Início » Internas » DESCOBRINDO O N. DE SUA OAB

DESCOBRINDO O N. DE SUA OAB

Sobre o Autor e o Blog

Em 2008, quando fiz o Exame de Ordem, me senti completamente perdido, sem ter a quem recorrer quando surgia uma dúvida. Por isso, após a aprovação, decidi criar um espaço onde fosse possível divulgar a minha experiência com a prova - foi quando nasceu este blog, que, até hoje, não tem título. De 20 acessos diários, passamos a mais de 10 mil, e, atualmente, o contador aponta mais de 5 milhões de visitantes (segundo o contador da WordPress, que não pode ser manipulado pelo mantenedor do blog). Apesar de diversos convites de cursinhos, nunca aceitei a ideia de transformar o site em um negócio (nem banners são admitidos). Não recebo e nem aceito qualquer recompensa pelo conteúdo - tudo é gratuito e de livre distribuição. E o que eu ganho com isso? A alegria de ajudar milhares de pessoas em busca de um sonho em comum: a aprovação no Exame de Ordem

Leonardo Castro é advogado da Defensoria Pública de Rondônia, atuante na área criminal (atualmente, no júri).

Digite o seu endereço de e-mail para receber as atualizações do blog.

Junte-se a 1.512 outros seguidores

Arquivos

Publicações

janeiro 2011
D S T Q Q S S
« dez   fev »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Para quem já deu entrada na carteira, basta acessar o site http://cna.oab.org.br/ para descobrir, em primeira mão, o n. de sua OAB.

Didi Mocó, advogado, também está no CNA.

About these ads

173 Comentários

  1. Luis disse:

    meu pedido já foi deferido… mas não fiz o juramento ainda, tem como ver o meu número já?

  2. OSVALDO disse:

    GOSTARIA DE SABER SE O CANDIDATO APROVADO NO EXAME DE ORDEM TIVER UMA CONDENAÇÃO TRANSITADA EM JULGADO POR CRIME CONTRA A FÉ PÚBLICA, HAVERÁ IMPEDIMENTO PARA O RECEBIMENTO DA CARTEIRA DE ADVOGADO?

  3. Marcus disse:

    Galera alguem da Bahia ja deu entrada na carteira esse ano? dei entrada no dia 10/1/11 ate hj nada!!!

  4. Acácio disse:

    urgente – direito do trabalho – 2010.2

    pessoal, estou precisando urgente uma prova de quem prestou em direito do trabalho, pois deixaram de pontuar nota para indicação da OJ 369 no item que versava sobre o pedido de estabilidade por representação sindical.
    para poder impetrar MS preciso de provas em que foram atribuidas a nota máxima para esse quesito.
    por gentileza aqueles que puderem ajudar podem postar diretamente para “afernandoj@hotmail.com”

  5. WiLL disse:

    Alguém sabe em quanto tempo obtenho o número de inscrição definitiva aqui em SP?? Me inscrevi em 17/01….preciso dele para advogar aqui na empresa….

    Abraço a Todos!

    • eduardo disse:

      É, a coisa está ficando feia pra OAB.
      Primeiro, o MPF do RJ ajuiza a 5a. ACP.
      Depois, vem a PF comunicando que existem evidencias de que todas as provas de 2009 foram fraudadas.
      Porque a OAB não joga a toalha e acaba com esta merda de exame de uma vez, antes que sua imagem e reputação fiquem na lama?

  6. adair ribeiro dos santos disse:

    O problema é que em quase todas provas existem injustiças, inclusive nas seleções do Ministério Público. O pior é que nem sempre a justiça está disposta a fazer uma análise criteriosa desses erros que ocorrem em certos cerames. Portanto, não espere muito por uma decisão positiva da justiça. Continuar estudando é a melhor solução. Palavras de quem já foi vítima de erros crassos de provas e não obteve resposta do judiciário.

  7. LUCIENE disse:

    VEJA COMO DEUS É BOM, A PF FEDERAL DESCOBRIU HOJE QUE TODOS OS EXAMES DE 2009 FORAM FRAUDADOS E PEDIU A CESPE PARA ENTREGAR OS ESPELHOS.

    SE A OAB NÃO PERCEBE, É MELHOR SE RENDER LOGO E RECORRIGIR AS PROVAS, POIS SÃO MUITOS ALUNOS PEDINDO A DEUS EM PRIMEIRO LUGAR PARA QUE SEJA FEITA A JUSTIÇA.

    O EXAME ESTÁ MAIS DO QUE MANCHADO, E A INSTITUIÇÃO ESTÁ CADA VEZ MAIS DESACREDITADA, E DEPOIS DESSA REPORTAGEM NA FOLHA DE SP DE HOJE, E PARA ACABAR DE MATAR…

    E AINDA VEM MUITO MAIS POR AI… AGUARDEM…

  8. Julinho disse:

    minha solenidade foi hoje, eu ja estou com meu numero,tb estou com minha certidao . minha carteira definitiva fica pronta em 20 dias.mas enquanto ,sso ja posso advoigar com essa certidao- carteira provisoria.-

    • Vitalwar disse:

      Eu dei entrada hoje na carteira e aqui no rio de janeiro a mesma é entregue junto com a solenidade, mas daqui a uns 10 dias quando houver o deferimento da inscrição, devo saber o número da minha OAB também. Abraços e boa sorte no exercício da nobre advocacia.

  9. ANA CLÁUDIA disse:

    BOM DIA PESSOAL.
    QUE DEUS NOS AJUDE NESTA GUERRA TRAVADA ENTRE MPF, ESTUDANTES E OAB, QUE VENÇA O BOM SENSO, FOMOS PREJUDICADOS? SEM SOMBRA DE DÚVIDAS E QUERER LUTAR PELOS NOSSOS DIREITOS NÃO NOS DESQUALIFICA COMO QUEREM COLOCAR ALGUNS….AOS APROVADOS, PARABÉNS!!!! VÃO CONSTUIR SUAS CARTEIRAS OU ESTUDAR MAIS PARA SER APROVADO NUM CONCURSO…!!!
    AOS DEMAIS SE QUISEREM NOS APOIAR NESTA LUTA DIGO, CONTINUEM DENUNCIANDO, NOS BLOGS, NA MÍDIA, NA TELEVISÃO, NOS SITES DO MPF, NA CENTRAL DO CIDADÃO.
    E SE PUDEREM VENHAM CONOSCO NESSA CAMINHADA.
    DIA 14 DE FEVEREIRO AS 14.30 EM FRENTE A PRAÇA PORTUGAL DE BRASÍLIA, VAMOS ABRAÇAR O STF, SERÁ UM PROTESTO DOS BACHARÉIS EM DIREITO NA LUTA PELA DECLARAÇÃO DA INCONSTITUCIONALIDADE DESSE EXAME, QUE FOI VERGONHOSO, CRIADO PARA A RESERVA DO MERCADO DE SEUS ASSOCIADOS, QUE FALTOU COM RESPEITO AOS BACHARÉIS EM DIREITO..
    NÃO SE CALEM….. LUTEM… NÃO DÊEM OUVIDOS AQUELES QUE MESMO SABENDO DAS INJUSTIÇAS FECHAM OS OLHOS PERANTE ELAS..

    • FERNANDA disse:

      se a prova foi tão injusta porque teve muitos aprovados???? esses protestos não darão em nada o melhor q vc tem a fazer é estudar p o próximo exame.

      • TR disse:

        Muitos??????????????Ficou louca???Num universo de 106.000 inscritos vc acha que 16.000 aprovados é muito????

        • LUCIENE disse:

          O Ministério Público Federal em Santa Catarina ingressou dia 24/01 com Ação Civil Pública contra o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e a Fundação Getúlio Vargas (FGV), requerendo a recorreção das provas do Exame da Ordem, realizado no segundo semestre de 2010. A ação foi elaborada pelos procuradores da República André Stefani Bertuol, Mário Sérgio Ghannagé Barbosa e Rodrigo Joaquim Lima.

          Vamos aguardar…

          Já é a 4ª ACP…..

  10. OSEIAS disse:

    MEDO E ANGÚSTIA

    Excesso de medo e de angústia de aprovados mal resolvidos que tentam perturbar a vida dos que ainda não aprovaram.

    • OSEIAS disse:

      Não estou dizendo que vá acontecer. Mas, como remotíssima possibilidade que aconteça, o STF considera inconstitucional o Exame de Ordem… quantos aprovados vão ter estrutura psicológica para administrar o fantasma de ver o mercado invadido por mais de dois milhões e meio de bacháreis com carteira de advogado? Se é esse o medo, assumam. E reconheçam uma verdade, tudo está nas mãos dos Ministros do STF. Não vai ser ofendendo candidatos que vão mudar a situação.

    • OSEIAS disse:

      Uma pergunta simples. Pressuposto, o STF decide o que quiser. Se o STF decidir que o Exame de Ordem é inconstitucional? Quantos aprovados terão estrutura psicológica para lidar com isso?

  11. OSEIAS disse:

    PRECISAMOS MANTER O FOCO…

    O que mais precisamos agora é manter o foco. Quem já aprovou e vem perturbar a vida de candidatos aqui, sinceramente, demonstra a dimensão espiritual e o desenvolvimento psicológico que parece ter alcançado.

    Particularmente acredito que devemos estar sempre preparados para não nos abalar nem com a pior das hipóteses.

    Há quatro ACPs do MPF? Podem surgir mais outras seis, e daí? O TRF-1 em Goiania não decidiu ainda da tutela, nada impede que o Juiz ou Juiza conceda a tutela numa quinta feira anterior ao domingo da prova da OAB. Não estou dizendo que vá acontecer, mas pode acontecer…

    O MPF pode ajuizar outras ACPs, e uma tutela antecipada ordenando suspender as provas pode sair quinta, sexta feira antes do Exame de Ordem, primeira fase… Até a OAB reagir, o cartório pode demandar tempo, resultado, exame adiado…

    Onde quero chegar? A emoção deve nos ajudar e não nos prejudicar.

    Deploro a pequenês espiritual e o primitivismo psicológico daqueles que vêm aos sites de apoio aos candidatos do Exame de Ordem tentar depreciar os candidatos. Querem ser bons, encarem a tarefa de se colocarem num bom escritório, ou formarem a carteira de clientes do próprio escritório, ou aprovem em concurso público.

    O que ganham vindo aqui tentar ofender candidatos? Isto sem considerar outros que tomaram atitudes que poderiam, não fosse o Dr. Leonardo agir, causar incidentes capazes de tirar esse site do ar…

    Se o Exame é fácil, se o sujeito passou não foi no sorteio, foi na competência, o que está fazendo aqui tentando perturbar a vida dos candidatos? Larguem mão de serem lesados, pois o MPF poderá recolher esse material para alegar desvio da finalidade do Exame de Ordem como reserva de mercado, e acusarem de criarem um clima ideológico propriciador a esse desvio.

    Não vou depreciar nem a OAB e nem o MPF, eles que se entendam no Judiciário. Lastimável é pessoas virem aqui tentarem ofender, perturbar os candidatos. Cresçam, vão fazer algo realmente de valor na vida, ou então mudem de profissão e se tornem hackers de computador, fiquem dias sem tomar banho, sem sair de casa, tentando criar um vírus para derrubar o trabalho alheio, pois a diferença que há entre os que ofendem aqui os candidatos e os hackers é apenas questão de instrumentos usados. Nem todo mundo tem um bom antivírus, e acaba perdendo trabalhos no computador…
    Nem todo candidato está vivendo um momento emocional bom, e são colegas que precisam de apoio, não de vômitos de recalques de gente mal resolvida…

    Disse o que disse. Se o Dr. Leonardo julgar por bem, censure essa postagem…

  12. PARA O PROFESSOR LEONARDO disse:

    por favor, libera meus cometarios sobre a extinção do exame de ordem em Portugal.

    Obrigada

    • Jason disse:

      o exame português não importa aqui no Brasil! se é tão importante para vc, mude-se para lá ou escreva em algum blog português!!! vamos nos concentrar no q importa, por favor!

      • OSEIAS disse:

        Não é certo, não é impossível. Suponhamos que o STF por maioria declare inconstitucional o Exame de Ordem? Você tem estrutura psicológica para lidar com a realidade de mais de dois milhões de bacharéis chegando de repente?

      • OSEIAS disse:

        Complentando, dos aprovados quantos teriam estrutura para assimilar ter mais dois milhões e meio de novos advogados concorrentes? Se o STF decidir que o Exame é inconstitucional, vão invadir o STF?

  13. O comentarista disse:

    OAB TEME O FIM DO EXAME DE ORDEM NO BRASIL.
    __________________________________________
    Artigo: O Exame de Ordem em Portugal

    http://www.oab.org.br/noticia.asp?id=21267

    Brasília, 25/01/2011 – O artigo “O Exame de Ordem em Portugal” foi publicado hoje (25) no site Consultor Jurídico e é de autoria do secretário-geral do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcus Vinicius Furtado Coêlho:

    “Diferentemente do caso brasileiro, o Exame de Ordem em Portugal não é previsto em lei tendo sido criado por resolução da entidade da advocacia portuguesa, sendo este o motivo para a declaração de inconstitucionalidade pelo Tribunal Constitucional dos patrícios. No Brasil, o exame é previsto e exigido no art. 8º., IV, da Lei 8.906, de 1994, segundo a qual “para inscrição como advogado é necessário aprovação em Exame de Ordem”.

    No acórdão n.º 3/2011, referente ao processo n.º 561/10, julgado pela 2.ª Secção do Tribunal de Portugal, sob a relatoria do Conselheiro João Cura Mariano, encontra-se registrado: “o artigo 9.º-A do Regulamento Nacional de Estágio da Ordem dos Advogados, aditado pela Deliberação n.º 3333-A/2009, de 16 de Dezembro, do Conselho Geral da Ordem dos Advogados, criou um novo exame nacional de acesso ao estágio”.

    Ao contrário do Estatuto da Advocacia brasileira, lei 8906/94, que exige o exame de Ordem, o Estatuto Português, no seu artigo 187.º, determina que “podem requerer a sua inscrição como advogados estagiários os licenciados em Direito por cursos universitários nacionais ou estrangeiros oficialmente reconhecidos ou equiparados”. A introdução do exame sem modificação na lei resultou na declaração de inconstitucionalidade. Ressalta o relator da matéria: “Não cabe aqui discutir o eventual mérito das razões invocadas pela Ordem para a introdução do exame de acesso ao estágio em si mesmo e nos termos em que o fez”. Ocorreu, no caso português, violação da reserva de lei.

    Cumpre firmar que a Constituição de Portugal, tal qual a brasileira, assegura a liberdade profissional, permitindo sua restrição apenas por lei. Dispõe o artigo 47.º, n.º 1, da Constituição Portuguesa, em redação semelhante ao art, 5º., XIII, da Constituição brasileira: “todos têm o direito de escolher livremente a profissão ou o género de trabalho, salvas as restrições legais impostas pelo interesse colectivo ou inerentes à sua própria capacidade”.

    O Acórdão da Corte Constitucional portuguesa torna evidente, “A liberdade de escolha de profissão faz parte do elenco dos direitos, liberdades e garantias cuja restrição só pode, nos termos do artigo 18.º, n.ºs 2 e 3, do texto constitucional, ser operada por via de lei formal, isto é, lei da Assembléia da República ou decreto-lei do Governo”. Neste particular, Portugal acaba por se posicionar pela perfeita constitucionalidade do exame em hipótese, como a brasileira, na qual existe previsão legal.

    Comentando a Constituição de Portugal, no ponto em apreço, anota Jorge Miranda e Rui Medeiros (Constituição Portuguesa Anotada, Coimbra 2005, p. 476): “As restrições têm de ser legais, não podem ser instituídas por via regulamentária ou por acto administrativo”. No mesmo toar, Gomes Canotilho e Vital Moreira (Constituição da República Portuguesa Anotada, I, Coimbra 2007, p. 658): “as ordens profissionais e figuras afins (“câmaras profissionais”, etc.) não podem estabelecer autonomamente restrições ao exercício profissional – as quais só podem ser definidas por lei (reserva de lei)”.

    O julgamento pela inconstitucionalidade do exame de acesso a advocacia em Portugal, ao contrário do que poderia parecer a uma leitura apressada, significa um precedente positivo do direito comparado ao exame de ordem brasileiro. É dizer, a Corte Constitucional de Portugal asseverou que tal exame pode ser criado por lei, tal qual ocorre no caso brasileiro”.
    ——————————————-
    TODOS SABEMOS QUE O EXAME É PREVISTO NA LEI 8.906/94, ocorre que o acesso a MERCADO DE TRABALHO não pode ser regulamentado por provimentos da própria Entidade de Classe.

    O EXAME DE ORDEM FOI INSTITUÍDO NO BRASIL PELO PROVIMENTO DA OAB E
    SERÁ DECLARADO INCONSTITUCIONAL ASSIM COMO FOI FEITO EM PORTUGAL ONDE NÃO MAIS EXISTE O EXAME.

    • Rita disse:

      Concordo.

      O Exame de Ordem é regulamentado por provimento da própria OAB.
      Acho que vai acabar por causa dá própria OAB conforme verificado nas ACP do MPF a OAB não respeita o edital nem o seu próprio provimento.

      O exame de ordem vai deixar de existir no Brasil, assim como foi feito em Portugual.

      • Alexandre disse:

        Conforme disposto no texto:

        “As restrições têm de ser legais, não podem ser instituídas por via regulamentária ou por acto administrativo”

        O Exame de Ordem sempre foi normatizado por provimentos do conselho federal e equivalem a normas ou atos adminstrativos – logo o EXAME É INCONSTITUCIONAL.

        LIBERDADE DE TRABALHO NA CF PORTUGUESA.
        “todos têm o direito de escolher livremente a profissão ou o género de trabalho, salvas as restrições legais impostas pelo interesse colectivo ou inerentes à sua própria capacidade”

        LIBERDADE DE TRABALHO NA CF BRASILEIRA.

        “É livre o exercício de qualquer trabalho ofício ou profissão, ressalvada a qualificação profissional que a lei estabelece”

        E bom lembrar que a OAB do BRASIL tem fixado número de cotas em média 13.000 por exame.

      • VÁ ESTUDAR disse:

        vai sonhando

      • OSEIAS disse:

        Ninguém pode afirmar uma certeza exata no Direito. A ACP da PRGO ainda não teve a tutela julgada. Não pode garantir que vá acontecer, mas e se o Magistrado resolve passar rasteira na OAB, espera com o processo parado e solta a decisão deferindo a tutela numa quinta feira a noite, ou numa sexta feira pela manhã anterior ao domingo da primeira fase e notifica a OAB por fax?

        Vamos apoiar os candidatos e não ficar demonstrando a dimensão de espíritos diminutos e personalidades instáveis que precisam dessa ofensa aos outros para se parecerem se sentir melhores…

        • OSEIAS disse:

          Aconteça o que acontecer, ouvidos moucos aos que ofendem, foco no objetivo.
          Tranquilidade, muita tranquilidade. Não adianta estar muito bem preparado e surtar na véspera da prova, ou ter uma diárreia de fundo emocional no dia do exame.
          Tudo que está acontecendo é externo a cada um. O nosso estudo, aquilo que aprendemos é o que conta. Vamos nos colocar no centro da ação, e não vamos entrar em angústia em círculo.

    • Pergunta para o Comentarista disse:

      Colega, então isto quer dizer q um bacharel em Portugual é advogado no Brasil? ( já q temos um tratado de amizade ), e q um bacharel no Brasil é advogado em Portugal?

      Só no Brasil mesmo, pior é um monte de POST aqui no blog de pessoas q não sabem o q estamos reinvidicando, pra mim são pessoas q compraram a carteira, pq se apoiam tanto o exame de ordem, deveriam fazer por “esporte”.

      Deveriam dizer “somos amedrontados com o exame não sei como eu passei, fui sorteado”.

      Todos até o mais idiota sabe que neste último exame muitos q deveriam ter sido reprovados, passaram.. há, há há.

      Classe desunida, por isto q os membros do judiciário pensam coisas vergonhosas ao respeito de TODOS os advogados, eles ne fazem distinção.

      • Pergunta para o Comentarista disse:

        Colega, então isto quer dizer q um bacharel em Portugual é advogado no Brasil? ( já q temos um tratado de amizade ), e q um bacharel no Brasil é advogado em Portugal?

        Só no Brasil mesmo, pior é um monte de POST aqui no blog de pessoas q não sabem o q estamos reinvidicando, pra mim são pessoas q compraram a carteira, pq se apoiam tanto o exame de ordem, deveriam fazer por “esporte”.

        Todos até o mais idiota sabe que neste último exame muitos q deveriam ter sido reprovados, passaram.. há, há há.

        Classe desunida.

        é o 3 comentario, mas está sendo barrado

        • SORTUDOOOOOOOOOOO disse:

          GRAÇAS A DEUSSSSSSSSSSSSSSS!!!!!!!!!!!!!!!
          EU SOU UMMMMMMMMMMMMMMMMMM!!!!!!!!!!!
          KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    • Pergunta para o Comentarista disse:

      Colega, então isto quer dizer q um bacharel em Portugual é advogado no Brasil? ( já q temos um tratado de amizade ), e q um bacharel no Brasil é advogado em Portugal?

      Só no Brasil mesmo, pior é um monte de POST aqui no blog de pessoas q não sabem o q estamos reinvidicando, pra mim são pessoas q compraram a carteira, pq se apoiam tanto o exame de ordem, deveriam fazer por “esporte”.

      Deveriam dizer “somos amedrontados com o exame não sei como eu passei, fui sorteado”.

      Todos até o mais idiota sabe que neste último exame muitos q deveriam ter sido reprovados, passaram.. há, há há.

      Classe desunida.

    • Pergunta para o Comentarista disse:

      Colega, então isto quer dizer q um bacharel em Portugual é advogado no Brasil? ( já q temos um tratado de amizade ), e q um bacharel no Brasil é advogado em Portugal?

    • Adriano disse:

      O Exame é inconstitucional

      1) é inconstitucional, porque fere o princípio da isonomia, pelo fato de que existe apenas para os bacharéis em direito – e agora também para os contabilistas – e também pelo fato de que não se aplica aos advogados antigos, formados antes de 1.996, que deveriam ter também um tratamento isonômico;

      2) é inconstitucional, porque não compete à OAB qualificar os bacharéis em direito, se essa qualificação já se encontra certificada por um documento público, o diploma de uma instituição de ensino superior, registrado pelo MEC;

      3) é inconstitucional, porque foi “regulamentado” por um Provimento do Conselho Federal da OAB, contrariando assim o art. 84, IV da Constituição Federal, que atribui privativamente ao Presidente da República o poder regulamentar, ou seja, o poder de regulamentar as leis para a sua fiel execução.

      4) e tornou-se ilegal porque a OAB não está sabendo conduzí-lo.

      • Jason disse:

        se vcs são tão inteligentes para defender teses tão mirabolantes assim, pq não passaram nessa provinha chulé? ah, dá licença!!!

    • Ailson disse:

      Não confundam as coisas. Aqui no Brasil o Exame de Ordem não serve ao fim de “medir” a qualidade do ensino jurídico, mas tão somente de filtrar e proteger o mercado. Faz parte das prerrogativas do advogado brasileiro. Só no Brasil temos mais faculdades de direito que no resto do mundo todo. Isso é que é absurdo e o MEC não faz nada, portanto, fica tudo a encargo da OAB e do Exame de Ordem.

  14. O comentarista disse:

    O Conselho Nacional de Justiça e o controle de legalidade nos concursos públicos

    Robson Ribeiro de Faria*
    O Conselho Nacional de Justiça, CNJ, órgão previsto no artigo 103-B da Constituição
    Federal, criado pela emenda constitucional número 45, de 8 de dezembro de 2004, tem
    como competência o controle da atuação administrativa e financeira do Poder Judiciário
    e do cumprimento dos deveres funcionais dos juízes, cabendo-lhe, além de outras
    atribuições que lhe forem conferidas pelo Estatuto da Magistratura:
    “II- zelar pela observância do artigo 37 da Constituição Federal e apreciar, de ofício ou
    mediante provocação, a legalidade dos atos administrativos praticados por membros ou
    órgãos do Poder Judiciário, podendo desconstituí-los, revê-los ou fixar prazo para que
    se adotem as providências necessárias ao exato cumprimento da lei, sem prejuízo da
    competência do Tribunal de Contas da União.”
    O CNJ, no sentido de reiterar a sua competência para analisar a legalidade dos atos
    administrativos, regulamentou os poderes a ele conferidos pela Constituição Federal e
    estabeleceu em seu Regimento Interno, no artigo 19, inciso II, que:
    “Art. 19. Ao Plenário do Conselho compete o controle da atuação administrativa e
    financeira do Poder Judiciário e do cumprimento dos deveres funcionais dos
    magistrados, cabendo-lhe, além de outras atribuições que lhe forem conferidas pelo
    Estatuto da Magistratura, o seguinte:

    II – zelar pela observância do art. 37 da Constituição Federal e apreciar, de ofício ou
    mediante provocação, a legalidade dos atos administrativos praticados por membros ou
    órgãos do Poder Judiciário, podendo desconstituí-los, revê-los ou fixar prazo para que
    se adotem as providências necessárias ao exato cumprimento da lei, sem prejuízo da
    competência do Tribunal de Contas da União e dos Tribunais de Contas dos Estados;”
    Estando esse Egrégio Conselho no papel de zelar pelo respeito à disposição do artigo 37
    da Constituição Federal, em especial quanto ao aspecto da legalidade dos atos
    administrativos, e sabendo-se que o Edital do concurso público, inclusive o programa de
    disciplinas nele previsto, faz “lei entre as partes”, obrigando tanto o candidato como o
    órgão competente pela organização do concurso, a cobrança, pela Banca Examinadora,
    de conhecimentos acerca de matérias não expressamente previstas no Edital constitui
    violação ao princípio da legalidade e não havendo outra via administrativa para a
    revisão desses atos administrativos, competirá ao CNJ determinar a sua desconstituição,
    revisão ou fixação de prazo para que se adotem as providências necessárias ao exato
    cumprimento da lei,

    CONTINUAÇÃO:

    http://www.recivil.com.br/preciviladm/modulos/artigos/documentos/Artigo%20-%20O%20Conselho%20Nacional%20de%20Justi%C3%A7a%20e%20o%20controle%20de%20legalidade%20nos%20concursos%20p%C3%BAblicos.pdf

  15. M.S A LUTA É AGORA OU NUNCA disse:

    Pessoal, acabei de enviar um e-mail para o JORNAL DÁRIO DE SÃO PAULO, para a coluna do Leitor descrevendo toda a situação desde o adiamento da Lista de Aprovados em dez/10 até a data de hoje, onde nenhuma emissora de rádio e televisão tem divulgado o assunto, muito menos depois que o MPF entrou com ACPs em vários Estados e a OAB, recorre para atrasar a decisão que determinina a nova correção de todas as provas dos candidatos reprovados.
    Esta é a hora pessoal, vamos falar do descumprimento do Provimento 136/09, da não avaliação dos nossos recursos, cujas respostas foram emitidas de maneira padrão. Que como se não bastasse nada disso somos chamados de “descarteirados” e “chorões” quando na verdade o que exigimos é uma correção digna, séria e respeitosa.
    O site da coluna do Jornal Diário de São Paulo é: http://WWW.DIARIODOLEITOR@DIARIOSP.COM.BR

    VAMOS A LUTA DE VERDADE, NÃO PODEMOS NOS CALAR OU FICAR AGUARDANDO QUE O MPF FAÇA ALGUMA COISA QUEA OAB DESAPROVE.
    MARISA SANCHES

  16. Clara disse:

    Oi Leonardo gostaria que fosse esclarecido qual a finalidade deste post. Corrija-me se eu estiver equivocada, entendo que a finalidade é informar aos APROVADOS COMO PODEM OBTER O NÚMERO DE INCRIÇÃO CORRETO? E TAMBÉM QUE SEJA UTILIZADO PARA TROCA DE INFORMAÇÕES SOBRE O ASSUNTO. Mas o que vejo são reprovados atacando aprovados. Em vez disso deveriam estar se preparando para o próximo exame e não perdendo tempo com um fato que é irrevogável, aprovados já estão aprovados e isso não vai mudar, podem propor ACP’s nos 26 estados + o DF o resultado de aprovação não vai mudar. Se os aprovados querem mudar sua situação estudem e passem no próximo exame em vez de ficarem perdendo tempo e atacando quem passou, esperança em ações do judiciário, mesmo porque o julgamento final dessas ações vai demorar muitooo! Em geral seu blog já foi melhor freqüentado nesse exame o nível baixo de comentários e ataques se superou, isso porque tratam- se de pessoa que pretendem advogar…Lamentável!!!!

    • kelli disse:

      corrigindo… saiu o nome da minha irmã!

      • p KELLY disse:

        Uiiiiiiiiiiii que gafe, sem medida, escreve várias bobagens e depois esquece de trocar o nome e o e-mail. que distração, por essas e por outras nunca vai se ver livre do exame de ordem, será sempre reprovada por conta dessas distrações sintomáticas… Luciene, Gemma, Clara, Keii Crhis, Sara, Alana, etc……………………………… Preste atenção, pois assim vc ficara cada vez mais mal vista e com codnome de louca.

        • Fran disse:

          kkkkkkkkk, kkkkkkk

          • kelli disse:

            Falei com vc? Não. Então mantenha-se na sua insignificância, O RECADO É PARA O DONO DO BLOG!!!!!! Quer o meu nome completo? Só pedir e verá que fui aprovada enquanto vc… vai ter que ESTUDAR QUERIDA!!!!! E PRESTA ATENÇÃO MEU NOME O CH VEM ANTES DO R e o KELLY É COM I DE ILHA. È POR CAUSA DE TIPOS COMO VC QUE ESSE BLOG ESTÁ UMA PORCARIA! Fica aí esperando alguma ACP dar certo quem sabe assim vc consegue ser alguma coisa na vida. Não sou do seu tipo que fica insultando as pessoas nos tópicos com vários nomes!Não me confunda! Se não tem algo melhor para fazer garanto que um tanque de roupa vai lhe fazer bem. Podia ficar se essa!!!!

  17. Kelli Chris disse:

    Oi Leonardo gostaria que me fosse esclarecido qual a finalidade deste post. Corrija-me se eu estiver equivocada, entendo que a finalidade é informar aos APROVADOS COMO PODEM OBTER O NÚMERO DE INCRIÇÃO CORRETO? E TAMBÉM PARA QUE SEJA UTILIZADO PARA TROCA DE INFORMAÇÕES SOBRE O ASSUNTO.

    • p KELLY disse:

      Tenho minhas dúvidas de que seja para isso mesmo, pois no meio de tantas dúvidas, tantas perguntas sem respostas sobre o exame 2020-2 e o professor seguer aparece para dar alguma explicação pequena que seja. Vem para alardear o óbvio.
      Este blog morreu, só falta enterrar. Mas pelo n. de participantes não deverá ser uma solenidade satisfatória, poossivelmente nem será enterrado direito – menos de 7 palmos.

  18. O comentarista disse:

    EXAME DE ORDEM BICHADO

    Temos um problema sério a ser resolvido pela OAB FGV MPF E TRF.

    QUE PROBLEMA É ESSE???

    Em matéria de concurso público devem ser obedecidos os princípios da Legalidade, impessoalidade, publicidade, eficiência. (na prova da ordem se aplica o mesmo entendimento dos concursos público – Entendimento do TRF).

    Impessoalidade – significa que os candidatos não podem ter tratamento diferenciado, aqui se inclui implicitamente o Princípio da Isonomia.

    Ora as correções não podem ser diferenciadas para apenas 12.000 aprovados, se for aplicado novo padrão de correção, esse deverá ser o mesmo para todos os candidatos.

    Neste sentido, entendo que esse Exame está BICHADO, mesmo para os candidatos que já tiveram a aprovação homologada pelo Presidente do Cons. Federaderal da OAB.

    O ato de homologação pode ser revogado de ofício ou anulado pelo poder judiciário.

    Obs: Neste exame foram violados diversos princípios nos quais destaco.

    LEGALIDADE – Violação do Edital e provimento 136/09.
    IMPESSOALIDADE – Divulgação de provas com valores de pontuação diferentes – Ex: Peça de civil valia 6 e a de tributário valia 4.
    PUBLICIDADE E EFICIÊNCIA – problemas no site da FGV atraso de procedimentos previstos no Edital.
    MORALIDADE – Prefiro nem comentar.

    • LOURDES MATTOS disse:

      BLÁBLÁBLÁBLÁBLÁBLÁBLÁBLÁ
      SÓ PALAVRAS AO VENTO VOCES JOGAM, CAIAM ONDE CAIR, NÃO IMPORTA POIS NÃO TEM VALOR NENHUM. SÃO SÓ MAIS PALAVRAS ESCOLHIDAS, NO DICIONÁRIO QUE SEGUER DÃO NEXO AO TEXTO. MAS O IMPORTANTE É FALAR, ESMIUÇAR E RESULTADO FICA PARA ALGUEM DE BOA VONTADE QUE APARECER POR AQUI E SE APIEDAR DESSES IGNÓBEIS BACHARÉIS.

      • O comentarista disse:

        Art. 37. A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência e, também, ao seguinte:(grifos nossos)

        Dessa forma, o acesso aos cargos ou empregos públicos deve ser amplo, democrático, e com procedimento impessoal no qual se assegure igualdade de oportunidades a todos os interessados e o respeito aos princípios da moralidade, eficiência, democracia, dentre outros. Nessa linha de raciocínio dispõe Hely Lopes Meirelles expõe que “O concurso é o meio técnico posto à disposição da Administração Pública para obter-se moralidade, eficiência e aperfeiçoamento do serviço público e, ao mesmo tempo, propiciar igual oportunidade a todos os interessados que atendam aos requisitos da lei, fixados de acordo com a natureza e a complexidade do cargo ou emprego, consoante determina o art. 37, II, da CF”.

        • Clarice disse:

          Que mesmice.
          Que marasmo.
          Que pasmaceira.
          Este blog já deixou de existir desde dezembro de 2010.
          Quanta bobagem. Ooucas pessoaas se fazendo passar por várias, ao mesmo tempo.
          Que falta de inteligência.
          O melhor é estudar para o 2011-1, que para o 2010-3 não dá mais tempo.
          Onde está o pessoal cabeça que postava por aqui?
          Cade o chefe desta tribo, se perdeu na Amazonia?

  19. Aline Pereira disse:

    ACESSO AO TRABALHO JORNALISMO – DECISÃO DO STF.

    “O jornalismo é uma profissão diferenciada por sua estreita vinculação ao pleno exercício das liberdades de expressão e de informação. O jornalismo é a própria manifestação e difusão do pensamento e da informação de forma contínua, profissional e remunerada. Os jornalistas são aquelas pessoas que se dedicam profissionalmente ao exercício pleno da liberdade de expressão. O jornalismo e a liberdade de expressão, portanto, são atividades que estão imbricadas por sua própria natureza e não podem ser pensadas e tratadas de forma separada. Isso implica, logicamente, que a interpretação do art. 5º, XIII, da Constituição, na hipótese da profissão de jornalista, se faça, impreterivelmente, em conjunto com os preceitos do art. 5º, IV, IX, XIV, e do art. 220, da Constituição, que asseguram as liberdades de expressão, de informação e de comunicação em geral. (…) No campo da profissão de jornalista, não há espaço para a regulação estatal quanto às qualificações profissionais. O art. 5º, IV, IX, XIV, e o art. 220 não autorizam o controle, por parte do Estado, quanto ao acesso e exercício da profissão de jornalista. Qualquer tipo de controle desse tipo, que interfira na liberdade profissional no momento do próprio acesso à atividade jornalística, configura, ao fim e ao cabo, controle prévio que, em verdade, caracteriza censura prévia das liberdades de expressão e de informação, expressamente vedada pelo art. 5º, IX, da Constituição. A impossibilidade do estabelecimento de controles estatais sobre a profissão jornalística leva à conclusão de que não pode o Estado criar uma ordem ou um conselho profissional (autarquia) para a fiscalização desse tipo de profissão. O exercício do poder de polícia do Estado é vedado nesse campo em que imperam as liberdades de expressão e de informação. Jurisprudência do STF: Representação 930, Rel. p/ o ac. Min. Rodrigues Alckmin, DJ de 2-9-1977.” (RE 511.961, Rel. Min. Gilmar Mendes, julgamento em 17-6-2009, Plenário, DJE de 13-11-2009.)

  20. DICA disse:

    REVISTA VIRTUAL DE DIREITOS HUMANOS OAB

    http://www.oab.org.br/revistacndh/mainnovo.html

    já viu né………….a prova está logo aí.

  21. Vou lutar disse:

    Meus tataranetos vão ser beneficiados e poderão dizer com orgulho: “meu tataravô lutou, desistiu de sua própria carreira para militar e depositar esperanças numa forma de obter aprovação via embates jurídicos. Demorou um pouco, mas sua luta não foi em vão”

    • Jason disse:

      se eu fosse seu tataraneto, eu iria pensar: poxa, meu avô era um burraldo!!! nem pra acertar metade de uma prova, caraca!

  22. OSEIAS disse:

    Coração de candidato

    Processo: 1332-27.2011.4.01.3500
    Classe: 65 – AÇÃO CIVIL PÚBLICA(7100)
    Vara: 3ª VARA FEDERAL
    Juiz: CARLOS HUMBERTO DE SOUSA
    Data de Autuação: 20/01/2011
    Distribuição: 2 – DISTRIBUICAO AUTOMATICA (20/01/2011)
    Nº de volumes:
    Objeto da Petição: 1080304 – EXAME DA ORDEM (OAB) – CONSELHOS REGIONAIS E AFINS – ENTIDADES ADMINISTRATIVAS/ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA – ADMINISTRATIVO
    1040800 – CONCESSÃO/PERMISSÃO/AUTORIZAÇÃO – SERVIÇOS – ADMINISTRATIVO
    Processo de Origem: 1.18.00-2..117/.2.01.0-63
    Origem do Processo: MINISTERIO PUBLICO – PROCURADORIA DA REPUBLICA EM GOIAS
    Observação: DETERMINAR QUE A ‘OAB’ E ”FGV’ ADOTEM AS PROVIDENCIAS: SUSPENDAM A DIVULGACAO DO RESULTADO FINAL DO EXAME DE ORDEM 2010.2; DESIGNEM NOVA BANCA EXAMINADORA E SEJA FEITA NOVA CORRECAO DAS PROVAS …
    Localização: SL – SEM LOCALIZACAO

    Movimentação

    Data Cod Descrição Complemento.
    24/01/2011 13:33 168 INFORMACAO REQUISITADA / SOLICITADA A AUTORIDADE / ENTIDADE
    21/01/2011 18:25 239 TELEX / FAX EXPEDIDO AO PRESIDENTE DO CONSELHO FEDERAL DA OAB
    21/01/2011 18:25 218 RECEBIDOS EM SECRETARIA
    21/01/2011 18:24 154 DEVOLVIDOS C/ DESPACHO
    21/01/2011 16:23 137 CONCLUSOS PARA DECISAO
    21/01/2011 16:23 170 INICIAL AUTUADA
    20/01/2011 18:23 2 DISTRIBUICAO AUTOMATICA

    Partes

    Tipo Nome
    REQTE MINISTERIO PUBLICO FEDERAL
    REQDO OAB/GO – ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL
    REQDO FUNDACAO GETULIO VARGAS – FGV
    AILTON BENEDITO DE SOUZA

    E sabemos que podem vir outras

  23. DONO DA VERDADE disse:

    Já que foi falado do Renato Aragão, informem, no site do CNA, FLÁVIA ALESSANDRA MARTINS DA COSTA, OAB/RJ, e veja quem aparece!
    O Reynaldo Gianecchini tb se formou em Direito, pela PUC/SP, mas acho q nem fez OAB pq, segundo ele disse numa entrevista, não gostou da profissão.

    • Aline Pereira disse:

      Gianechini tomou pau 3 vezes, eu fiz a prova na sala dele aqui em Sampa.

      • carol disse:

        KKKKKKKKKKKKKKKKK!!!
        Q mentira!! A menos q seu nome naum seja Aline e o dele naum seja Reynaldo, até onde eu sei nas salas é respeitada a ordem alfabética, com isso, naum vai passar da letra “A” o pessoal da sua.

    • DONO DA VERDADE disse:

      Ah! Eu me esqueci! A Daniela Cicarelli deve se formar neste ano em Direito, pela FMU, campus Itaim Bibi, em São Paulo!

  24. Lulaby disse:

    nao se enganem.. dia 14 esta chegANDO
    parem de coisas fantasiosas.. a oab esta passando como um rolo compressor por cima de tudo..
    e a acp de Santa Catarina.. nao pediu tutela antecipada… genios… vcs perceberam isso?? acho que nao… neh
    srsrsr
    vao estudarr….

    • Bacharel disse:

      Lulaby,
      Vc realmente é criativo, aparece com advogado, deposis como Frederico, agora vem como Lulaby, e sempre com a mesma caracteristica de arrogante, gozador.

    • Aline Pereira disse:

      Vc tem acesso a peça para saber???

    • Lerfa Mu disse:

      Não é subestimar demais a Instituição MPF?
      Eles tem ainda outras Procuradorias para acionar.

      • DONO DA VERDADE disse:

        Não se deve subestimar o MPF. Porém, vcs não podem SUPERESTIMAR o MPF!!! Eu acho que é isso o que vcs estão fazendo…
        O MPF tem nobres funções, mas ele é tal qual qq outro sujeito processual qdo em juízo! Há mtas ações q o MPF perde (e falo disso com conhecimento de causa). Perder uma ação não é motivo de vergonha!
        Vcs estão colocando o MPF numa posição de superioridade em relação a OAB, o que é totalmente equivocado! A OAB é uma importante instituição assim como o MPF. Trata-se de um processo em que estão envolvidos duas GRANDES instituições.
        Por mais que vcs não queiram acreditar, a verdade é que a OAB está em pé de igualdade com o MPF! A OAB não teme o MPF (da mesma maneira, q nenhum sujeito processual deve temer ao outro!!!)

    • Lerfa Mu disse:

      Se há um fato é que virou guerra, e a OAB sabe que há muito mais que o simples exame de ordem… Se é tão fácil unificar as ações, por que Goiania, a ACP da PRGO ainda não teve a tutela julgada?
      Restam PRRS e PRSP, esta última, São Paulo, o osso mais duro de roer.

      • DONO DA VERDADE disse:

        Porque, até o presente momento, não há uma razão para que as mesmas sejam unificadas. Veja bem: cada Procuradoria da República só pode atuar num determinado território. A Procuradoria em Goiás não pode ajuizar uma ação no DF, afinal ela só é competente para atuar em Goiás!
        Mas o “samba” que estão fazendo implicará numa intervenção do STJ, como aconteceu no Enem, daí sim haverá possibilidade de haver um único foro competente para conhecer das ações referente ao Exame 2010.2.
        Lembrem-se qual foi a primeira jurisdição que se pronunciou a respeito do Exame. Porque, caso ocorra a fixação de um único foro, demais ações que sejam (re)distribuidas a ele obteram o MESMÍSSIMO provimento do ‘leading case’….Essa é a realidade!

  25. Luiz disse:

    O objetivo desta luta toda é demonstrar a falta de respeito com os bacharéis que se submeteram ao exame 2010.2.
    O exame de ordem 2010.2 primou em sua primeira fase por buscar dos acadêmicos o conhecimento médio para o mercado de trabalho, bem como, a 2º fase buscou de forma coerente a aplicabilidade destes conhecimentos, contudo, o que realmente é absurdo, antidemocrático e impositivo é a forma como as provas da 2º fase foram corrigidas.
    Determina o edital do certame, no titulo 1, item 1.1, a observância do provimento 136/09 da OAB, destacando-se neste o preceito estatuído no art. 6º, §3º , o qual prevê: “ O Exame de Ordem abrange 02 (duas) provas, compreendendo os conteúdos previstos nos Eixos de Formação Fundamental e de Formação Profissional do curso de graduação em Direito, conforme as diretrizes curriculares instituídas pelo Conselho Nacional de Educação, bem assim Direitos Humanos, Estatuto da Advocacia e da OAB, Regulamento Geral e Código de Ética e Disciplina, além de outras matérias jurídicas, desde que previstas no edital, a saber: § 3º Na prova prático-profissional, os examinadores avaliarão o raciocínio jurídico, a fundamentação e sua consistência, a capacidade de interpretação e exposição, a correção gramatical e a técnica profissional demonstrada.”
    Na prática é nítida a violação do edital do certame, bem como o provimento da OAB, na peça prático profissional de penal foram avaliados os quesitos de tese de defesa (pontuação total 4.0), pedidos (0,25), rol de testemunhas (0,25), data da peça (0,50).
    Pasmem senhores, hoje o bacharel em direito não precisa saber para onde endereçar a peça, saber qual a peça correta, não há necessidade de fundamentação, não é necessário “pensar como juristas” e ainda o pedido de seu cliente vale menos do que a data da peça, ou seja, na prática acerte a data e erre o pedido.
    A minha conclusão acima é baseada no objetivo da prova de 2º fase, que, para meu mínimo entendimento, deveria aproximar-se do que busca as searas jurídicas.
    Sinto-me como bacharel em direito de mãos atadas, de punho cortados frente à imposição desta instituição que deveria ter credibilidade pelo menos entre aqueles que buscam labutar nos fóruns de nosso País.
    Apreendi a gostar e admirar a advocacia, a querer lutar pelo próximo juridicamente, a amar a profissão que me esperava, contudo, vejo quanto é ilusório o que se apreende nos bancos de graduação, de nada adianta estudar e buscar o conhecimento se no fundo não será o mercado o grande temor e sim a prova da OAB.
    Não entrarei no mérito de constitucionalidade desta prova, acredito em sua necessidade, porém, não como ocorre, tenho a certeza de que exame de ordem não define profissional, caso definisse não teríamos um País como este.
    Gostaria ainda, de informar que muitos juristas que hoje brilham no Brasil, não fizeram esta prova e mesmo assim são admiráveis e exemplares os seus conhecimentos e suas decisões.
    Em relação às ACPs, caracterizada pelo Presidente da OAB como “tática de guerrilha”, as mesmas cumprem o seu papel, são os meios necessários para a busca dos nossos direitos. Admira-se a conduta do Presidente da OAB que não é capaz de reconhecer a violação do edital, sendo assim, cabe a OAB, demonstrar de forma jurídica e não aos gritos que estas ACPs não possuem fundamentos.
    Desta forma, peço, clamo e luto por aquilo em que ainda quero acreditar, ou seja, na aplicação da lei, no judiciário e no cumprimento do edital deste certame.

    • Luiz disse:

      O texto acima é o meu desabafo, aconselho a tds continuarem buscando a tutela judicial e a estudarem para a próxima prova…

  26. Urso_adv disse:

    Leonardo, uma dúvida: Uma vez protocolado o pedido de inscrição nos quadros da ordem e com o número na mão (obtido por meio do site do CNA), antes da solenidade de entrega da certidão, é possível assinar peças ou, futuramente, pode dar problema???

    • Lulaby disse:

      tipo claro que nao..
      mas eh melhor vc esperar..
      amigo..
      va por mim.. espera mais um dia ou doias..
      pra quem esperou cinco anos, oq eh esperar mais uns um mes ou dois…
      relaxa cara..

    • Kelli Chris disse:

      Respondendo….. claro que pode assinar peças, vc está apto para exercer sua profissão, é avisado no ato da inscrição, a minha seccional avisou pelo menos….. certidão com o seu número é justamente para isso, enquanto não sai a carteirinha…. Em fim um Tópico para os aprovados!!!!!!!!!!!!

      aproveitando…… aos aprovados: entrem na comunidade do orkut destinada a troca de informações:http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=109333967

  27. ANA CLAUDIA disse:

    PESSOAL LIGUEM PARA O MPF DE SÃO PAULO CENTRAL DO CIDADÃO E PEÇAM UMA NOVA ACP.
    (11) 3269-5000

  28. nara disse:

    E ai galera??????

  29. Aline Pereira disse:

    A OAB ESTÁ FERRANDO OS BACHARÉIS CONFORME ABAIXO:

    27/03/2011 Realização da 2ª fase (prova prático‐profissional)
    20/04/2011 Divulgação do padrão de resposta da prova prático profissional

    O PADRÃO DE RESPOSTAS TINHA QUE SER DIVULGADO 2 DIAS APÓS A REALIZAÇÃO DA PROVA, CONFORME OCORRE NA 1A FASE DO EXAME – tudo leva a crer que esses gabaritos tem sido alterados na fase de correção para reprovar o máximo de candidatos.

    O MPF poderia impugnar essa parte do Edital para nós. Vamos a Luta.

    • Bacharel disse:

      Porque o prazo tão longo pra divulgação do gabarito, isto é propostal para eles criarem um padrão de resposta fora do normal a fim de prejudicar os candidatos, ou seja, exigir respostas que não estavam claras nas perguntas. Como aconteceu no exame 2010.2

    • DONO DA VERDADE disse:

      ESSE é um ponto que eu acho inaceitável! Para q que publicar o padrão de resposta (gabarito) quase 1 mês após a prova???
      A título de exemplo, a Unicamp acabou de fazer a 2ª fase do seu vestibular, na qual todas as perguntas são discursivas. As provas foram aplicadas entre domingo e terça-feira da semana passada. Todas as respostas esperadas pelas bancas corretoras já estão no site da universidade hoje, segunda-feira!
      Eu creio q ESSE sim é um ponto que vcs deveriam pedir explicação para a OAB!

  30. O comentarista disse:

    Alguém pode me responder se essa instituição tem alguma ética.

    OAB recomenda a inscritos no Enem que procurem MP: pode haver anulação. (OBS: para o Exame de Ordem o MP não tem legitimidade). aff.

    http://www.oab.org.br/noticia.asp?id=20883

    OAB requer ao MEC anulação do Enem: quebra de paridade entre candidato.

    http://www.oab.org.br/noticia.asp?id=21033

  31. DIGA NÃO AO EXAME! disse:

    PESSOAL, NÃO PODEMOS PERDER AS ESPERANÇAS POR CAUSA DE UMA LIMINAR DERRUBADA!!

    EXISTEM MTUITAS PESSOAS QUE CONSIDERAM ESSE EXAME ILEGAL!!

    PRECISAMOS FAZER BARULHO!!!

    NESSE SITE HÁ DEPOIMENTOS DE ESTUDANTE E ATÉ ALGUNS JURISTAS SOBRE A ILEGALIDADE DO EXAME:

    http://www.internetshouldbeillegal.com/

    NÃO PODEMOS DEIXAR AS COISAS ASSIM!

  32. Lerfa Mu disse:

    Parabéns ao Dr. Leonardo Castro por colocar ordem nesse blog, alguns querem sempre se aproveitar da democracia para a esta colocar fim…

    Saiu há pouco.

    http://www.conjur.com.br/2011-jan-24/mpf-move-quarta-acao-correcao-exame-ordem

    Santa Catarina, avalanche. Ajuizada hoje.

  33. LUCIENE disse:

    O MPF REALMENTE ESTÁ EM UMA GUERRA, POIS A CADA LIMINAR DERRUBADA, ELE ENTRA COM UMA ACP DIFERENTE EM CADA ESTADO

    É ISSO AI PMF!!!!!! FOGO NO PUT……

    • ALANA disse:

      “Vamos celebrar a estupidez humana
      A estupidez de todas as nações
      O meu país e sua corja de assassinos
      Covardes, estupradores e ladrões
      Vamos celebrar a estupidez do povo
      Nossa polícia e televisão
      Vamos celebrar nosso governo
      E nosso Estado, que não é nação
      Celebrar a juventude sem escola
      As crianças mortas
      Celebrar nossa desunião
      Vamos celebrar Eros e Thanatos
      Persephone e Hades
      Vamos celebrar nossa tristeza
      Vamos celebrar nossa vaidade.

      Vamos comemorar como idiotas
      A cada fevereiro e feriado
      Todos os mortos nas estradas
      Os mortos por falta de hospitais
      Vamos celebrar nossa justiça
      A ganância e a difamação
      Vamos celebrar os preconceitos
      O voto dos analfabetos
      Comemorar a água podre
      E todos os impostos
      Queimadas, mentiras e seqüestros
      Nosso castelo de cartas marcadas
      O trabalho escravo
      Nosso pequeno universo
      Toda hipocrisia e toda afetação
      Todo roubo e toda a indiferença
      Vamos celebrar epidemias:
      É a festa da torcida campeã.

      Vamos celebrar a fome
      Não ter a quem ouvir
      Não se ter a quem amar
      Vamos alimentar o que é maldade
      Vamos machucar um coração
      Vamos celebrar nossa bandeira
      Nosso passado de absurdos gloriosos
      Tudo o que é gratuito e feio
      Tudo que é normal
      Vamos cantar juntos o Hino Nacional
      (A lágrima é verdadeira)
      Vamos celebrar nossa saudade
      E comemorar a nossa solidão.

      Vamos festejar a inveja
      A intolerância e a incompreensão
      Vamos festejar a violência
      E esquecer a nossa gente
      Que trabalhou honestamente a vida inteira
      E agora não tem mais direito a nada
      Vamos celebrar a aberração
      De toda a nossa falta de bom senso
      Nosso descaso por educação
      Vamos celebrar o horror
      De tudo isso – com festa, velório e caixão
      Está tudo morto e enterrado agora
      Já que também podemos celebrar
      A estupidez de quem cantou esta canção.

      Venha, meu coração está com pressa
      Quando a esperança está dispersa
      Só a verdade me liberta
      Chega de maldade e ilusão.

      Venha, o amor tem sempre a porta aberta
      E vem chegando a primavera –
      Nosso futuro recomeça:
      Venha, que o que vem é perfeição”

      (surtadaaa!)

    • O comentarista disse:

      Frases de colegas.

      “OAB vai acusar os Procuradores de Formação de quadrilha”
      “Contra terrorismo só mesmo tática de guerrilha”

    • DONO DA VERDADE disse:

      é aí q vc se engana!!! vc nao viu o q aconteceu em relação ao enem e ao sisu? diante da profusão de provimentos judiciais a respeito, uns contrários, outros favoráveis, a AGU buscou junto ao STJ uniformização. E o q aconteceu?? Ficou estabelecido q será competente para apreciar qq ação relativa ao enem o foro que apreciou pela primeira vez algo sobre a matéria: a Justiça Federal no Maranhão! Vai ser isso que a OAB vai fazer caso se multipliquem ações sobre o exame em diversos nos Estados!
      Não se enganem: esse pessoal não dá ponto sem nó!

  34. O comentarista disse:

    MPF quer recorreção de Exame da OAB (SC)

    Extraído de: Procuradoria da República em Santa Catarina – 2 horas atrás
    Ação busca esclarecer critérios aplicados nas provas prático-profissionais

    O Ministério Público Federal em Santa Catarina ingressou com Ação Civil Pública contra o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e a Fundação Getúlio Vargas (FGV), requerendo a recorreção das provas do Exame da Ordem, realizado no segundo semestre de 2010. A ação foi elaborada pelos procuradores da República André Stefani Bertuol, Mário Sérgio Ghannagé Barbosa e Rodrigo Joaquim Lima.

    http://www.jusbrasil.com.br/noticias/2541936/mpf-quer-recorrecao-de-exame-da-oab-sc

  35. Daniel disse:

    4103-84.2011.4.01.3400 o numero da acao civil do df,, que caiu…..
    bem feito..
    agora so resta….estudar.

    • esperançosa disse:

      PRQ O MPF NÃO PEDE A CONVOCAÇÃO DOS REPROVADOS PARA NOVA PROVA, AO INVÉS DE PEDIR A SUSPENSÃO? SERIA MENOS GRAVOSO PARA A OAB.

    • LUCIENE disse:

      AGORA O MPF DE SANTA CATARINA AJUIZOU UMA ACP E AINDA PEDIU A DEVOLUÇÃO DOS VALORES, OU QUE OS REPROVADOS DE 2010.2 DE INSCREVAM SEM PAGAR A TAXA NOVAMENTE

      E AINDA VEM MUITO MAIS…

      ESPERO QUE CADA MPF IMPETRE UMA ACP PARA NÃO DEIXAR O EXAME 2010.2 PASSAR EM BRANCO COMO OS OUTROS.

  36. TR disse:

    SAIU A DECISÃO DA ACP -DF…LIMINAR INDEFERIDA!!! Desisto…esse país é um nojo!!!

    • O comentarista disse:

      O tribunal não deve ter entrado no mérito.

      NEGATIVA DE TUTELA JURISDICIONAL. A corda sempre arrebenta pro lado dos mais fracos. aff.

      • SANOAB disse:

        APRENDE MPF, ELABORA UMA AÇÃO CIVL QUE NÃO PREJUDIQUE, QUE NÃO PIORE A SITUAÇÃO.

        NÃO DA PARA SE TOCAR PESSOAL, DO JEITO QUE FOI ELABORADA A AÇÃO CIVIL IRIA PREJUDICAR MAIS AINDA A SITUAÇÃO.

        FOI UMA VERDADEIRA COPIA DE OUTRAS AÇÕES CIVIS E AINDA NÃO TIVERAM NEM A CAPACIDADE DE OBSERVAR A DECISÃO ANTERIOR QUE PREJUDICABA OS APROVADOS.

        • Santista disse:

          Talvez vc queira substituir os procuradores do MP!!
          Caso sim, vá estudar e muito, pois para entrar tem que ser muito bom; ha e não basta sr do tipo; azarando pessoal no blog!!

          • SANOAB disse:

            NÃO ADIANTA SER MUITO BOM PARA ENTRAR E DEPOIS DEIXAR A PETECA CAIR CARO COLEGA.

            BASTA VOCE VER O QUE ACONTECE COM O FUNCIONALISMO PUBLICO HOJE, ESTUDAM MUITO PARA PASSAR E DEPOIS QUE ENTRA É CORPO MOLE PARA TODO LADO, APENAS UMA MINORIA TEM A CONSCIENCIA DO CARGO PUBLICO QUE OCUPAM E COM CERTEZA ESTES TRABALHAM PELOS DEMAIS.

            E MAIS NÃO TO AZARANDO NINGUEM MESMO PORQUE TENHO MUITOS AMIGOS INJUSTIÇADOS NESSE EXAME E TORÇO PARA UMA CORREÇÃO JUSTA.

            VOCE QUE DEVERIA ESTUDAR E SABER QUE ALEM DE NARRAR OS FATOS DEVE-SE SABER PEDIR CORRETAMENTE E O QUE É NECESSARIO.

            OU VOCE É INOCENTE E NÃO PRESTOU A ATENÇAO QUE FOI PEDIDO E FOI NEGADO LIMINARES QUE IRIAM PREJUDICAR OS APROVADOS.

            EU JÁ FUI APROVADO NESTE EXAME SEM PRECISAR DE RECURSO E QUERO QUE SEJA FEITO JUSTIÇA PARA QUEM MERECE E NÃO POR UM BANDO DE APROVEITADORES BARULHENTOS QUE QUEREM SUJAR A AGUA DE UMA VEZ PARA VER SE CANCELA A PROVA.

            MEU AMIGO JUIZ NÃO É TONTO NÃO E TAMBEM É TÃO BOM QUANTO O MPF, AGORA ACHAM QUE ESTA BARULHEIRA TODA É TUDO VERDADE, SOU DE ARRISCAR AQUI QUE MAIS DE 50% DOS REPROVADOS IRÃO PIORAR SUAS NOTAS SE EXIGIR REALMENTE O QUE PEDEM NO PROVIMENTO.

      • ALANA disse:

        ” se o chão abriu sob seus pés
        e a segurança saiu da faixa
        se as peças estão todas soltas
        e nada mais se encaixa

        oh, crianças isso é só o fim.

        sempre acorda angustiado
        e apressado vai à lua
        mas mesmo assim
        acordado
        o pesadelo continua

        oh, crianças, mas isso é só o fim
        só o fim!”

        Exaustaaa..

        • Flavinha disse:

          Todos estão, mas não desanime!!
          Ao contrário do que diz a letra, isso é só o começo (para o bem ou para o mal).
          Ontem eu li (já suspeitava, rsrsr) que a vida não é nem uma festa, e nós não estamos aqui a passeio.
          Isso aqui é um verdadeiro campo de guerra e, assim como vc, outras pessoas estão exaustas, mas essa (quase sempre) é a regra e não a exceção.
          Encare isso como mais uma batalha, se sinta compreendida em sua angústia, mas forte para lutar.

          • ALANA p/ Flavinha disse:

            Obrigada, Flavinha.

            Foi um momento nem sei se de desespero ou indignação.

            Jamais imaginei passar por uma prova tão controvertida como essa..

            é para mexer com os nervos de qualquer um.

            Você está coberta de razão, a batalha apenas começou e por algum motivo temos que fazer parte dela.

            O que percebo é que a coisa não andava bem há tempos e agora o copo, que já estava cheio, transbordou.

            Ainda que fazer a prova toda de novo seja, ao que tudo indica, uma medida que se impõe, creio que ao menos nos próximos exames vão pensar um pouco melhor antes de fazer o que bem entenderem.

            Até porque estão vendo que consertar as coisas depois dá um trabalhão…

  37. O comentarista disse:

    TUTELA ANTECIPADA DO PROCESSO DO TRF DO DF – FOI INDEFERIDA – FALTA DE VERGONHA.

  38. VICTOR VALENTIM disse:

    FORA OPHIR!!!!!!

  39. valu disse:

    Olá amigos, será que o exame 2010.3 vai ser prejudicado pela ações que estão em andamento em face ao 2010.2, já me inscrevi, mas esta confuso tudo isso.
    Tudo porque o tal ( EDITADO) traiu as suas proprias promessar de realizar uma corração compatível com o Edital.

    (NESSA PARTE DELETADO)

    • O comentarista disse:

      Vai ser prejudicado sim. Os prazos e datas devem ser modificados.

      Só acho que a OAB deveria divulgar o Espelho de Correção da segunda fase dois ou três dias após a aplicação da prova, assim como ocorre na primeira fase, para que não haja dúvidas sobre a manipulação do gabarito e dos resultados.

      • Bacharel disse:

        Concordo, com isso evita manobras por parte da OAB para tirar pontos dos candidatos, como acontecenu no exame 2010.2 segunda fase.

  40. Bacharel disse:

    Porque será que não sái na impressa falada e escrita nada sobre o que esta acontecendo, com a OAB quanto a açoes que está sofrendo, as queixas quanto a forma de elaboração e correçao das provas, sobre os seus erros, bem como as pegadinhas que fazem para derrubar candidatos, a exemplo gritante do último exame 2010.2.

    Que poder é esse que consegue calar todo mundo, não sai nada nos jornais, aqui em SP, Estadão e Folha de São Paulo,e não sai nada também nas revistas Veja, Isto È.
    Temos que mandar e-mail para esses canais de comunicação com denuncias de tudo que está acontecendo.

    • DONO DA VERDADE disse:

      Meu querido, como eu posso te falar isso sem magoá-lo?
      Vamos lá: a mídia não está falando nada sobre o caso, pq simplesmente NÃO HÁ caso para ser comentado! São vcs que estão superestimando a situação! Eu sinto-lhe informar que essas “super” ações que o MPF está movendo não são nada no contexto jurídico, e provavelmente ficarão mto tempo encostadas para, no final, obterem extinção por perda superveniente do objeto da lide. Essa é a realidade, infelizmente!
      Por isso, como disseram aí embaixo, quem ainda nao logrou aprovação no exame de ordem precisa estudar!!!

      • Carmem Lúcia disse:

        Concordo plenamente. É o que aconteceu com o 2009-2, 2009-3, 2010-1 e 2010-2 e, certamente acontecerá com o 2010-3.
        O MPF e o Judiciário tomam essa atitude para apaziguar os animos exaltados de poucos candidatos. é mais ou menos um “sossega leão”, ou no pior das hipóteses um “cala a boca”.
        Sempre foi e continuará sendo assim.
        É uma forma de ludibriar os candidatos dizedo “não impetrem MS pois pode prejudicar ou anular o andamento da Ação interposta pelo órgão competente.
        O desfecho do 2010-2 será igual aos anteriores – nada será feito em prol dos candidatos.
        Os cursinhos continuarão enriquecendo. A OAB cada vez mais milhiardária. E os alunos pagando, pagando e pagando.
        Esqueas ACP, MSs, protestos, apitaços (?), passeatas, manifestações de caras pintadas e nariz de palhaços.
        A única coisa que resolve é estudar para o 2010-3, 2011-1/2/3, 2012/1/2/3, 2013/1/2/3. 2014/1/2/3,………………
        Que Deus nos ajude.
        E um dia, quem sabe, a verdadeira JUSTIÇA seja feita.

        • O comentarista disse:

          ânimo exaltado de muito (a maioria)
          Essa ação servirá para atrasar o próximo exame.

          • LUCIENE disse:

            E O QUE VC ME DIZ DO SISU?

            ENEM?

            NÃO TEM CASO PARA COMENTAR…???

            ACHO QUE VC ESTÁ EQUIVOCADO, POIS SOMOS 106 MIL INSCRITOS E 88% INJUSTIÇADOS, E SERÁ QUE ESSES NÚMEROS NÃO SÃO SUFICIENTES PARA QUE SEJA DIVULGADO ALGUMA REPORTAGEM NA IMPRENSA?

            CONCORDO COM O COLEGA QUE ELES SÃO PODEROSOS QUE CALAM A BOCA ATÉ DA IMPRENSA…

            • Pedro disse:

              acho que equivocado está vc amiga, me perdoe mas acho que não são 88% de injustiçados, no maxímo 1% e olhe lá! Olhei algumas provas que meu deus, faz vergonha. Ocorre que poucos aqui tem noção que realmente não tem a menor condição de passar. A grande maioria fica com a esperança de que o MPF derrube algo que eles não sabem o que, para ver se entram pelas portas dos fundos.

            • Lulaby disse:

              106 mil..
              nao eram so os 30..000 da segunda fase?
              kk
              eu nao sei nao viu..nao aprende nada mesmo

            • DONO DA VERDADE disse:

              eu não sei pq vc prefere pensar assim! mas, enfim, não se pode abrir os olhos daqueles q não querem enxergar!
              parece-me q o enem é algo diferente do exame da ordem, lá a falha parece ser mais grave.

              • ALANA p/ Flavinha disse:

                Fico imaginando o que pode ser mais grave, falhas no site referente às incrições para estudantes que pretendem entrar na universidade ou falhas nas correções das provas de pessoas já graduadas, muitas das quais pais de família, que pretenderm TRABALHAR?

                Por certo ambos os casos são graves, afinal qualquer que seja a falha deve ser corrigida, mas se colocarmos a proporcionalidade na questão, fica fácil saber a resposta, não acha?

                • ALANA disse:

                  O post é para “DONO DA VERDADE”

                • DONO DA VERDADE disse:

                  O grande problema, Alana, é que as falhas no Enem e no Sisu foram tão evidentes que não houve como negá-las.
                  Já em relação ao Exame 2010.2, as falhas não parecem tão evidentes assim, tanto que as ações estão sendo julgadas improcedentes. Parece que “o problema” com 2010.2 está apenas na cabeça dos reprovados…
                  Ademais, o exame reprovou em torno de 80% a 90% dos candidatos. Esse percentual está de acordo com os índices históricos dos Exames de Ordem, ou seja, a reprovação sempre foi nesta magnitude, portanto, não é possível dizer que esse exame teria sido “excepcional” em termos de reprovação. Não há como dizer que um grande número de alunos teriam sido reprovados injustamente, afinal a média continuou a mesma!

                  • ALANA disse:

                    O “problema” do 2010.2 talvez esteja na “cabeça” dos reprovados, do MPF, e da banca examinadora que achou por bem, por mera liberalidade desrespeitar o provimento 136/09 que deveria nortear o exame.

                    Todo o meu respeito a você e aos demais aprovados, mas com franqueza, dizer que não houve “problema” na última prova é uma atitude desesperada de quem quer tapar o sol com a peneira, ou jogar a sujeira para baixo do tapete, o que em todo caso não está dando certo.

                    Apenas para que conste, nenhuma das ações foram julgadas improcedentes, apenas os pedidos liminares foram indederidos, porém o mérito das ações ainda está pendente de julgamento.

                    Por fim, o indice de reprovação dentro do “normal” a que você se refere, mostra apenas meias verdades que a OAB e talvez você queira que a gente engula…

                    Não vamos engolir. Não mais..!

      • Bacharel disse:

        Concordo com você Dono da Verdade, a minha pergunta foi em razão de tudo que esta acontecendo e nada é comentado na impressa, é nçao é pouca coisa, digo estão querendo saber quem fez as correções, as formas de elaboraçao, as pegadinhas, be, copmo a exigência de respostas que não fiocaram claras nas questões, isto sim é muita coisa, nunca a OAB foi tão questionado como está sendo hoje, sua imagem com certeza ja esta um pouco arranhada e devera trazer algumas mudanças nem que seja pequenas.

        Quanto se vai dar alguma coisa isto é outra questão, pessoalmente acredito que não vai dar em nada, gostaria que desse alguma coisa sim, principalmente quanto a uma mudança significativa na elaboração das questões, formas de correção bem como a OAB ser proibida de continuar a manter pegadinhas nas provas com o objetivo de prejudicar os candidatos para levar os mesmos a erros.

        Quanto a obtenção da carteira só existe uma única saída que é estudar se preparar muito e ficar atento para os truques da OAB, isto já estou fazendo, me preparando para o próximo exame, pois fiquei por 1,05 e nao quero errar de novo.

        Para mim se depois de tudo isso tiver mudanças quanto a aplicação desse exame está otimo, quanto a ser insconstitucional ou não isto com certeza não dará em nada, o exame será mantido sem dúvida nenhuma.

        • DONO DA VERDADE disse:

          Bacharel, não concordo qdo vc diz q a imagem da OAB esteja arranhada. Talvez esteja arranhada perante os candidatos reprovados. Mas perante o grande público acredito que não, afinal a instituição já anunciou que moverá ações para fazer cessar as tais pensões vitalícias dos ex-governadores de estados. isso é ótimo perante a opinião pública, sejamos francos!

          • Lulaby disse:

            nao adianta conversar com eles.. sao todos equivocados.
            fazer o que neh…
            esta parecendo o mito da caverna de platao

            • Bacharel disse:

              Quando disse imagem arranhada foi justamente com o candidatos que de certa forma foram injustiçados.

              Quanto as outras ações da OAB, a exemplo das pensões realmente a OAB está de parabéns, mas digo que são ações distintas.

              Quanto a forma de aplicação das provas isso sim deve e tem que mudar, não pode continuar dessa forma, em que milhares de candidatos são prejudicados de forma totalmente injusta.

            • Santista disse:

              Não sei o que é pior, se os que não vão estudar e ficam perdendo tempo, ou se é vcs, ao menos no que parece, já passaram e ficam pertubando a vida dos que não passaram!!
              Nossa, que porcaria de advogados vcs serão, não sabe que para se ter um pretenção resistida, primeiro tem que haver a inconformação?
              Acho que querer que vcs pensem nisso é exigir demais, posto que sabem os que nessa loteria que se tornou esse exame de ordem, nem todos que passam, são capacitados, e isso a OAB adora, posto que vai logo, logo lhes mandar o carnezinho, e aí, aí de quem não pague.
              Por isso vão procurarclientes, vão!!!

  41. Observador (do Caos criado) disse:

    Uma pergunta objetiva ao que se intitula advogado

    Antes de qualquer outra coisa impende informar que no meu caso eu fui aprovado neste 42º Exame de Ordem, e o fato de ter sido aprovado não retira a minha solidariedade às vítimas de uma correção abusivamente enviesada…

    Cidadão, você tem idéia da dimensão do seu comentário depreciativo em relação ao MPF? És muito valente para falar o que falou. Então pergunto eu. Mantém o que disse do MPF? Sustenta tudo que disse da putativa incompetência dos Procuradores da República?

    Assim saberemos se seu caso é oportunismo, insanidade, covardia, ou se algo que considere coragem.

    Particularmente pelo que li em outros blogs, e pela sensatez, inclusive pelos vícios dos atos administrativos, a razão parece claramente socorrer ao Ministério Público Federal.

    ( EDITADO – QUALQUER MSG DE CUNHO DEPRECIATIVO REFERINDO-SE A QUALQUER INTITUIÇÃO SERÁ REMOVIDA )

    • Observador (do Caos criado) disse:

      Reafirmo a pergunta tomando como excerto o que foi postado abaixo.
      ( EDITADO) Não uso servidor proxy, nem programas como hide my ip. Talvez o que se intitula “Advogado” faça uso de tais mecanismos da internet.

      A questão é, podemos não gostar, temos o direito de não gostar do (EDITADO), ou de qualquer outra instituição, mas sua asserção ameaça inclusive a este blog democrático, e absolutamente honesto.

    • Pedro disse:

      Amigo já vi que vc vai sofrer quando tiver uma ação e nesta estiver um Procurador como parte, vai pedir abença drº! Amigo a verdade é que existem procuradores fracos sim! que gostam de aparecer mais ainda e que perdem quase todas as ações que são impetradas, QUASE TODOS! Deixe de ser frouxo, se for pra ter medo de Juiz e MP tá na carreira errada é melhor fazer arquitetura com especialização em decoração. (ai vai ter medo do engenheiro).

  42. Advogado disse:

    [ USUÁRIO EXPULSO ]

  43. adair ribeiro dos santos disse:

    Quanto aos efeitos da declaração de inconstitucionalidade, como é do conhecimento todo bacharel em direito, pode ser ex-tunc ou ex-nunc, ou seja, com efeitos retroativos ou a partir da data do julgamento (modulado). Os ministro do STF não são insanos para, na hipótese, de declararem inconstitucial o exame da OAB aplicarem os efeitos ex-tunc. Essa hipótese beira devaneio jurídico.

  44. ANA CLÁUDIA disse:

    [ USUÁRIO EXPULSO ]

    • VÁ ESTUDAR disse:

      fica perdendo tempo com choradeiras esperando alguem fazer algo por vc, levante a cabeça e estude vc é capaz

      • Advogado disse:

        com certeza….

      • Fica Atento disse:

        Enquanto vocês ficam ai tanta coisa do gênero escrevendo, não esqueçam, o MPF pode estar lendo

        Maravilha a profusão de provas para o MPF abrir mais duas ou três novas ACPs…

        • Advogado disse:

          vc sabe regras processuais… amigo..
          e eu com isso..
          eu fui..
          curtir minha carteira.. e meu numero..
          direito adquirido..
          faça oq fizer o mpf no pode nos prejudicar….
          corra atras do seu…

  45. DONO DA VERDADE disse:

    Eu não sei se este post foi irônico ou não por parte do Dr Leonardo. Mas vi gente considerando o fato de o Renato Aragão ser advogado como sendo uma aberração no blog da Dilma.
    Pra mim, isso é preconceito! O fato de ele ter seguido uma carreira artística, especialmente no humor, não desmerece eventual capacidade intelectual que ele possua.
    Primeiro, fazer rir é muito difícil e as artes em geral, de modo algum, não são menos importantes que a ciência jurídica. Ambos são campos importantes na existência humana.
    Segundo, é fato notório que a Sharon Stone tem um dos QIs mais altos dos EUA, daí fazer parte de uma associação que congrega pessoas com essa mesma característica. Não é por isso que ela precisou se enfiar em um laborátorio para pesquisar DNA ou escrever sobre a filosofia de Hegel. Ou seja, quero dizer que não há um padrão para alguém ser inteligente, uma pessoa capaz pode estar em qq profissão! Então, meus amigos, abandonem o estereótipo!
    Terceiro, o Renato Aragão se formou em outros tempos: existiam poucas faculdades de direito no país e o ensino não havia ainda se transformado numa mercadoria. daí, naquele momento, ser desncessário o exame (diferente do nosso tempo). Àquela época, ele havia preenchido todos os requisitos para se tornar advogado, portanto é seu direito adquirido.
    Sendo assim, lembro-lhes que não julguem as pessoas, não demonstrem preconceito, afinal essa mesma atitude poderá voltar-se contra vcs. Acho q vcs não gostam de ser menosprezados, rebaixados em razão de não conseguirem acertar 50% ou 60% de uma prova, não é mesmo?
    Se vcs acham que o fato de ser reprovado numa prova (na minha opinião, até pouco exigente) não tem o condão de desmerecer alguém, eu tenho certeza de que o fato de um advogado ter seguido uma carreira no humor também não é desmerecedor de sua capacidade! (E, sejamos francos, um humorista no naipe dele está melhor que a maioria dos advogados!)

    • oswaldo maia disse:

      Faço minhas sua palavras, o Renato Aragão nos faz e nos fêz rir que é muitíssimo mais difícil que advogar. A falta de respeito com o artista é tamnha e vergonhosa a todos e não apenas aos bacharéis. Mil desculpas RENATO, por esse que é uma exceção à classe dos bacharéis que lutam por uma causa justa que é a de trabalhar livremente como em qualquer outra profissão. Desconsidere advogado RENATO pois aquele não é o nosso pensamento. Você foi advogado segundo as regras à época e o seria se o quizesse hoje, pois tem capacidade para tal, se prepararia e passaria certamente. Nosso respeito RENATo ARAGÃO. Deus te proteja.

    • O “post” não foi elaborado com a intenção de dizer que o Didi não tem capacidade para ser advogado. Aliás, sinceramente, isso nem passou pela minha cabeça. Um abração!

      • Rita disse:

        RSRSRSRSR,Acredito em vc Leonardo. Tem gente que já esta surtando…rsrsrsrsrsrs, entende né?
        Afinal, ser um DiDi Moco, com tudo o que ele tem e conquistou… é bem mais vantajoso do que ser advogado neste País…

    • Fabiana disse:

      Castor de Andrade também era advogado. A OAB não sabia que ele presidia o jogo de bicho.

      Desconhecia que na seccional do CE é desnecessária a informação do endereço do advogado.

  46. Observador (do Caos criado) disse:

    Colegas, saudações. Quem acompanha os blogs está sabendo que o MPF não está para brincadeira.
    O meu objetivo com esta postagem não é colocar terror, sugerir que o 42º Exame vá ser anulado, não é por aí.
    O que informarei abaixo é que há uma agenda bem definida do MPF contra a OAB, essa agenda muitos poderão considerá-la justa, e quem ler as movimentações processuais de duas ACPs mais antigas, da PRGO e da PRDF, poderá entender que esta lambança no 42º Exame de Ordem alavanca outras ACPs mais antigas. Uma ainda por julgar, e outra em grau de apelação.
    Todas duas no TRF-1.

    Processo: 2006.34.00.027496-8
    Nova Numeração: 26758-26.2006.4.01.3400
    Classe: 65 – AÇÃO CIVIL PÚBLICA(7100)
    Vara: 13ª VARA FEDERAL
    Juiz: JOSÉ RENATO RODRIGUES
    Data de Autuação: 31/08/2006
    Distribuição: 2 – DISTRIBUICAO AUTOMATICA (01/09/2006)
    Nº de volumes:
    Objeto da Petição: 1080300 – CONSELHOS REGIONAIS DE FISCALIZAÇÃO PROFISSIONAL E AFINS – ENTIDADES
    ADMINISTRATIVAS/ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA – ADMINISTRATIVO
    Observação: NA QUALIDADE DE ARRCADADORES E GESTORES DE DINHIERO PÚBLICO, SEJAM CONDENADOS A PRESTAR CONTAS AO TCU
    Localização: 11 – EM BRANCO
    Movimentação
    Data Cod Descrição Complemento.
    22/09/2010 16:17 137 CONCLUSOS PARA SENTENCA
    17/12/2009 17:08 218 RECEBIDOS EM SECRETARIA SEM PETIÇÃO
    16/12/2009 15:47 126 CARGA: RETIRADOS ADVOGADO REU RETIRADOS P/CÓPIAS P/O A B/DF. –
    ADVG:DF0008834E MARCELO LINDOSO
    23/09/2009 08:02 218 RECEBIDOS EM SECRETARIA SEM PETIÇÃO
    18/09/2009 16:44 126 CARGA: RETIRADOS ADVOGADO REU ADVG:DF00025430 EDUARDO
    LORENZONI CANDEIA
    03/04/2009 07:20 218 RECEBIDOS EM SECRETARIA COM PETIÇÃO
    30/03/2009 07:34 126 CARGA: RETIRADOS AGU INTERESSADO:SR. MANOEL QTDE
    FOLHAS:1149
    26/03/2009 17:55 185 INTIMACAO / NOTIFICACAO / VISTA ORDENADA
    AGU
    26/03/2009 17:55 218 RECEBIDOS PELO DIRETOR SECRETARIA PARA
    ATO ORDINATORIO
    01/10/2008 17:48 218 RECEBIDOS EM SECRETARIA COM PETIÇÃO
    01/10/2008 14:19 126 CARGA: RETIRADOS ADVOGADO REU RETIRADOS P/OABDF –
    ADVG:DF0008834E MARCELO LINDOSO
    23/09/2008 13:43 101 ALEGACOES FINAIS / MEMORIAIS ORDENADA
    INTIMACAO PARA APRESENTACAO
    17/09/2008 19:10 178 INTIMACAO / NOTIFICACAO PELA IMPRENSA:
    PUBLICACAO REMETIDA IMPRENSA DESPACHO
    17/09/2008 19:01 176 INTIMACAO / NOTIFICACAO PELA IMPRENSA:
    ORDENADA PUBLICACAO DESPACHO
    17/09/2008 19:01 154 DEVOLVIDOS C/ DESPACHO
    17/09/2008 19:00 137 CONCLUSOS PARA DESPACHO
    09/07/2008 18:22 218 RECEBIDOS EM SECRETARIA COM PETIÇÃO
    02/07/2008 08:43 126 CARGA: RETIRADOS MPF INTERESSADO:SÉRGIO QTDE
    FOLHAS:1079
    .: Tribunal Regional Federal da 1ª Região :.
    http://processual.trf1.jus.br/%5B22/01/2011 18:14:05]
    01/07/2008 10:38 185 INTIMACAO / NOTIFICACAO / VISTA ORDENADA
    MPF
    01/07/2008 10:38 218 RECEBIDOS PELO DIRETOR SECRETARIA PARA
    ATO ORDINATORIO
    19/06/2008 16:43 210 PETICAO / OFICIO / DOCUMENTO: RECEBIDA(O)
    EM SECRETARIA
    28/05/2008 15:33 101 ALEGACOES FINAIS / MEMORIAIS ORDENADA
    INTIMACAO PARA APRESENTACAO
    26/05/2008 09:17 178 INTIMACAO / NOTIFICACAO PELA IMPRENSA:
    PUBLICACAO REMETIDA IMPRENSA DESPACHO
    16/05/2008 09:15 176 INTIMACAO / NOTIFICACAO PELA IMPRENSA:
    ORDENADA PUBLICACAO DESPACHO
    09/05/2008 19:15 154 DEVOLVIDOS C/ DESPACHO
    09/05/2008 09:14 137 CONCLUSOS PARA DESPACHO
    10/01/2008 20:53 218 RECEBIDOS EM SECRETARIA
    07/01/2008 07:16 126 CARGA: RETIRADOS AGU INTERESSADO:SR. JOÃO QTDE
    FOLHAS:1058
    19/12/2007 12:06 185 INTIMACAO / NOTIFICACAO / VISTA ORDENADA
    AGU
    29/11/2007 18:37 216 PROVA ESPECIFICACAO ORDENADA
    26/11/2007 15:05 178 INTIMACAO / NOTIFICACAO PELA IMPRENSA:
    PUBLICACAO REMETIDA IMPRENSA DESPACHO
    26/11/2007 13:36 176 INTIMACAO / NOTIFICACAO PELA IMPRENSA:
    ORDENADA PUBLICACAO DESPACHO
    26/11/2007 13:36 154 DEVOLVIDOS C/ DESPACHO
    26/11/2007 13:36 137 CONCLUSOS PARA DESPACHO
    18/05/2007 14:51 218 RECEBIDOS EM SECRETARIA
    27/04/2007 09:31 126 CARGA: RETIRADOS MPF RETDIRADOS P/MPF –
    INTERESSADO:MPF
    26/04/2007 17:30 185 INTIMACAO / NOTIFICACAO / VISTA ORDENADA
    MPF
    26/04/2007 17:29 154 DEVOLVIDOS C/ DESPACHO
    26/04/2007 15:46 137 CONCLUSOS PARA DESPACHO
    30/01/2007 12:18 218 RECEBIDOS EM SECRETARIA TITULAR
    19/01/2007 09:01 126 CARGA: RETIRADOS MPF RETIRADOS POR BRUNO –
    INTERESSADO:MPF
    18/01/2007 16:23 185 INTIMACAO / NOTIFICACAO / VISTA ORDENADA
    MPF
    17/01/2007 17:09 176 INTIMACAO / NOTIFICACAO PELA IMPRENSA:
    ORDENADA PUBLICACAO DECISAO
    17/01/2007 17:09 153 DEVOLVIDOS C/ DECISAO OUTROS (ESPECIFICAR)
    15/01/2007 16:52 137 CONCLUSOS PARA DECISAO EMBARGOS DE DECLARAÇÃO
    12/01/2007 17:18 176 INTIMACAO / NOTIFICACAO PELA IMPRENSA:
    ORDENADA PUBLICACAO DECISAO
    12/01/2007 17:17 153 DEVOLVIDOS C/ DECISAO OUTROS (ESPECIFICAR) EMBARGOS REJEITADOS
    09/01/2007 13:03 137 CONCLUSOS PARA DECISAO
    09/01/2007 12:50 153 DEVOLVIDOS C/ DECISAO EMBARGOS DE
    DECLARACAO REJEITADOS
    08/01/2007 11:03 137 CONCLUSOS PARA DECISAO EMBARGOS DE DECLARAÇÃO
    04/12/2006 15:13 135 CITACAO POR OFICIAL MANDADO REMETIDO
    CENTRAL
    04/12/2006 14:01 135 CITACAO POR OFICIAL MANDADO EXPEDIDO
    04/12/2006 09:55 184 INTIMACAO / NOTIFICACAO POR OFICIAL
    AGUARDANDO EXPEDICAO MANDADO
    01/12/2006 18:29 153 DEVOLVIDOS C/ DECISAO LIMINAR DEFERIDA EM
    PARTE
    01/12/2006 18:27 137 CONCLUSOS PARA DESPACHO
    10/11/2006 10:44 210 PETICAO / OFICIO / DOCUMENTO: RECEBIDA(O)
    EM SECRETARIA
    .: Tribunal Regional Federal da 1ª Região :.
    http://processual.trf1.jus.br/%5B22/01/2011 18:14:05]
    27/10/2006 17:11 168 INFORMACAO REQUISITADA / SOLICITADA A
    AUTORIDADE / ENTIDADE
    27/10/2006 17:11 184 INTIMACAO / NOTIFICACAO POR OFICIAL
    MANDADO DEVOLVIDO / CUMPRIDO
    28/09/2006 15:24 184 INTIMACAO / NOTIFICACAO POR OFICIAL
    MANDADO REMETIDO CENTRAL
    28/09/2006 15:24 184 INTIMACAO / NOTIFICACAO POR OFICIAL
    MANDADO EXPEDIDO
    26/09/2006 19:59 184 INTIMACAO / NOTIFICACAO POR OFICIAL
    AGUARDANDO EXPEDICAO MANDADO
    26/09/2006 19:59 154 DEVOLVIDOS C/ DESPACHO
    19/09/2006 11:29 137 CONCLUSOS PARA DECISAO
    12/09/2006 11:35 210 PETICAO / OFICIO / DOCUMENTO: RECEBIDA(O)
    EM SECRETARIA
    01/09/2006 15:40 2 DISTRIBUICAO AUTOMATICA
    Partes
    Tipo Nome
    REQTE MINISTERIO PUBLICO FEDERAL
    REQDO UNIAO FEDERAL
    REQDO CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL
    REQDO CONSELHO SECCIONAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL- DISTRITO FEDERAL
    REQDO CAIXA DE ASSISTENCIA DOS ADVOGADOS DO DF – CAA/DF
    DARCY MARIA GONCALVES (DF00008832)
    LEONARDO VIEIRA LINS PARCA (DF00013523)
    GEORGE FERREIRA DE OLIVEIRA (DF00013438)
    ELIANA PIRES ROCHA
    BRUNO CAIADO DE ACIOLI
    ANNA CAROLINA RESENDE DE AZEVEDO

    Um time de cobras criadas da PRDF. A ação da PRGO vem abaixo, em grau de apelação.

    Processo: 2007.35.00.004188-5
    Nova Numeração: 0004180-26.2007.4.01.3500
    Grupo: Ap – APELAÇÃO
    Assunto: Anuidades OAB – Conselhos Regionais de Fiscalização Profissional e Afins – Entidades Administrativas/Administração Pública – Administrativo

    Autuado em: 16/02/2009
    Órgão Julgador: OITAVA TURMA
    Juiz Relator: DESEMBARGADORA FEDERAL MARIA DO CARMO CARDOSO
    Processo Originário: 2007.35.00.004188-5/GO
    Histórico de Distribuição
    16/02/2009 DISTRIBUIÇÃO AUTOMÁTICA DESEMBARGADORA FEDERAL MARIA DO CARMO CARDOSO
    Partes
    Tipo Ent OAB Nome Caract.
    102 MINISTERIO PUBLICO FEDERAL
    PROC/S/OAB MARIANE GUIMARAES DE MELLO OLIVEIRA
    19 UNIAO FEDERAL
    PROCURADOR DF00026645 MANUEL DE MEDEIROS DANTAS
    CONSELHO SECCIONAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL –
    GOIAS
    ADVOGADO GO00020583 ANDREA BASTOS LAGE MONTEIRO E
    OUTROS(AS)
    CAIXA DE ASSISTENCIA DOS ADVOGADOS DE GOIAS – CASAG
    ADVOGADO GO00024441 VINICIUS FERREIRA DE PAIVA E
    OUTROS(AS)
    Movimentação
    Data Fase Descrição Complemento
    07/10/2009 18:05:00 221100 PROCESSO RECEBIDO NO(A) GAB. DESEM. FED. MARIA DO CARMO
    06/10/2009 14:01:00 70901 CONCLUSÃO PARA RELATÓRIO E VOTO PARA GAB. DESEM. FED. MARIA DO CARMO
    05/10/2009 15:31:46 180200 PETIÇÃO JUNTADA nr. 2279047
    SUBSTABELECIMENTO
    02/10/2009 18:30:00 221100 PROCESSO RECEBIDO NO(A) OITAVA TURMA-ARM.-
    23/E
    02/10/2009 17:37:00 220350 PROCESSO REMETIDO PARA OITAVA TURMA
    15/09/2009 14:50:00 240200 PROCESSO REQUISITADO DO GABINETE DA
    DESEMBARGADORA FEDERAL
    MARIA DO CARMO CARDOSO PARA
    JUNTADA DE PETIÇÃO.
    17/02/2009 16:09:00 221100 PROCESSO RECEBIDO NO(A) GAB. DESEM. FED. MARIA
    DO CARMO
    17/02/2009 16:08:00 70100 CONCLUSÃO AO RELATOR
    .: Tribunal Regional Federal da 1ª Região :.
    http://www.trf1.jus.br/Processos/ProcessosTRF/%5B22/01/2011 18:08:26]
    16/02/2009 17:20:37 10100 DISTRIBUIÇÃO AUTOMÁTICA Ao DESEMBARGADORA FEDERAL MARIA DO CARMO CARDOSO

    Logo não é gritando que nem um bando de histéricos que vamos conseguir alguma coisa. Eu também fui aprovado, mesmo que no recurso, mas estou consciente que há uma tempestade, MPF e OAB de oceano e rochedo, e nós aprovados e não aprovados de marisco.

    Agora vamos ponderar com objetividade de quem pretende advogar. O MPF está agindo, dentro da perspectiva dele, de maneira absolutamente sensata, correta, aproveitando a oportunidade que a OAB deu para enfraquecer a imagem da Ordem.

  47. Helena Nunes disse:

    Então o senhor Antonio Renato Aragão, vulgo Didi Mocó, pode ser chamado de Dr. Renato, incrito no CNA, jamais fez uma petição e ingressou na OAB, pois todos sabemos que a profissão do mesmo é comediante.
    Desta forma a OAB arbitrariamente insiste em dizer que os Bacharéis não possuem habilidades e conhecimento para o exercício da profissão.
    Agora reflitam senhores: Em qual época o senhor Renato Aragão colou grau? em um tempo que só existia máquina de escrever e quem as tinha era um luxo, a maioria dos estudantes não tinha. Hoje temos computadores, livre acesso nas faculdades, alta tecnologia, então quem é mais capaz, o Bacharel ou o rábula?

  48. Vitalwar disse:

    Eu ainda estou esperando sair o certificado de aprovação (deve sair semana que vem pela previsão da minha subseção) e aí já dou entrada na carteira! abraços.

    • O comentarista disse:

      Acho que a OAB não vai liberar certificado por enquanto, até porque o Exame 2010.2 está sub-jucice.

      • Advogado disse:

        ja liberaram sim..
        as capitais todas ja liberaram os certificados.. a demora eh nas subseccoes….
        bom e eu peguei meu certificado de aprovaçao… dia 22 de dezembro do ano passado. e eu ja tenho minha certidao de advogado com meu numero de ordem….
        entao para de terror mane..

      • Vitalwar disse:

        Não fale besteira meu caro! muitos já possuem até o número de suas carteiras.

  49. Carlos Eduardo disse:

    Pessoal, estava refletindo aqui sobre as consequências da Declaração de Inconstitucionalidade do Exame de Ordem. Primeiro, quero analisar o seguinte.

    De acordo com a CF, é livre o exercício de qualquer profissão, atendidos os requisitos ou exigências legais, quando existirem.

    Pois bem. Em Portugal, fora declarado inconstitucional o exame que condicionava bacharéis em direito à sua aprovação para poderem estagiar. Lá, tal como aqui, o exame de ordem está condicionado à existência de uma lei. É o princípio da reserva legal.

    Em Portugal, pela falta da lei, a declaração de inconstitucionalidade do referido exame fora algo deveras fácil de se alcançar, contudo, no Brasil, há lei dispondo que, para se inscrever nos quadros da OAB, é necessária prévia aprovação em exame de ordem. Trata-se do Estatudo da OAB.

    Assim, a previsão constitucional que exige preenchimento de certos requisitos legais para o exercício de ofício ou profissão encontra abrigo no Estatuto, mas há aqui uma lacuna. Não fora definido QUEM ou QUAL é o órgão competente à realização do exame.

    Bem, a OAB, por seu turno, a partir da publicação e vigor do EOAB iniciou os exames bem como a exigência de sua aprovação para inserção nos quadros da OAB, MAS, creio estar o exame sendo realizado, desde o princípio, de forma ilegal, pois a lei não define, não concede à OAB o poder de realizar o exame. Assim, se é um ato ilegal, o mesmo deve ser considerado ilícito.

    Vou mais longe. Se a CF em comunhão com o EOAB ordena que, para inscrição nos quadros da OAB, é necessário aprovação em exame de ordem, e, se o exame de ordem é de fato ilegal, inconstitucional, logo, o exame não é válido, e assim, consequentemente, TODOS os bacharéis em direito que se inscreveram nos quadros da OAB tendo como documento a aprovação em tal exame que tem caráter ilegal, foram inscritos de forma ilegal, ilícita, e de forma contrária aos dispositivos legais, visto que, reitero, somente podem se inscrever nos quadros da OAB aquele aprovado em exame de oab, e este, não fora disciplinado legalmente, mas tão somente por um provimento infralegal, um ato administrativo sem força legal.

    Bom, nesta esteira, os INSCRITOS A PARTIR DE 1994 que se utilizaram da aprovação no exame ilegal, ilícito, devem ter suas inscrições canceladas, visto que as mesmas foram feitas ao arrepio da lei, e não preencheram os requisitos constitucionais bem como do EOAB, pois os mesmos, coadunados, EXIGEM aprovação em exame de ordem, e este, não é o realizado pela OAB, mas sim o que deve ser descrito e definido por lei, e não por ato administrativo.

    Vou mais além.

    Bem, se os inscritos a partir de 1994 o foram de forma irregular, logo, não têm legitimidade para ser mandatários, e assim, haverá um incontável número de processos já findos bem como em andamentos subscritos por pessoa desprovida de capacidade postulatória.

    E então, quais serão as consequências da declaração de inconstitucionalidade do exame de ordem.

    Ainda: Se o exame fora feito de forma ilegal, logo, todos os valores despendidos na realização do exame devem ser devolvidos, visto que os candidatos dispuseram de valor pecuniário a um exame sem que o mesmo tivesse sido feito da forma abraçada pelo ordenamento jurídico.

    Já pensou na instabilidade jurídica que vai criar a declaração de inconstitucionalidade do exame de ordem.

    Até breve.

  50. Dani disse:

    Legal, rsrs!

  51. Jorge disse:

    Ophir! Vejam o ele falou à Uol! Um absurdo! Ele não leu a CF 88 que diz em art. 127:

    Art. 127. O Ministério Público é instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis.

    O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, afirmou hoje (21) que considera “tática de guerrilha” as diversas ações que estão sendo ajuizadas pelo Ministério Público Federal (MPF) em vários estados para suspender o resultado final do segundo Exame de Ordem de 2010. “Essa tática de guerrilha, de fazer pipocar ações no Brasil inteiro, só contribui para criar insegurança jurídica”, disse Cavalcante.
    O presidente da OAB afirmou que o MPF deveria unificar as ações em um único foro (no caso, o do Distrito Federal) e que o fato de não fazê-lo é um desrespeito à lealdade que se tem que ter na relação entre advogados e membros do Ministério Público. “Essas atitudes não dignificam a elevada missão do MPF. Só faz desagregar, desviar o foco de assuntos mais relevantes para a sociedade como o crime organizado e o narcotráfico”.

    Só neste mês, representações do MPF no Ceará, no Distrito Federal e em Goiás entraram com ações contestando o exame da Ordem na Justiça. No Ceará, um juiz chegou a determinar que as provas da segunda fase fossem recorrigidas, mas a decisão foi derrubada pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região. As ações no Distrito Federal e em Goiás foram ajuizadas esta semana e ainda aguardam julgamento. O segundo exame da OAB em 2010 foi feito por mais de 100 mil bachareis em direito, mas apenas 16,9 mil foram aprovados.

    Esse cara tá perdido!

  52. Gonzalez disse:

    Didi, Dedé, Mussum, Ophir e Zacarias

  53. JOrjão disse:

    A E GENTE JA ESTOU COM MEU NUMERO DA OAB EM MAOS…S
    S
    R
    SR
    S HOJE ASSINEI MINHA PRIMEIRA PETIÇAO COMO ADVOGADO NAO EH LEGAL?
    SRSRSR
    FELICIDADE AO EXTREMO..
    EU FUI…

  54. APROVADOS,

    TEMOS UM CANAL DE COMUNICAÇÃO!! E PARA QUE ELE SEJA FORTE PRECISAMOS NOS UNIR PARA LUTARMOS POR NOSSOS DIREITOS!!!

    NOSSO BLOG:

    http://examedeordemoab.blogspot.com/

    COMUNIDADE ORKUT:

    http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=109333967

    MANIFESTO NO YOUTUBE:

    MANIFESTO DOS APROVADOS:

    http://examedeordemoab.blogspot.com/2011/01/manifesto-em-prol-do-exame-de-ordem.html

    APROVADOS, UNI-VOS!!!

    • O comentarista disse:

      Coitado dos aprovados. Estão aqui até hoje brigando pela aprovação. Tudo isso por culpa da OAB.

      • VÁ ESTUDAR disse:

        cuitado quem nem passou, por nao ter nada de concreto para lutar, e fica dependendo dos outros para lutarem por eles……………

      • Advogado disse:

        eu consegui meu amigo leia meu post acima..
        ja tenho meu numero da oab e minha certidao de advogado …
        a carteira definitiva demora uns dias pra ser confeccionada..
        mas ate ja assinei minha primeira peticao…
        graças a DEUS sou advogado….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Olá, visitante nº

  • 8,626,234 . Volte sempre!

ATENÇÃO, LEITOR!

Estamos em novo endereço: www.forumcriminal.com.br. Não serão mais respondidas perguntas feitas por aqui. Um abração!

RSS Comentários em RSS

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.512 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: