova. O padrão de contagem das notas também apresentou erros.

      De acordo com nota publicada pela FGV, a correção do exame não teve “qualquer incoerência ou divergência de somatório”, razão pela qual não teria havido prejuízo aos candidatos.

    • maria disse:

      de onde vc tirou isso…

    • Fran disse:

      Feliz, vai procurar o q fazer CARA! aí no CDP não tem nada pra fazer nãooooooooo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Olá, visitante nº

  • 8,581,132 . Volte sempre!

ATENÇÃO, LEITOR!

Estamos em novo endereço: www.forumcriminal.com.br. Não serão mais respondidas perguntas feitas por aqui. Um abração!

RSS Comentários em RSS

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.507 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: